Entrevista Exclusiva: Junichi Masuda & Shigeru Ohmori falam sobre Pokémon OR/AS


Com o lançamento oficial de Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire, os desenvolvedores da Game Freak, Junichi Masuda e Shigeru Ohmori participaram de uma entrevista em Milan na Itália para esclarecer algumas dúvidas e curiosidades sobre os novos jogos.
Para quem não os conhece, Junichi Masuda é um dos fundadores da Game Freak, inicialmente conhecido como compositor de músicas e melodias Pokémon e mais tarde como diretor dos jogos da franquia. Para os remakes, Masuda desempenhou o papel de produtor executivo, estendendo o papel de diretor à Shigeru Ohmori, que começou a trabalhar na empresa já com o projeto de Pokémon OR/AS estabelecido.

Veja algumas fotos e as perguntas feitas pelos fãs durante a entrevista:


Pergunta 1: Em Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire foram introduzidas algumas características nunca vistas antes, como o Ipervolo e a NaviDex. Estes experimentos serão incluídos em futuros jogos da franquia? Poderá haver mudanças nos próximos jogos ou até mesmo neste remake?

Resposta: A estrutura básica da série como Líderes de Ginásio, Elite Four, campeões e todos os outros elementos que sustentam todas as gerações de jogos da franquia não irá mudar, porém ainda não decidimos por completo quais elementos introduzidos em Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire serão levados ou eliminados no futuro. Tudo depende da reação dos fãs!


Pergunta 2: Nos últimos anos os fãs de Pokémon criaram uma grande expectativa em volta dos remakes de Hoenn, a rede foi invadida por imagens de "Hoenn Confirmed" e você Sr. Masuda se confrontou com esta experiência devido à muitos fãs que o seguiam no Twitter e nas redes sociais. Agora lhe pergunto, o desejo desses fãs o influenciou de alguma forma à criação de Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire?

Resposta: Sim, a criação destes jogos foram exclusivamente influenciadas por fãs, sendo que já tínhamos ideias para a estruturação dos mesmos. Em 21 de novembro de 2012, o dia do décimo aniversário de Pokémon Ruby & Sapphire, decidi passar à tarefa de diretor de jogos à Shigeru Ohmori, que foi o primeiro jogo que trabalhou em sua carreira na Game Freak.


Pergunta 3: Em Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire, notamos uma queda na dificuldade em comparação à jogos anteriores da série. Por que essa escolha? No futuro, será possível a criação de um recurso que permita que você defina o nível de dificuldade como aconteceu em Pokémon Black/White 2?

Resposta: Nós criamos um jogo equilibrado que foi adequado aos tempos em que vivemos hoje, onde estão todos muito ocupados e há outras realidades entre os jovens. Através do Smartphone e outros dispositivos você pode acessar muitos jogos, por isso é possível se dedicar apenas em um único jogo que é menor e mais fácil de lidar. Mas, respondendo sua pergunta, o jogador poderá decidir se quiser continuar o jogo depois da história principal, precisamente onde a dificuldade aumenta e para nós este é um desafio muito grande. Podemos dizer então, que estamos pensando criticamente sobre este assunto para os futuros jogos da franquia Pokémon, pois percebemos nos últimos tempos que os jogadores não estão mais dispostos a enfrentar desafios maiores.


Pergunta 4: Por que não incluíram a famosa Battle Frontier aos remakes? Poderá ser adicionada em algum momento?

Resposta: Em palavras simples, a Battle Frontier não foi incluída, pois apenas uma pequena parcela de jogadores, estão valorizando e usando este recurso (como descrito na resposta da pergunta anterior), a maioria deles se cansa facilmente e não são mais atraídos por esses desafios maiores. Não sabemos se incluiremos este desafio algum dia, porém mudamos de ideia facilmente, para surpreender nossos fãs.


Pergunta 5: Nos remakes de Pokémon HeartGold e SoulSilver a trilha sonora tinha um remixe extremamente novo em relação com os jogos originais (Pokémon Gold e Silver). Em Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire esta adaptação é muito fiel a trilha sonora original, sendo que foram criadas novas músicas para algumas partes do jogo. Por que essa escolha?

Resposta: É uma questão bastante técnica antes da haver qualquer limitação na criação das músicas, porém agora, com o Nintendo 3DS, o processo é muito mais fácil e podemos explorar melhor o potencial do console.


Durante a entrevista também foi perguntado a respeito de Mega Flygon e Mega Milotic, porém os mesmos não divulgaram nada concreto, mas foi deixado bem claro por eles, que no futuro bem próximo, haveria a possibilidade de realizar uma espécie de impacto nos fãs. A entrevista termina com um grande abraço.

E aí o que acharam da entrevista? Será que teremos mais novidades nos remakes de Hoenn? Teremos Mega Flygon e Mega Milotic? Que mistérios a Game Freak, Pokémon Company e Nintendo guardam para os fãs?

Fonte: Pokémon Myllenniun


em 08/12/14
Comentários
Disqus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!