A lenda de Regialpha o verdadeiro Regi





As versões de Pokémon Diamond, Pearl, Platinum, Heart Gold e Soul Silver foram jogos que, antes de qualquer coisa, se propuseram a contar a história do início do mundo Pokémon. Ainda assim, faltou explicar muita coisa, como por exemplo: por qual motivo Regigigas é sempre citado como um monstro capaz de puxar continentes pelo oceano, mas é tão fraco ao mesmo tempo? Bom, nessa época, um usuário do Gamefaqs, chamado de Gameraz, publicou uma historia fictícia bem interessante. Embora o post original tenha cerca de 06 anos, a história só ficou famosa recentemente quando alguns YouTubers começaram a fazer vídeos sobre o conto. E hoje vou contar essa história para vocês. 

Obs: Essa história não aconteceu de fato no universo Pokémon, nada disso é real até onde sabemos, é apenas uma suposição engenhosa.



No começo do mundo Pokémon, um dos primeiros monstrinhos a aparecer foi Regialpha. Ele se sentiu sozinho e decidiu criar golens. Com várias rochas ele decidiu criar Regirock, com o gelo das geleiras criou Regice e com metal e minérios vindos de meteoros decidiu criar Registeel. Eles viveram em paz por muito tempo até que os golens passaram a questionar seu mestre quanto quem os criou.

Regialpha passou a temer a fúria de Arceus, pois ele havia cometido um erro grave criando vida. Apenas Arceus deveria ter esse poder. Regialpha começou a pensar em uma solução para fugir da fúria apocalíptica de Arceus, então, ao olhar para a pilha de detritos que restou de sua criação, decidiu criar um Pokémon para por a culpa. Dos materiais restantes, ele criou Regigigas, que acabou se tornando um monstro poderoso que possuía os 3 tipos dos golens

Ele diz que Regigigas foi o criador dos golens e então tudo fica calmo, até Arceus descobrir e descer dos céus para confrontar Regigigas. 

''Como você ousa se proclamar um criador? Apenas eu, Arceus posso arcar com a responsabilidade de criar a vida do nada. Por tal ato, você deverá ser punido.'' - Disse Arceus em um tom sucinto e imponente. Então, ele toma os três tipos de Regigigas tornando-o um tipo normal e corta seus poderes pela metade. Regigigas não entende o motivo de tudo isso e implora por misericórdia.



Então, Regigigas diz que na verdade ele apenas seguiu as ordens de Regialpha e ele é quem havia criado-os.  Arceus então se vira para Regialpha e diz ''Agora que sei a verdade é você quem será punido!'' Arceus usa seus poderes para destruir Regialpha que é obliterado no mesmo instante. Arceus se vira para o injustiçado Regigigas e diz: ''Infelizmente não posso desfazer a maldição que lhe dei, mas vou te dar uma benção: sempre que precisar de seus poderes eles se regenerarão enquanto você os precisar.'' 

E essa foi a história de Regialpha. Como disse antes, a história é fictícia e não aconteceu de fato no universo Pokémon, mas vamos dar os créditos pela criatividade ao seu criador. Depois de ler a história, decidi ir dar uma pesquisada a fundo sobre o que realmente houve para que Regigigas se tornasse tão fraco. A verdade é que a explicação oficial foi revelada também na geração 4, quando o jogador chega na cidade de Snowpoint e posteriormente no game. É dito que o papel de Regigigas na criação era de arrastar os continentes, seu poder assustou os antigos residentes da região de Sinnoh que o selaram em um templo na cidade de Snowpoint. Este selo drenou seus poderes e o deixou mais fraco para que ele não representasse ameaças à humanidade. 


Na história, também é muito questionado o comportamento de Arceus, que se mostrou bastante bruto. O monstro divino, entretanto, já demonstrou que não tem escrúpulos quando se sente enganado, como é visto no filme Arceus e a Joia da Vida, exibido em 2010 aqui no Brasil. Entretanto, seria muito difícil ver isso refletido em algum game da franquia.


E você leitor do Mothim, tem alguma história ou teoria interessante? Mande para nós que eu publicarei aqui! Até a próxima!

Revisado MM
em 11/07/16
Comentários
Disqus

Um comentário:

  1. Gostei dessa história dos Regis. Achei bem interessante. =]

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!