Crítica: O anime de Pokémon Sun e Moon




Depois de um conturbado final da saga XY, Pokémon Sun e Moon resolveu apostar em uma pegada nova para o enredo das aventuras do garoto da cidade de Pallet. Entretanto, foi recebido com inúmeras críticas negativas e apedrejamentos por parte da comunidade Pokémon. E com razão, a última vez que houve uma mudança tão brusca no anime foi para pior. (vide Pokémon BW)

Eu já escrevi aqui sobre minha opinião em relação ao anime de Pokémon. Se você ainda não leu, da uma lida, me xingue um pouco, depois volte aqui. Pode ser que esse texto seja complementar. 

Resumidamente, o anime de Pokémon sofre desde sempre de histórias repetitivas, um personagem (Ash) que sofre com uma perda de personalidade cada vez maior, se tornando um robô, um universo que foi cada vez mais se distanciando do dos games e é claro a falta de roteiros empáticos com seu público. 

Embora Pokémon XY tenha sido considerado pelo seu público uma saga boa, ele sofreu dos mesmos problemas que seus antecessores. Por exemplo, o Greninja do Ash foi mais bem desenvolvido na saga do que o próprio Ash. Mas a animação excelente e um roteiro atípico com bons antagonistas e uma fusão com o OVA Mega Evolution, tornou essa saga memorável. Eu gosto muito de comparar com a saga DP, pois elas tem diversas semelhanças e ambas foram boas. Mas no geral, o anime vinha se desgastando e se desgastando, perdendo cada vez mais público.

E com o final terrível de Pokémon XYZ, fomos apresentados a nova saga de Pokémon, se passando no arquipélago de Alola. Não demorou para uma onda de ódio tomar conta da internet, temendo a mudança brusca do traço artístico da série. E realmente, de início as animações pareciam bem ruins, mas não se diferem muito das animações do Pokémon Generations. (Spin-off que vai ao ar toda sexta na internet) 

Para começar de fato essa crítica, vamos falar do plano de fundo. Agora Ash não está mais viajando pela região, como nas gerações anteriores. Ele fica estático na ilha de Melemele, (pelo menos por agora) morando com professor Kukui e indo para a escola. Lá ele estuda com Mallow, Sophocles, Kiwae, Lana e Lillie. O diretor da escola é o primo do professor Oak e o professor... bem é o Kukui. Surpreso por ver um professor do mundo Pokémon finalmente efetivando sua carreira? É eu também. Sobre essa mudança, acreditem se quiser ela funciona muito bem. Foi uma forma muito boa de se aproximar do público, ainda que só uma parcela dele. Aquelas crianças que vão para a escola e encontram seus amigos para jogar Pokémon se sentem representadas. Eu mesmo, quando era criança me perguntava como seria uma aventura do Ash numa espécie de escola. O mais próximo que chegamos disso foram aqueles episódios em DP do acampamento Pokémon. Essa pegada do anime combinou muito com os jogos. No meu texto anterior, que citei acima, eu comentei como queria uma pegada diferente no anime que não fosse mais sair por ai, tentando ser o melhor e vencer a liga. Parece que fui ouvido. Os jogos em si, não são sobre isso, são sobre um aprendizado e rito de passagem. 

Os personagens estão um pouco inferiores aos das sagas anteriores, que já não eram muita coisa. Mas eles cumprem seu papel, sendo uma espécie de esteriótipos que funcionam para qualquer sala de aula. Temos a menina tímida, (Lillie) temos o nerd, (Sophocles) temos o cara que repetiu a oitava série 20 vezes responsável da turma, (Kiwae) e por ai vai...  

No quesito animação, não preciso dizer que está próximo da perfeição. Mas a animação está funcionando muito bem. Ela é pouco detalhada, mas precisa e o visual combinou. Eu não sei se a animação foi por pura tentativa de poupar dinheiro, ou se é para encaixar mais no visual cartunesco que a série vem buscando nessa temporada. Vale lembrar que aqueles efeitos bizonhos em CG dos ataques dos monstrinhos foram substituídos pelas boas animações que tinham antes da série DP. Segue a comparação abaixo, do episódio 777, onde o Ash tem alguns flashbacks de seu Charmander. O estilo de animação para os ataques agora voltou a animação antiga. Por exemplo, a cauda de ferro do Pikachu não fica mais metalizada, mas volta a brilhar em branco. Eu achei isso muito bem-vindo. 


Por fim, minha ressalva para essa saga é o desenrolar da trama. Aparentemente a historia está muito lenta, em quase 10 episódios só tivemos a introdução da equipe skull e um telefonema suspeito do professor Kukui. A maioria dos episódios são meio vagos, o que eu pessoalmente gosto, mas não em excesso. Fico me perguntando como eles irão desenvolver a trama da Aether Foundation, da Lillie, do Gladion e das famigeradas Ultra Beasts. 

E é isso. Mudou minha opinião do último texto? Não. O anime mudou para um rumo diferente, mas mesmo assim ainda comete os mesmos erros. Para mim Ash já deu o que tinha para dar como personagem, não existe mais onde desenvolve-lo e nem roteiros para criar em cima disso. Mas o rumo que seguiram ao menos foi melhor. Quem sabe uma série nessa fórmula, investindo em uma proximidade maior do público com um personagem diferente e historia mais elaborada, não trouxesse de volta a audiência que o anime vem perdendo ao longo dos anos? Eu vou continuar acompanhando essa saga para ver aonde isso vai terminar. 

Eu abro agora o espaço para você leitor dar sua opinião. Você está gostando dessa saga? Comentem!

7 comentários:

  1. Acho bem difícil de analisar. Fica evidente que a intenção não é agradar os fãs antigos e sim sempre conseguir novos (e quanto menores melhor). O problema é que como a franquia já tem vinte anos (e boa parte dos fãs perto dos trinta ou mais) eles acabam soltando um "generations" ou até o "chronicles" para agradar um pouco mais esse público. Mas é fato que o anime de Pokemon NUNCA vai ser adulto, nem vai abordar alguns dos temas mais complexos. Quem não se lembra de Johto, onde o segredo da Torre de Rádio passa batido ou o mesmo com a equipe Rocket em Kanto? Enfim... Acho que quem decide acompanhar o anime tem que botar essa "esperança" de lado, voltar no tempo 20 anos e curtir sem se importar com essas coisas. Sempre vai ser direcionado para crianças. E depois, sempre teremos os jogos para ver a história boa de verdade e sem Ash!

    ResponderExcluir
  2. Sério que você se perguntava como seria uma aventura do Ash numa escola? Bom... Se você é do meu tempo (Anos 90) ou pra trás deve ter pego a noção de que é muito comum pessoas odiarem escola e isso era muito comum em desenhos animados da época. Hoje em dia animações são usadas pra incentivar as crianças a "gostarem" mais do ambiente escolar e particularmente............ É uma merda. Vide coisas como Reboot do Max Steel, até mesmo uma franquia sobre um agente militar vira história de um jovem na escola e esse não é o único caso, o novo desenho do Mega Man vai pro mesmo caminho.

    É a onda do politicamente correto, mas as vezes... Isso mais estraga a história do que melhora. Lembro-me que nos anos 90 era comum protagonistas serem órfãos pois os pais provavelmente limitariam o desenvolvimento do personagem, afinal, pais de verdade não deixam seus filhos saindo por ai e arriscando a vida, isso seria um grande atraso no roteiro. Basicamente... Escolas e professores são a mesma coisa. Eles impõe limites ao protagonista que pode atrapalhar diversas vezes, frustrar o telespectador. Realisticamente eles só estão fazendo seu trabalho, é normal professores tomarem conta dos alunos e escolas terem "regras"... Mas não é algo que ajuda muito num roteiro principalmente de ação e aventura. Funciona muito mais num Slice of Life.

    Tendo isso em conta, não é uma ideia segura para mudança em Pokémon. Pelo menos não numa franquia onde prioritariamente se foca em aventura e ficar preso numa escola não é uma aventura (Começo de Pokémon Ranger Shadows of Almia ou Super Mystery Dungeon que o diga, aquilo é um porre).

    Mas isso na questão da escola, ponto. Agora, essa temporada tem MUITO potencial no quesito comédia e pode vir com coisas boas ao invés das mesmas coisas pastelonas de sempre que repetem todo santo episódio. E sobre o anime ser repetitivo, concordo, mas isso já é coisa velha, todos já sabem que ele é repetido a anos.

    ResponderExcluir
  3. O foda é que existem outras franquias que tem o mesmo público mas usam formas muito mais efetivas e que agradam um maior numero de pessoas. Não vou dizer Digimon pois ele esfriou muito nos últimos anos, mas Yugioh e Beyblade são exemplos.


    Ao invés de ser algo absurdamente infantil como o anime de Pokémon, é algo que não chega a ser um Shounen mas que contem momentos mais sérios e não tem medo de por algumas cenas fortes numa situação aqui e ali. Além da ação ser verdadeira, convenhamos... Ash DIFICILMENTE salva o mundo de uma equipe vilã, é sempre algum "terceiro" que da um jeito. Quando a coisa esquenta o Ash é mais telespectador do que herói.


    Mudar de protagonista, todo o clima da história seria algo melhor sim. O problema é que o público é apegado demais a Ash e Pikachu. E a empresa não faz NADA pra mudar e renovar a situação. É óbvio que Pokémon Origins teve menos audiência que o anime do Ash, as crianças conhecem o Ash e não o Red, estão acostumadas a Ash e Pikachu... Mas o cenário não vai mudar enquanto algo não for feito.


    Se ao invés de Origins ser só um especial de poucos episódios, fosse um anime inteiro e talvez transmitido paralelamente ao anime do Ash, eventualmente poderiam deixar o Ash de lado. Quando já tivessem se acostumado. Não sei do que eles tem medo... Digimon eventualmente teve que deixar o Tai ir. Yugioh eventualmente teve que deixar Yugi ir... Existiu choro? Existiu, mas as pessoas aprenderam a se acostumar.


    Quando a adaptação chula do anime... Devo lembrar que eles mudaram completamente o background de Bianca e o pai dela para algo mais "light"? Devo lembrar que o filme do Kyurem eles várias vezes falam que ele é o Pokémon mais cruel mas NÃO explicam o porque? (Ele se alimenta de humanos a noite... Mas duvido o anime ter coragem de dizer isso).

    ResponderExcluir
  4. Anderson Muniz22/12/2016 15:35

    Adaptação chula é o meu medo no momento... no episódio de ontem mostrou uma foto de Lusamine e Gladion, então vão aparecer no anime algum dia. Já sabemos que a história será diferente porque a Lillie já começou diferente, mas será que vai ter alguma adaptação interessante ou será totalmente cagada?

    ResponderExcluir
  5. Definitivamente a história de Lusamine não será tão "dark" quanto nos games. Provavelmente vai ser algo muito mais simples e talvez até Mohn volte para a família para dar um final mais feliz no anime.

    ResponderExcluir
  6. Só digo uma coisa...

    Crítica:
    Mudar a animação, o personagem, a história, o rumo, é uma coisa difícil de aceitar, eu vi alguns episódios e eu já me enjoei do anime e olha que sou um fanático por pokemon mais tudo tem sua exceção, além disso na minha opinião até a primeira temporada estava melhor !

    Desabafo:
    Para min sempre foi difícil ver os amigos do ash partindo e ele começando uma nova jornada, e as aberturas antigas me deixam com nostalgia quando eu ouso elas.

    Extra crítica abafada:
    Sinceramente, na minha opinião estragaram o pokemon (Até rimo e.e)
    Enfim, eu estou muito incomodado com isso... mesmo que era repetitivo eu gostava de pokemon por causa do rumo da história e as aventuras, agora eles vem colocar o personagem principal com uma cara de quem acabou de beber, na minha opinião ele me parece um idiota completo agora... o legal que isso muda "do nada"

    Minhas reações:

    Pokemon XY e XYZ: Quando eu vi essas temporadas eu fiquei com o coração a mil, quem imaginária que eles inventariariam a Mega evolução, além dos movimentos dos pokémons e também a animação de tudo.

    Pokemon Sun e moon: Estragaram tudo que eu gostava no pokemon, eles mudaram o ritmo que ficou durante anos, isso é inexplicável... eu só espero que essa crise seja passageira.

    ResponderExcluir
  7. Victor Vieira24/05/2017 01:04

    Na minha opinião eu achei o pokemon sun e moon uma bosta desde o primeiro episódio. As versões anteriores podem ser repetitivas, mas tinham ação e aventura. Agora quase todos os episódios são só enrolação mal tem história, até agora não teve nenhuma batalha boa e o Ash ficou mais criança do que nunca. Toda vez que assisto a um episódio de pokemon sun e moon eu só consigo sentir saudades do pokemon XYZ, que na minha opinião foi a melhor temporada de pokemon. Eu espero que a pokemon company esteja usado o pokemon Generations para criar um spin-off de pokemon para os fãs mais antigos de pokemon.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!