Tecnologia VR para Pokémon GO é descartado por enquanto, revela John Hanke


Com a evolução da realidade virtual no mundo dos videogames e também com grandes dispositivos já em nossas casas, como o PlayStation VR, Oculus Rift, HTC Vive e Gear VR, o futuro de Pokémon GO é simplesmente empolgante se seguir este caminho. No entanto, para o CEO da Niantic, John Hanke, interesse em realidade virtual para o jogo está descartado por enquanto, e segundo ele, o foco do estúdio é expandir a tecnologia AR já utilizada.

Durante a Virtual Reality Summit em Londres esta semana, Hanke expressou preocupação sobre a tecnologia, e disse que "tem medo de que o VR seja muito bom". Segundo o CEO da Niantic, as pessoas devem ter conexão social, acesso ao ar livre e realizar exercícios, e isto é uma coisa que a tecnologia não facilita.

"O VR pode ser muito bom, no sentido de possuir uma experiência em que as pessoas possam gastar uma enorme quantidade de tempo em casa. Quero dizer, já tenho preocupações sobre meus filhos jogando Minecraft demais, por mais que seja um jogo maravilhoso.

Somos seres humanos e as pesquisas afirmam que ficamos muito mais felizes quando fazemos exercícios, e quando saímos de casa. Acho que é um problema para toda a sociedade, pois passarmos todo o tempo em um universo de VR pode ser arriscado."

Hanke também revelou que investirá pesado em realidade aumentada em Pokémon GO, pois seu objetivo principal é levar as pessoas para as ruas, praças e parques, mas fazendo o que gostam: jogar videogame.

Fonte: Gamnesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!