Pokémon Lendários: Especial Zygarde


Hoje teremos um post especial! Vamos reviver a série ''Pokémon Lendários'' e falar um pouco sobre o Zygarde, mais especificamente sobre suas formas. 

O Pokémon possui diversas formas e elas também possuem referencias, não foram simplesmente jogadas ali e pronto. Vamos falar sobre a forma 10%, sobre a forma 50% e sobre a forma completa.

Os lendários da Região de Kalos são inspirados na mitologia Nórdica e as formas alternativas do Z também seguiram esse padrão. 

Zygarde - O Pokémon Ordem (Forma 10%) 



Essa forma foi inspirada no lobo nórdico, o Fenrir. Fenrir é filho de Loki com a giganta Angrboda, tem como irmãos Jormungand (Forma 50%) e Hela (Forma Completa). 

Acorrentado pelos Deuses até o Ragnarok, o lobo escapa e causa uma grande destruição, matando até Odin, o principal Deus da mitologia nórdica.

A principal fonte de informação usada para entender o Fenrir é o livro Gylfaginning, que explica um pouco sobre a criação e a destruição do mundo dos deuses nórdicos, porém existem outras fontes que contam como o Fenrir é libertado. Por exemplo, em Lokasenna, poema nórdico, Loki ameaça Thor com o Fenrir durante o Ragnarok. 

Fenrir tem dois filhos, Hati e Skoll. Os dois lobos peseguem os cavalos Arvakr e Alsvior, que conduzem a carruagem que contem o sol. Hati persegue Mani, a lua. Skoll é usado, em algumas circunstancias, como heiti (nome dado para um ser que tem seu nome substituído para fazer referencia a algo ou alguém) fazendo referencia ao seu pai e até mesmo ao seu irmão. 

Em alguns livros, Odin observa as crianças de Loki e repara que elas não são muito apegadas aos Deuses, com medo de um futuro confronto Odin definiu lugares onde Fenrir e seus irmãos ficariam. Fenrir acabou aprisionado até o Ragnarok. 

Durante os anos em exílio, o único Deus corajoso o suficiente para alimentar Fenrir era o Tyr. Os demais temiam a força do lobo, que em algumas lendas, seria o responsável pela destruição das divindades. Por duas vezes Fenrir aceitou ser acorrentado, porém nas duas vezes ele arrebentou as correntes com facilidade. Na terceira vez, Odin pediu para que os anões criassem um grilhão, era macio e possuía ingredientes especiais. O grilhão recebeu o nome de Gleipnir. 

Com as correntes especiais, os Deuses levaram Fenrir para uma ilha e o desafiaram a se livrar delas. O Lobo então desafiou um Deus colocar a mão na sua boca. O corajoso Tyr aceitou a proposta e deixou o seu braço entre as mandíbulas da feroz criatura. Quanto mais o Fenrir se mexia, mais as correntes o apertavam isso fez com que a criatura ficasse extremamente irritada e decepasse o braço do Tyr. 

Tyr irritado com a situação enfiou uma espada na boca do lobo, impedindo que ele fizesse tanto barulho. Mesmo sabendo que um dia ele se livraria do grilhão, os Deuses não o mataram ''O que tem de ser, será''. 

Zygarde - O Pokémon Ordem (Forma 50%)    


Essa forma possui duas referencias, além do Nidhogg (já citado no post principal) ela também é inspirada no Jormungand. 


Na mitologia nórdica, Jormungand é uma serpente maligna gigante que rodeava o mundo mordendo a própria cauda. Também conhecida por serpente de Midgard ou serpente do mundo, pois ela enrolava a terra com seu tamanho colossal e na mitologia nórdica Midgard era considerado a terra. 

A serpente tinha uma rivalidade acirrada com o Deus do Trovão, o Thor. A mortalidade do seu veneno era equivalente ao seu tamanho colossal. 

O Deus foi pescar com o gigante Hymir. O gigante não ofereceu nenhum tipo de isca para Thor. Enfurecido, o Deus do Trovão cortou a cabeça do maior boi do gigante e a usou como isca. Remando para o meio do oceano lançou a isca, não demorou muito para a serpente cair na isca e travar uma árdua batalha com o Thor. 

Durante a batalha o gigante Hymir ficou com medo do seu barco tombar e cortou a linha, fazendo com que a serpente escapasse e voltasse para as profundezas do mar. Thor revoltado com a atitude do gigante o apunhalou na face, fazendo com que ele caísse no mar. Depois disso o Deus do Trovão voltou para a praia sozinho. Enquanto isso a serpente ainda continua vagando pelas profundezas do mar.

Thor vs Jormungand

Durante o Ragnarok, Thor estava destinado a matar a Jormungand. O Deus do Trovão acerta o Mjolnir em cheio na serpente e acaba derrotando o monstro, porém ele só tinha tempo de dar 9 passos até que o veneno de Jormungand o fizesse morrer. Então, durante o Ragnarok, ambos morreram. 

Zygarde - O Pokémon Ordem (Forma Completa)

A Forma Completa tem como referencia a Hela, filha de Loki, deusa do Helheim, o submundo nórdico. A Deusa é descrita nas lendas como uma mulher com uma metade viva, perfeita e linda, enquanto a outra metade é podre e exala o cheiro da morte. 


Quando Hel nasceu Odin a enviou imediatamente para o Helheim, onde se tornaria Deusa. De lá, Hel decide o destino de todas as pessoas que morreram por velhice ou por doença. Essas mortes, na mitologia nórdica, são consideradas mortes sem glória. As almas guerreiras, que morreram no campo de batalha, não passavam por Hela.

Na mitologia nórdica metade das almas guerreiras eram levadas pelas Valquírias para Valhala, o salão do Deus Odin, enquanto a outra metade das almas eram levadas para Folkvang, campos pertencentes a Deusa Freya. 

O castelo de Hela se chama Elvidner (miséria). Assim como Hades, na mitologia grega, Hela também possuía um cão guardião, o Garm. 

A Deusa virou juíza e é ela que determina o destino da alma após a morte. Os espíritos malignos são banidos para o Reino da Morte Gélida (Reino que os nórdicos diziam ser pior que um rio de fogo) e tortura. 

Esse Reino Gélido é a base para o ''inferno'' judaico-cristão onde os pecadores sofrerão a tortura eterna. Porém o Helheim também servia de ponto de encontro para as almas que buscavam a reencarnação. Hel olha com pacifismo para as almas que morreram devido à velhice ou doença. Ela conforta crianças e/ou mulheres que morreram no parto. Hel guia as almas que se recusaram a lutar para a reencarnação. 

Apesar de Hel ser uma Deusa neutra(sem tomar partido entre o bem e o mal) algumas crenças a demonizaram fazendo ela parecer uma criatura horrenda que vive esperando almas para torturar. 

Hel é considerada uma Deusa muito justa, porém na morte de Balder ela ''errou''. Loki queria matar o Balder e propôs uma competição que culminaria na morte dele , ao fim da competição a mãe de Balder pediu para que Hela devolvesse sua alma. Hela aceitou, porém com a condição de que todos os seres vivos chorassem pela morte do seu filho, todos choraram com a exceção de um gigante, que era Loki disfarçado, por isso Balder tem sua alma presa no Helheim desde então. 

ACABOU! Enfim, lendo sobre a mitologia nórdica eu me estendi um pouco, pois eu adorei as histórias e como é apenas um Pokémon eu acrescentei algumas informações para deixar o post mais longo e mais completo. Espero que tenham gostado desse especial.

Referências: Portal dos Mitos

Um comentário:

  1. Sério, quando o Zygardão vai receber a atenção que ele merece? O bicho é um megazord protetor do planeta e continua sem lore nos jogos. Já ta alcançando o nível Arceus de boicote.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!