Mothim Top 6 vai começar a temporada VGC 17



Semana passada a Pokémon Company liberou novas informações de Pokémon Sun e Moon, além de um novo trailer. Nada de tirar muito o fôlego, a não ser a notícia de uma demo prevista para o dia 18, novas formas evoluídas dos iniciais e a confirmação de que teremos sim as famigeradas mega evoluções presentes em Alola, entretanto, nenhuma nova por agora. 

Além de tudo isso a Pokémon Company divulgou no site oficial as regras do VGC 2017, que já será disputado nos novos games. E, meus amigos a diferença entre VGC 16 e 17 será gritante, muitos treinadores gostaram, outros nem tanto. O fato é que poucos estão satisfeitos com o formato de 2016 então aparentemente o que vier em 2017 será lucro.





Sem mais delongas, eis as regras do ano que vem:
  • Somente monstrinhos da Alola Dex serão permitidos.
Nem mesmo os monstrinhos trazidos das versões Red, Blue ou Yellow do virtual console serão aceitos na VGC 17, o que frustrou os sonhos de muitos que queriam um Machamp de no guard e fissure. Sabemos que é uma falha tentativa de impedir hackers e ''trapaceiros'' no online, mas isso não ajuda em nada e a geração 6 mostrou isso muito bem. Não foi dito nada sobre guardiões como Solgaleo e Lunalla, mas aparentemente eles não serão permitidos também.

  • Mega Stones estão proíbidas

Ok, isso gerou uma certa discussão acalorada pelos foruns e grupos por ai. Aparentemente no VGC 17 não será permitido usar as mega evoluções de Pokémon, é chega de Mega Manectric e Mega Gengar saindo até de bueiros na Battle Spot. Entretanto isso gerou algumas duvidas, qual seria a necessidade disso? Eu tenho minhas teorias... Acredito que seja por três motivos bem simples: A Pokémon Company acredita que talvez seja hora de testar um metagame sem mega stones, ou eles acreditam que os Z-Moves já serão fortes o bastante sozinhos em batalhas em dupla e ou eles acham que as Mega Stones são algo muito ''geração passada'' e querem explorar mais algo de Alola nessa geração. E conhecendo a Gamefreak eu não duvido muito disso.  O fato é que o novo cenário sem as mega stones vai rebaixar diversos monstrinhos, como o já citado Manectric e a Kangaskhan. É possível que em 2018 essa regra seja abolida, mas ai só o tempo dirá.


Outras novidades





















  • Agora o tempo de selecionar seu ataque nas rating battles será de 10 minutos impedindo técnicas de stall por tempo limite.
Acredito que a GF tenha mexido nisso por conta de reclamações, o que significa que pelo menos no cenário competitivo eles nos dão ouvidos, pelo menos um pouco. 

  • No Global Link você poderá deixar times disponíveis para outros treinadores ''alugerem-no'' e então usa-los online. 
Uma ideia muito boa que facilitará muito quem quer jogar competitivo e não tem tempo para breedar times inteiros. 

  • Possibilidade de fazer torneios próprios 
Essa é uma adição muito bem-vinda, agora podemos ser anfitriões de nossos próprios torneios. Claro que a comunidade competitiva vai usufruir muito disso e pode esperar pois teremos muitos torneios aqui na Mothim.


Bom, ainda tem muitas outras novidades menores referentes as novas temporadas da Rating Battle que começarão já no dia 18 de Novembro. Mas no geral, comparando com o que temos hoje é um salto a se considerar. O metagame atual está muito centralizado em Primal Groudon, Kyogre, Mega Rayquaza, Mega Kangaskhan e muitos outros. Pode ser que essa mudança brusca dê uma mexida nas coisas, mas logo o metagame se centralizará novamente pra as posteriores temporadas. 

A geração 6 popularizou Pokémon competitivamente de diversas formas, uma delas foi deixando o multiplayer competitivo mais acessivo na franquia. Parece que a Gamefreak continuará seguindo essa linha, e esperamos que tenham mais melhorias, como a PSS que é muito ruim para encontrar batalhas de outros formatos, que não sejam doubles. Por agora nos resta aguardar, a ansiedade já não cabe mais em nenhuma frase sobre Sun e Moon.

E vocês treinadores estão ansiosos?  Estavam contentes com o metagame atual? Até a próxima e boas batalhas!
em 10/10/16
Comentários
Disqus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!