logo

Pokémothim

Curiosidades Pokémon: Gligar e Gliscor


Oláá treinadores! 

Hoje vamos falar de dois Pokémon que são muito queridos por mim, Gligar e Gliscor. Ambos os Pokémon têm como referencia as gárgulas e os escorpiões, porém o Gligar é baseado no morcego e sua evolução Gliscor é baseada em um vampiro. Vamos começar falando das Gárgulas. 


As Gárgulas, superficialmente falando, possuem uma função semelhante às calhas, pois elas serviam, nas construções antigas, para escoar água. Na idade Média as Gárgulas eram representadas como uma figura monstruosa ou algo animalesco, comumente presentes na arquitetura gótica. 

As Gárgulas eram colocadas nas Catedrais para indicar que o demônio nunca dormia, exigindo vigilância contínua das pessoas, mesmo nos locais sagrados. Uma quimera é um tipo de escultura similar que não funciona como calha e serve apenas para funções artísticas. Elas também são conhecidas como Gárgulas, porém, na maioria das vezes, não possuem asas. 


O termo gárgula é majoritariamente aplicado à era medieval, mas com o passar do tempo, outros significados foram adotados. No antigo Egito, a água escoada pelas esculturas, era utilizada para lavar os vasos sagrados. Na Grécia, a água dos telhados passava através da boca dos leões(quimera) os quais eram esculpidos em mármore. 

Uma lenda francesa conta como o bispo São Romano derrotou uma Gárgula. Ele teve ajuda de um prisioneiro, que se voluntariou para batalhar contra o monstro nas margens do rio Senna. Na época, o monstro derrubava as embarcações e comia as pessoas e os animais da região. O bispo atraiu a criatura para fora do rio usando um crucifixo, e usou seu lenço para guia-lo até o centro da cidade, onde o monstro foi queimado pelos aldeões. 

Existem infinitas combinações para as Gárgulas desde monges, monstros e até mesmo uma mistura de humano com monstro. 

Agora vamos para os escorpiões. Esses pequenos animais que botam medo em muita gente. 

Escorpião pode ser chamado de lacrau ou alacrau, é um animal invertebrado artrópode(com patas formadas por vários segmentos). Os escorpiões possuem cerca de 10 a 12 centímetros de comprimento, corpo alongado e quelíceras com três artículos(garras com três pontas). São animais noturnos, durante o dia se escondem em cascas de árvores. 

O tempo de vida dos escorpiões varia entre 4 a 25 anos. Esses animais preferem lugares com temperaturas entre 20 ºC e 37 ºC. Porém, esses animais conseguem suportar variações de temperaturas bem diversificadas, podendo resistir às condições de uma deserto ou a temperaturas negativas. 

São animais carnívoros e caçam a noite. Detectam suas presas por variações no solo, no ar e por sinais químicos, todos detectados por pelos sensíveis presentes nas suas pinças e patas. O animal possui uma dieta bem diversificada, comendo insetos, pequenos pássaros e até mesmo outros escorpiões. Esses animais conseguem comer uma enorme quantidade de comida, porém conseguem ficar quase um ano inteiro sem comer. Para caçar, os escorpiões utilizam seu veneno para imobilizar a presa, depois começam a digerir a vítima. 

Há registros da existência dos escorpiões há mais de 400 milhões de anos. Segundo pesquisas, foram eles os primeiros artrópodes a conquistar o ambiente terrestre. Na sua transição(água >> terra) o animal ganhou uma carapaça que além de protege-lo, evita que o animal perca líquido  excessivamente. No total existem 1600 especies de escorpiões, 140 apenas no Brasil. 

Agora vamos falar sobre os morcegos, os únicos mamíferos que conseguem voar. 


O morcego é um mamífero da ordem Chiroptera cujos membros superiores têm o formato de asas, com isso é o único mamífero capaz de voar. Os morcegos são divididos em dois grupos. O primeiro grupo é dos próprios morcegos, o segundo grupo fica por conta das raposas voadoras. Juntando esses grupos, a soma das espécies totaliza cerca de 1116 diferentes tipos de quirópteros(morcegos). Há morcegos de todo tipo, tamanho, envergadura e hábitos alimentares. 

Falando em comida, esse animal possui a dieta mais variada entre os mamíferos, pois podem comer frutos, sementes, folhas, néctar, pequenos animais(insetos, peixes) e sangue. Graças aos filmes ''hollywoodianos'' todos conhecem os morcegos como animais que se alimentam de sangue, porém apenas três espécies de morcegos se alimentam dessa essência. Com esse imenso leque alimentício, os morcegos são fundamentais para o ecossistema, pois atuam como polinizadores, dispersores de sementes, predadores de insetos, dentre outras funções fundamentais para a sobrevivência. 

Os morcegos possuem a ecolocalização, que os ajudam na hora de se locomover, caçar e se comunicar com outros da mesma espécie. 

Em suas mãos, o animal possui alguns ossos alongados, e entre eles existe uma membrana, essa membrana forma as asas(patágio). 


As asas detém vasos sanguíneos, nervos e fibras musculares. Nas épocas mais geladas, esses animais usam as asas como casaco. Os morcegos possuem garras em suas patas que permitem com que o animal se agarre em galhos. Eles conseguem se locomover pela terra, porém não de uma maneira eficiente. 


Os morcegos possuem hábitos noturnos, com exceção das raposas voadoras. Têm excelente olfato, paladar e audição. Ao contrário do que muitos pensam, esses animais possuem uma excelente visão. Podemos afirmar que esses animais sim possuem um sexto sentido. 

Um bebê morcego agarra-se na mãe para ser transportado. Uma fêmea dificilmente consegue carregar mais que um filhote, por isso é comum darem a luz a apenas um filhote. Os morcegos vivem em berçários, com muitas fêmeas dando a luz ao mesmo tempo. A gestação dura dois a sete meses(varia de acordo com a espécie). Esses animais ficam maduros rapidamente. 

Há poucos animais capazes de caçar os morcegos, porém os predadores naturais são cascas grossas. Corujas e Falcões costumam tirar o sossego dos pequenos sugadores de sangue. 

Gligar - O Pokémon Escorpião Voador

Ele voa diretamente no rosto do alvo, depois aperta a vítima assustada para injetar veneno. 

Geralmente vive em desfiladeiros. Quando vê sua presa, ele abre suas asas e desliza para baixo.

Gligar voa silenciosamente como se estivesse deslizando. 

É o Pokémon de número 207, na National Dex. Nos jogos, Gligar pode ser capturado na rota 45(Gold, Silver e Heart Gold), Safari Zone Extension(Emerald), nas rotas 206, 207, 214, 215 e 227, Stark Mountain(Diamond, Pearl e Platinum), nas rotas 11, 15 e 23(Black, White, Black 2 e White 2) e na rota 19(XY, horda). 

Gligar possui três habilidades Hyper Cutter, Sand Veil e Immunity(HA).

Gligar evolui para Gliscor quando upa um nível a noite segurando o item Razor Fang. 

O nome Gligar vem das junções de Glide(Deslizar) e Gargoyle(Gárgula). 

Confira os status do Gligar:


Agora vamos falar sobre o Batman do mundo Pokémon. Como já foi citado no início deste post, o escorpião e as gárgulas serviram de referencia para esses dois monstrinhos, porém o Gligar é baseado no morcego e o Gliscor é baseado no vampiro. Já falamos de morcegos, escorpiões e gárgulas, agora vamos falar dos vampiros. 

Os vampiros possuem uma gama enorme de informação, que varia de acordo com as crenças populares, religião e época, então vou citar apenas informações mais superficiais sobre esse ser mitológico. 

Vampiro é um ser mitológico que sobrevive se alimentando de sangue. O termo se popularizou no século XIX(19) na Europa Ocidental. Foram criadas inúmeras superstições vampíricas na Europa, com isso o pânico na população foi instalado e várias pessoas foram acusadas de vampirismo. 

Os vampiros possuem inúmeras representações. A mais comum é o ser com aparência humana, pálido e frio, porém existem histórias que descrevem os vampiros com uma aparência putrefata. The Vampyre, romance de John Polidori, que estabeleceu o arquétipo do vampiro ser uma criatura sofisticada. 

Quando falamos dos vampiros, não podemos deixar de citar os métodos de proteção e como fazer para destruir essas criaturas. 

Alho, água benta, crucifixos e ramos de roseiras, são os principais itens para deixar o conde Drácula bem longe de você. Outro item que vai te ajudar a combater os vampiros são os espelhos. Nos filmes, os vampiros não aparecem nos espelhos, porém não têm medo do objeto, mas segundo algumas histórias, o espelho espanta os vampiros. O fato do vampiro não possuir sombra e/ou reflexo acontece porque a criatura não possui alma, mas isso não é universal. 

 

Para destruir essa criatura existem dois métodos mais conhecidos, o empalamento e a decapitação. O emapalamento servia para esvaziar o vampiro inchado. Outra maneira de esvaziar a criatura era enterrar objetos cortantes envolta do corpo, com isso, caso ocorresse o inchaço, as partes seriam cortadas. A decapitação acelerava o processo de separação do corpo e alma. Esses dois são os principais métodos utilizados para matar a criatura, porém existem outras maneiras de se livrar do monstrengo. 

Gliscor - O Pokémon Dente de Escorpião

Observa à presa enquanto está pendurado de ponta cabeça. Quando tem uma oportunidade, ele se desvira e agarra a presa. 

Se conseguir uma leve brisa, esse Pokémon consegue planar sobre o globo sem agitar as asas nem uma vez. 

Seu voo é silencioso. Ele usa sua longa cauda para levar sua presa, suas enormes presas fazem o resto. 

É o Pokémon de número 472, na National Dex. Nos jogos pode ser capturado nas rotas 11, 15 e 23(Black, White, Black 2 e White 2).

Gliscor possui três habilidades Hyper Cutter, Sand Veil e Posion Heal(HA).

O nome Gliscor vem das junções de Glide(Deslizar) e Scorpion(Escorpião). 

Confira os status do Gliscor:



Lembrando que o post foi feito com informações coletadas da internet por mim Rodrigo Mantovani. Sobre as mitologias citadas, estas servem apenas para acrescentar ao texto, sem qualquer intenção de ferir ninguém e nenhuma crença alheia.

Espero que tenham gostado. Até a próxima!

Referencias: Bulbapedia e Serebii
Sobre Rodrigo Mantovani
21 anos, Itabirito-MG, fissurado por games e eletrônicos desde pequeno. Acredita em excentricidades e é apaixonado por livros/filmes de ficção. Sua paixão por Pokémon vem desde de seus 7 anos e adora Pokémon tipo fogo e dragão.
Email: contato@pokemothim.net
Redes Sociais: Facebook || Instagram

Comentários

Nós da Pokémothim, gostaríamos de agradecer os comentários/sugestões feitos e dizer que eles nos ajudam a melhorar significativamente a qualidade do nosso trabalho, sem falar que é a melhor forma de contato que temos com você.

Um comentário:

  1. Geente, n sabia q o Gliscor era inspirado em vampiros tb kkk. Adorei o post <3

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar