logo

Pokémothim

Biomothim: Bulbasaur e sua linha evolutiva


Salve, salve treinadores !!!

Pokémon não é só diversão, também é conhecimento. E com este pensamento me junto ao treinador Gabriel para apresentar a vocês: Biomothim! Uma nova série de posts que irá apresentar nossos queridos monstrinhos na sua possível forma animal. Em Pokémon conseguimos observar tanto a fisiologia, a Botânica e a Zoologia dos monstrinhos, e serão essas três matérias que iremos focar no decorrer dos posts, apresentando comparações entre eles. E como sempre, temos que começar do começo! Vamos ao primeiro Pokémon da pokedex: Bulbasaur e sua linha evolutiva.

 

Bulbasaur o lagarto com bulbo, original de Kanto e um dos preferidos para começar a jornada Pokémon. Sua  aparência nos lembra  um lagarto quadrúpede, o Dicynodon, com um bulbo nas costas e sua coloração verde com manchas de um verde mais escuro, se assemelha a alguns répteis. O bulbo em suas costas nos lembras o da tulipa, flor que junta nutrientes ao ser exposta ao sol para se abrir (se assemelhando ao processo de evolução do Bulbasaur).

O lagarto ao qual citamos é o extinto Dicynodon que fazia parte da família dos dicinodonte. Seu tamanho varia de 30 cm a 11 m, e pesava cerca de 800 gramas até 1,5 toneladas. A cabeça lembra a de uma tartaruga e o bico córneo era usado para cortar as plantas que comia. Foi extinto no período triássico. O grupo Dicynodontia é o primeiro de vertebrados que conseguiram ingerir plantas com sucesso, podendo citar que o Bulbasaur é um Pokémon do tipo grama e venenoso e a parte grama se vem deste grupo e a venenosa vem do bulbo.

Após chegar ao nível 16 nos jogos ou tomando sol fazendo seu bulbo desabrochar, Bulbasaur evolui para o Ivysaur. 


Com o formato de quadrúpede ainda, o Ivysaur muda pouco na sua evolução, se tornando apenas mais azulado em sua cor e suas presas sendo expostas. As patas traseiras ficam mais fortes para aguentar o peso da flor que está se desabrochada em suas costas. Com a evolução, a semelhança passa a ser com o Placerias, também da mesma infraordem dos Dicynodontia, sendo maior e com a cor mais azulada que o Dicynodon, onde observa-se também que os membros traseiros são mais grossos nesta parte da família, ao qual se assemelha com o Ivysaur.

Ao chegar no nível 32 ou tomar grande quantidade de sol, e liberar o leve aroma de sua flor, chegamos ao Venusaur, o Pokémon quadrúpede com pele esverdeada e azulada, diferente de suas pré evoluções. Nesta fase já é possível ver os dois dentes pontiagudos em sua mandíbula superior, junto de quatro dentes pontiagudos em sua mandíbula inferior;  possui três dedos com garras em cada pé, com os membros grossos para aguentar seu peso e de sua flor, que é onde vemos a diferença entre Venusaur fêmea e macho, onde a fêmea possui uma pequena semente na flor em suas costas. O Anthodon, possui a mesma fisionomia que o venusaur sendo possível a diferença apenas em sua cauda que em si é maior, notando que suas costas são largas para caber uma flor. Esta seria a família de dinossauros que comparamos com a linha evolutiva do bulbasuar.

Já em sua flor, se observada diretamente em todas as fases, se assemelha as fases da tulipa (Liliaceae), que em sua fase bulbo precisa tomar sol para florescer igual citado na entrada da dex em Pokémon Ruby:
  • ”As vezes o Bulbasaur pode ser visto tirando uma soneca sob a luz do sol. Há também uma semente em suas costas. Drenando a luz dos raios solares, esta semente pode se tornar progressivamente maior.” – Pokémon Ruby

O bulbo precisa juntar energia, esta recebida pelo sol por no mínimo 6 horas por dia, libera um pendão parecido com o botão do Ivysaur ao qual  continua juntando energia, e quando está para desabrochar começa a liberar um aroma doce, ao qual pertence a flor que floresce igual nos Venusaur, que chega ao seu estágio final uma flor, de pendão grande e com pétalas chamativas de cores fortes. 

Essa foi a análise desta semana sobre a primeira linha evolutiva! E aí pessoal, gostaram deste novo segmento ? Vocês acham o Bulbasaur, Ivysaur e Venusaur parecidos com esses dinos ? Deixem nos comentários para a gente saber.
Sobre Denis Anselmo
23 anos, Cajuru-Sp, curte animes, filmes, livros e séries. Seu Pokémon favorito é o Togekiss e além de treinador Pokémon também se considera um "digiescolhido" nato. 'Pokémon Go' é seu jogo favorito, joga desde 2016, é Team Instintict de coração.
E-mail: contato@pokemothim.net

4 comentários:

  1. Interessante, pensei que não existia um ser parecido com o bulbasaur sé que não existe mais então eu não estava tão errado kkk.🍦

    ResponderExcluir
  2. Já saio o novo ep de Pokémon 2019

    ResponderExcluir
  3. Matheus Lima13/04/2020 09:50

    Só uma colocação: não existe mandíbula superior ou inferior. Mandíbula ela é sempre a parte inferior. O que seria essa parte "superior" é a maxila

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar