logo

Pokémothim

Biomothim: Ekans e Arbok!



Como vão treinadores?!

No Biomothim desta semana trazemos curiosidades peçonhentas e rastejantes, aqueles Pokémon que literalmente vão envolver você! Estamos falando sobre Snake e Kobra...ops, digitei ao contrário. Estamos falando sobre Ekans e Arbok!

Começando por Ekans, temos sua principal inspiração a cascavel. Cascaveis são peçonhentas e do gênero Crotalus e Sistrulus. Podemos encontrar cerca de 35 espécies diferentes de cascavel no planeta, porém apenas uma no Brasil em 4 das macrorregiões brasileiras, sendo exceção a Região Centro Oeste. Cascaveis ocupam o primero lugar no ranking mundial por mortes vindas de mordidas de cobras, e segundo lugar de mais peçonhentas.

A tipagem de Ekans faz jus as cobras peçonhentas. No Brasil, com exceção da Coral-Verdadeira, todas as cobras peçonhentas possuem fosseta loreal, um pequeno orifício sensorial localizado entre as narinas e os olhos, atuando na percepção de mudanças de temperatura no ambiente.

Ekans possui guizos na ponta da cauda, o que nos indica que o Pokémon realiza troca de pele. Assim como ocorre com a cascavel, Ekans não consegue trocar de pele completamente, e aquela pele restante se armazena na ponta de sua cauda, formando os aneis, que quando secos formam guizos. Estes servem como aviso a outros Pokémon que estão perto de seu território, fazendo barulho se agitados. Ekans não tem um grande comprimento, e sua mordida é feroz no quesito força, porém sem presas. Pela ausência de presas injetoras de veneno, o mais provável é que Ekans atinja seu alvos com rajadas espelidas por glândulas internas na boca, como ocorre na Naja Cuspideira de Mossambique, capaz de ejetar veneno.

Uma semelhança entre cascaveis e Ekans está em sua furtividade. O bote de uma cascavel pode durar até 170m/s (equivalente a 612Km/h). Ekans se locomove pela grama de maneira ágil e discreta. Seu tamanho e sua forma aerodinâmica permitem ao Pokémon ser rápido e passar sem sem percebido.

Sobre Ekans podemos ainda falar sobre o som produzido por sua boca ao dizer seu nome. Neste podemos notar a presença de vários "s", associando a uma das formas da cascavél anunciar sua presença, que é quando expele em uma alta pressão, produzindo uma espécie de assovio.


Sobre Arbok, podemo facilmente associá-lo com as Najas. Najas são cobras características de regiões Africanas e Asiáticas. Semelhante a Arbok, temos a presença do capuz, região localizada nas laterias do Pokémon. No peitoral de Arbok (na região de seu estômago) temos a presença de padrões parecidos com olhos. Estes mesmos servem para manter a presa amedrontada e até hipnotizada. É comum das najas usar artifícios semelhantes para manter suas presas em transe antes do bote.

Na dex da versão Sun, é dito:

"A pesquisa mais recente determinou que existem mais de 20 arranjos possíveis dos padrões no estômago."

Ekans evolui para Arbok no nível 22. Podemos observar que Arbok não possui chocalho no final da cauda, indicador de que sua troca de pele acontece de forma completa. A cor predominante na pele de Ekans e Arbok é roxa, como ocorre na maioria dos Pokémon tipo venenoso. A cor roxa pode estar associada a alta circulação de veneno, ou aparece em erupções cutâneas.


Diferentementte de Ekans, Arbok desenvolveu presas em sua evolução, ja que sua agressividade faz do Pokémon rival de espécies maiores na luta em busca de alimento. Arbok possui musculatura altamente desenvolvida, sendo dono de uma força de envolvimento alta ao enrolar suas presas.

E este foi o Boimthim desta semana, o que acham sobre a teoria do veneno, ele realmente influencia na cor do Pokémon? Arbok seria aquele tipo de Pokémon que não queremos encontrar na vida real? Deixe aqui sua opinião!

Lembrando que essa série tem como intuito apenas analisar os Pokémon com fundamentos científicos.

Um ThunderShock pra vocês!
Sobre Gabriel Henrique
18 anos, mora em Gonçalves-MG. Curte animações e filmes de ficção, é amante da música desde muito cedo, multi instrumentista. Tem um grande amor por Pokémon, seu preferido é o Chandelure, além dos tipos grama e água.
E-mail: contato@pokemothim.net

3 comentários:

  1. Eba minha séria favorita voltou

    ResponderExcluir
  2. Interessante o poképlanet.🍦

    NT: Tem um erro ortográfico acho que no parágrafo 8 palavra está assim " ccor roxa ".🍦

    ResponderExcluir
  3. Oi, semana passada tivemos do Spearow, de uma olhada na página para você ver, e desculpa a pausa voltamos com todo vapor

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar