logo

Pokémothim

Biomothim: Pikachu e sua linha evolutiva!


Como vão treinadores?!

A Biomothim dessa semana traz novidades eletrizantes! Bom, espero que todos tenham aguentem a voltagem antes de começar a ler. Estamos falando da família elétrica mais famosa da franquia: Pichu, Pikachu e Raichu!

Para muitos vai ser um tanto esquisito imaginar Pikachu como outro animal senão um rato, mesmo sendo datado como tal na dex. Porém, nos foi revelada a verdadeira inpiração por trás de Pikachu, que nada mais é do que baseada em esquilos. Portanto, sua pré evolução (Pichu) e evolução (Raichu) seguem do mesmo raciocícnio.

Esquilos podem ser arborícolas, que fazem suas casas nas árvores, ou terrestres. Existem ainda espécies de esquilos voadores, que usaremos para relatar sobre Emolga mais a frente. Sua furtividade é muito semelhante ao pequeno Pichu, tendo em vista sua forma de locomoção usando as patas traseiras e dianteiras ao correr, e a capacidade de ficar sobre os membros inferiores erguendo o tronco - essa característica também se aplica a Pikachu e Raichu.  


Pichu evolui para Pikachu assim que atinge um alto nível de amizade. Mas o que explicaria isso? A teoria para tal se embasa nos seguintes argumentos: Pichu mesmo sendo pequeno possui uma grande energia encoberta por dentro, por uma espécie de "barreira" biológica, suas bolsas nas bochechas que armazenam energia, desproporcionais ao seu pequeno corpo. Assim que os hormônios como a endorfina são liberados, quando este aumenta sua felicidade junto da amizade, a barreira reage com estes, liberando a energia acumulada de Pichu, fazendo com que o corpo evolua para aguentar a eletricidade.

Pikachu diferente de Pichu possui um bom armazenamento elétrico. Ao evoluir para Pikachu, o Pokémon conta agora com orelhas mais finas, ja que a necessidade de captar os ruídos s sua volta se extingue, uma vez que Pikachu é mais capaz de sobreviver sozinho se comparado a Pichu. Sua cauda também aumenta, servindo como estabilizador de energia. As bolsas de energia agora também são mais porporcionais ao corpo do Pokémon, permitindo melhor uso e controle de suas habilidades elétricas. A agilidade de Pikachu, de certa forma está relacionada com sua energia e tamanho. Possuindo uma massa corporal média, a energia gasta para ataques velozes é menor se comparada a sua evolução, permitindo que use de ataques furtivos mais vezes em menor tempo.


Raichu também é capaz de emitir intensas rajadas energéticas, mas devemos levar em conta o tamanho de seu corpo relativamente maior do que suas bolsas de energia. Isso faz com que raichu tenha intervalos maiores até conseguir usar ataques elétricos repetidas vezes. Isso não impede o Pokémon de usar ataques poderosos, porém, levam maior tempo até recarregar. Sua cauda alongada funciona como establizador quando sua energia se acumula ao extremo, usando esta como forma de descarregar no solo o excedente produzido.


Evoluir Pikachu pra Raichu é escolha do treinador se este for o caso, utilizando de uma Thunder Stone. Podemos considerar propriedades elétricas desconhecidas nesta para explicar a evolução de Pikachu para Raichu. Também levemos em conta a hipótese de como acontece com Pichu, o corpo de Pikachu também possui um bloqueio de seu potencial total elétrico, que é liberado ao entrar em contato com a Thunder Stone. Ao evoluir, Raichu adquire coloração mais intensa. Podemos verificar esse fato em suas pré evoluções, onde os tons se tornam mais escuros de forma crescente. Isso fundamenta a seguinte teoria: Estaria a cor do Pokémon relacionada a quantidade de energia que corre por seu corpo?

Não irei falar sobre a variação regional do Raichu de Alola neste post, pois algo está sendo preparado para vocês sobre este único assunto de mudança por região. Fiquem de olho na série!

Este foi o Biomothim desta semana! Concordam com tudo que foi dito? Alguma teoria pessoal ou conhecimento que gostariam de compartilhar? Deixem aqui nos comentários!

Lembrando que esta série apenas analisa os Pokémon de forma científica, buscando assemelhá-los a animais de nossa vida por fora dos games.

Um ThunderShock pra vocês!
Sobre Gabriel Henrique
18 anos, mora em Gonçalves-MG. Curte animações e filmes de ficção, é amante da música desde muito cedo, multi instrumentista. Tem um grande amor por Pokémon, seu preferido é o Chandelure, além dos tipos grama e água.
E-mail: contato@pokemothim.net

6 comentários:

  1. Parabéns por fazerem um post bastante interessante. Mesmo nesse tempo de quarentena vocês estão conseguindo fazer com que muitas pessoas amem o Biomothin. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Ué eu jurava que era rato pois Chu é o barulho do rato em japonês e na própria tgc oficial do Pokémon está escrito rato elétrico, mas de boa.😋🍦

    ResponderExcluir
  3. É que foi revelado até que recentemente ser o esquilo a real inspiração, o que pegou muitos de surpresa. :)

    ResponderExcluir
  4. Então tá, mas é esquisito pois a própria pokémon Company chamava ele de rato e eu sempre pensei isso também agora nunca vou me acostumar com Pikachu sendo um esquilo kkk.🍦

    ResponderExcluir
  5. Ela ainda chama, na verdade, só muda que eles deram a informação de que, quando Pikachu foi criado, estavam se inspirando em um esquilo.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar