logo

Pokémothim

Teoria - Pocket Monsters: Próximos Locais Visitados! (Sinnoh)


Olá, Thunders!

Com tantos locais existentes nos jogos Pokémon, não é surpreendente que Ash não tenha passado por todos durante a sua aventura em cada região. Dessa vez, o destaque vai para Sinnoh e o que falta ser conhecido por nosso herói agora acompanhado de Goh!


A primeira cidade a ser evidenciada é Jubilife, a qual se destaca por ter sido a pioneira a não mostrar a Escola de Treinadores da região, sendo ela somente citada. Por outro lado, como de costume, houve a ausência da estação televisiva local, a Jubilife TV, onde fica o Pokémon Lottery Corner e se pode conseguir a Bola Mestra. Ainda tem o Terminal Global, que permite variadas interações entre jogadores, mas que teria que ganhar uma inteligente adaptação no anime.

Em Oreburgh, o Portão de Oreburgh, caverna que dá entrada à cidade, não fez falta, mas seria interessante que Ash conhecesse o Museu da Mineração de Oreburgh, já que nas suas aventuras por Sinnoh quem o visitou foi somente a Equipe Rocket. E na cidade vizinha, Floaroma, o Prado de Floaroma foi o único que ficou de fora, nele podendo ser encontrado muito Mel, uma Pedra de Folha e uma Semente Milagrosa. Como sempre, a loja de bicicletas da região ficou ausente do anime, sendo a da vez a Loja de Bicicletas de Rad Rickshaw, localizada em Eterna. Ainda na cidade, faltou mostrar o Edifício da Equipe Galática de Eterna, algo que dificilmente seria apresentado agora, somente se fosse para retomar uma investigação antiga.

A Praça da Amizade, parque onde os treinadores podem passear com Pokémon fofos e encontrar itens, seria o cenário ideal para alguma competição lúdica em Hearthome. No tempo em que os protagonistas ficassem na cidade, poderiam se alojar no Hotel Pokémon e fazer algumas visitas como à Casa do Poffin, comida que há um bom tempo não aparece no anime; ao Edifício Estrangeiro, onde seria mais explicado sobre a mitologia Pokémon; e ao Pokémon Fã Clube, o qual só foi mencionado em Sinnoh como responsável por organizar o concurso anual de Fantasia Pokémon.

Somente não foi mostrado em Solaceon o Pokémon News Press, onde é criado e impresso o jornal de Sinnoh e se pode conseguir diferentes Pokébolas, contanto que se mostre distintos Pokémon pedidos por um funcionário. Da mesma forma, Veilstone, que apenas teve o Game Corner não apresentado, pois o Quartel General da Equipe Galática foi mudado de lugar no anime, ainda tendo um edifício menor para substituir na cidade. Como o Grande Pântano foi exibido no desenho, mesmo que com uma função diferente da de um Safári, em Pastoria seria interessante os garotos participarem de algo envolvendo o Cara do Cachecol, para que seus Pokémon ganhem alguns.

Mesmo sendo um importante local de conhecimento, a Biblioteca Canalave não apareceu no desenho, provavelmente por outros locais já terem sido usados para contar a história de Sinnoh. Também em Canalave, a Pousada Porto não estreou ainda, o que deve explicar também a ausência da Ilha da Lua Nova, casa do Mítico Darkrai, por a partir dela se desenvolver a história para chegar ao local. E se tratando da Liga Pokémon, foi substituída na animação pelo Vale do Lírio da Ilha, mas, talvez, possa existir a mansão gótica dos jogos, onde se deve enfrentar a Elite 4. Isso também explica a não apresentação da Estrada da Vitória da região.

Existe também a interessantíssima Zona de Batalha, a qual abriga a Área de Luta, onde, dependendo do jogo, fica o Parque de Batalha, lar da Torre de Batalha liderada pelo Cérebro da Fronteira Palmer; ou a Batalha da Fronteira de Sinnoh, a qual compartilha os mesmos 5 Cérebros de Johto. Nessa mesma zona fica a Área de Sobrevivência, para o treino de quem perde qualquer um dos desafios anteriormente citados, que guarda o Campo de Batalha, onde é possível confrontar novamente os Líderes de Ginásio e alguns parceiros temporários que conheceu durante a sua jornada. Por fim, nessa sub-região, também está a Área do Resort, a qual serve sobretudo como canto de descanso para os coordenadores, isso por guardar o Sindicato das Fitas e Spa, mas também é visitado por pessoas importantes de Sinnoh e é o único local dos jogos onde se pode achar um Magikarp no nível 100.

Alguns locais menos importantes cortados foram: o Caminho Devastado, pequena caverna que separa Jubilife e Floaroma e esconde um Incenso da Sorte; a Torre Perdida, a qual funciona como um cemitério e guarda uma Pedra Oval, necessária para evoluir Happiny; a Caverna Wayward, único local na região onde se encontra Gible, localizado abaixo da Estrada de Ciclismo, além de guardar uma Pedra do Crepúsculo; o Túnel Maníaco, responsável por ligar a rota 214 às Ruínas de Solaceon, abrigando muitos Unown; e o Fã Clube de Pikachu, onde um homem pretende vencer o Campeonato Pokémon usando seis Pikachu.

Dois casos interessantes são os do Lago Verdade, o qual apenas foi visto por Dawn e Piplup, e o do Subterrâneo, explorado somente pela Equipe Rocket. Ash ainda precisa conhecer esses dois locais pessoalmente, e essa seria uma oportunidade perfeita de fazer isso junto a Goh. Ainda tem a Rocha de Gelo e a Rocha de Musgo, responsáveis por evoluírem Eevee respectivamente para Glaceon e Leafeon, também nunca encontradas pelo protagonista.

Todo o enredo envolvendo a captura de Giratina foi cortado do anime, por isso os locais relacionados com a trama também. De início, é preciso citar que o Mundo Distorcido, ou Mundo Reverso, lar do Lendário e do Orbe Griseous, foi apresentado somente nos filmes, o que pode valer ou não para uns, a questão é que na sequência dos episódios ainda não apareceu. Se não for capturado no lugar anterior, o Pokémon será encontrado na Caverna do Retorno, e o treinador pode chegar a ela por meio do Caminho da Primavera e da Primavera de Despedida, quarto lago de Sinnoh.

No anime, a Montanha Dura apenas foi mencionada por Buck, sendo esse o lar do Lendário Heatran e de uma Pedra de Fogo. As casas em Sinnoh dos trio de titãs (Regirock, Regice e Registeel) também ficaram ausentes, disponibilizadas somente se o jogador tiver Regigigas,  sendo elas respectivamente: Ruínas do Pico da Rocha, Ruínas do Iceberg e Ruínas de Ferro. Na realidade, a última até apareceu durante o arco principal da Equipe Galática, mas não foi associada ao Lendário. Ainda que o anime tenha feito uma trama envolvendo Shaymin seguindo para o Jardim Secreto, não é certeza se esse local é o Paraíso das Flores acessado pelo Caminho Quebra-Mar, onde o Mítico reside. E por último, o Salão de Origem, morada de Arceus acessada com a Flauta Azul.


Por ainda não terem sido lançados os remakes de Sinnoh, pode parecer que foram poucos os locais cortados do anime, mas não são menos interessantes. Compartilhe com a gente qual desses você mais gostaria de ver!


Leia Também:

Sobre Ersj
19 anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

4 comentários:

  1. A Biblioteca de Canalave e a Montanha dura seriam legais de se visitar
    O "Distortion World" acho muito impossível. E como apareceu nos filmes é algo que conta.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por deixar a sua opinião! ^-^

    ResponderExcluir
  3. Nalbert Silva09/06/2020 09:01

    Eu realmente gostaria que o ash capturasse o darkrai. Ele teve muita dificuldade com esse pokemon na liga de sinnoh, e se trata de um mítico muito poderoso. Cono o ash está monta um time mega apelão, esse darkrai seria uma ótima aquisição.

    ResponderExcluir
  4. Seria uma captura muito interessante.
    Obrigado pelo comentário! ^-^

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar