logo

Pokémothim

Biomothim: Riolu e Lucario


Como vão treinadores?!

Hoje trazemos o vencedor da última enquete, e se preparem, essa linha evolutiva é capaz de sentir seus sentimentos. Sim, estamos falando de uma das linhas evolutivas mais polular na franquia: Riolu e Lucario!


Mesmo com o porte de lutador em ambas espécies, Riolu e Lucario tem sim um animal de inspiração na vida real, o Chacal. Poderíamos assemelhar sua aparência aos lobos, mas veremos que o comportamento dos chacais se encaixa perfeitamente aos Pokémon da vez. Vamos entender melhor os caninos.

Chacais são animais do gênero Canis, gênero que também comporta os lobos, cães e coiotes. Existem três espécies de Chacal: Canis adustus, Canis aureus e Canis mesomelas. São todas encontradas na África e em território asiático. Destes três, podemos dizer que tanto Riolu quanto Lucario possuem traços físicos e comportamentais de todos! Estes animais possuem comportamento solitário, raramente são vistos em bandos (de maneira semelhante a Riolu e Lucario). São onívoros, ou seja, se alimentam de vegetais e carnes. Possuem porte pequeno, com uma média de 80cm de comprimento. 

São animais que fazem uso da vocalização quando ameaçados, emitindo sons parecidos aos sapos ou corujas, até mesmo fazem uso de uivos. São animais com grande senso territorial, geralmente ocupado por casais acasalados, que defendem juntos seus domínios. Suas orelhas são pontiagudas, e seus focinhos finos e projetados para frente.


Riolu é um pequeno lutador, com maior parte de sua pelagem azul, tendo as patas e orelhas na cor preta, além de ter os olhos cincundados por uma mancha preta que lembra uma máscara. Em sua dex da versão Pérola nos da a seguinte informação:

"Seu corpo é flexível, mas poderoso. Ele pode escalar três montanhas e atravessar dois desfiladeiros em uma noite."

A espécie Canis mesomelas, também conhecida como Chacal-de-dorso-negro possui uma enorme resistência física, podendo atravessar grandes distâncias em uma única noite caso seja necessário. Coicidência? Não acreditamos nisso.


Ao atingir um grande nível de amizade com seu treinador, durante o dia, Riolu consegue evoluir para Lucario. O pequeno Pokémon de olhos vermelhos agora conta com estruturas semelhantes a espinhos na parte posterior das mãos, e um espinho na altura do peito. A coloração amarela aparece em seu torso, e seu corpo todo ganha maior desenvolvimento atlético. Discutir sobre a evolução por amizade não é um assunto fácil, ainda mais com toda a capacidade de ler auras dessa linha evolutiva. Tal fato pode ser atribuído a quantidade de poder (neste caso sua aura) acumulada no corpo de Riolu. Ao atingir níveis de felicidade extremos, com a liberação de tal poder, Riolu se vê na necessidade de evoluir para Lucario, onde na nova forma consegue manipular e armazenar melhor seu poder.

Temos ainda as formas brilhantes de Riolu e Lucario, onde ambos Pokémon se encontram na coloração dourada. Não por menos, a espécie de Canis aureus é também chamada de Chacal-Dourado. Aureus em latim significa dourado, mas não iremos confundir isso com a nomenclatura canis, que faz referência ao gênero onde se encontram os chacais. Poderíamos ainda usar a hierarquia dos lobos na matilha, que envolve uma questão energética semelhante a aura desses Pokémon, porém a convivência em matilha (coletivo de lobo) exclui essa espécie de nossa teoria.


Não iremos esquecer que essa linha evolutiva também tem sua explicação mitológica, que fundamenta de forma bem melhor o lado lutador dela. Podem acessar essa análise aqui no próprio site pelo link abaixo:

https://www.pokemothim.net/2017/04/curiosidades-pokemon-riolu-e-lucario.html

Já falamos sobre duas das três espécies de chacal, mas e a Canis adustrus? Essa é fácil, está na mega evolução de Lucario! Ao mega evoluir, Lucario conta manchas escuras percorrendo seu corpo, igual acontece pelo corpo do Chacal-Listrado. As colorações vermelhas podem indicar o limite de seu poder, onde temos mais uma vez influência do espectro visível na franquia, que começa na cor azul, seguida pela cor amarela mais adiante na escala, e tendo a cor vermelha como cor limite da região visível. Claro, uma referência um pouco mais discreta, mas sem deixar de ter uma parte lógica por trás desta.


E esta foi a teoria de hoje, lembrando que o Biomothim tem por finalidade apenas analisar os Pokémon com fundamentos científicos.

O que acham, podemos afirmar que Lucario é um chacal do universo Pokémon? Deixem aqui suas opiniões!

Um ThunderShock pra vocês!
Sobre Gabriel Henrique
18 anos, mora em Gonçalves-MG. Curte animações e filmes de ficção, é amante da música desde muito cedo, multi instrumentista. Tem um grande amor por Pokémon, seu preferido é o Chandelure, além dos tipos grama e água.
E-mail: contato@pokemothim.net

2 comentários:

  1. Vai ter enquete pra escolher a linha evolutiva da próxima semana?

    ResponderExcluir
  2. Gabriel Henrique17/07/2020 22:20

    Guilherme, o próximo Pokémon será o que ficou com o segundo lugar na última enquete, o mesmo com o terceiro lugar. Mas logo iremos lançar outra enquete. Lembrando que como fãs, você e todos os leitores podem nos sugerir Pokémon que gostariam que eu fizesse a análise ^^

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar