logo

Pokémothim

Biomothim: Wimpod e Golisopod!


Como vão treinadores?!

Hoje, o Biomothim vai desvendar alguns segredos do fundo do mar, lugar onde vivem essas curiosas espécies de Pokémon: Wimpod Golisopod!

Primeiro, vamos entender a real inpiração do Wimpod. Este pequeno Pokémon é descrito como Pokémon artrópode, mesmo filo ao qual pertence a Ligia Oceânica, popularmente conhecida como Barata-do-Mar. Esses pequenos seres vivem próximos a rochas, em locais que apresentem umidade. Sua alimentação se baseia em pequenos seres marinhos e em algas.

Possuem uma carapaça que envolve todo seu corpo em formato serrilhado, e em algumas ocasiões pode aparentar certo brilho. Conta também com 7 pares de pernas e longas antenas. ao final da cauda contam com estruturas que lembram ferrões. Mesmo vivendo próximos ao mar, são seres que não conseguem viver muito tempo debaixo d'água.

Neste vídeo, podemos ver uma baratinha enquanto se alimenta (digam se não é a coisa mais fofa!):



Seguindo com Wimpod, podemos claramente ver todas as semelhanças com a Barata-do-Mar. Começando pela semelhança em sua socialização, tanto Wimpods quanto aas Ligias são vistos em grupos próximos a praias ou fundos marinhos. São Pokémon de natureza amedrontada, fogem logo que se sentem ameaçados, já que não contam com muitas formas de defesa senão suas carapaças. Sua aerodinâmica ajuda em seu nado, contando com uma estrutura semicircular que aborda sua boca olhos, servindo de leme. As antenas curvadas também são um ótimo auxílio para suas manobras subaquáticas. De modo diferente ás Baratas-do-Mar Wimpod possui apenas quantro pares de pernas, mas ainda consegue uma boa movimentação terrestre com essas.


Tem a capacidade de liberar veneno quando se sente ameaçado. Ao chegar ao nível 30 Wimpod evolui para o poderoso Golisopod. Após a evolução Golisopod conta com pose humanoide. Continua com o mesmo número de membros, porém um par agora exerce a função de pernas, os outros três pares servem como braços. O par de braços mais exteno, também o mais longo, conta com um recobrimento semelhane ao de suas costas, com longas garras pretas. 

Podemos encontrar Golisopods vivendo no fundo de cavernas marítimas, onde passam grande parte de seu tempo pacificamente. Sua evolução pode estar associada com a pressão exercida pela profundidade oceânica. Uma vez que Wimpod amadureça sua coragem a busar novas profundidades de maneira solitária, a pressão que aumenta de maneira proporcional ao amento da profundidade faz com que Wimpod precise desenvolver melhor sua carapaça. Ainda temos o fato dos Pokémon que vivem em profundidades extremas, levando ao desenvolvimento dos membro para combate. Além de agir no endurecimento de suas carapaças, a pressão marítma também desenvolve a musculatura de Golisopod, dando-lhe alta velocidade, tanto dentro quanto fora d'água.


De bônus, sabemos que Golisopods são rivais naturais de Grapllocts, os polvos lutadores da Região de Galar. Na nossa natureza, polvos são predadores de crustáceos (lembram que Golisopod é um enorme crustáceo?).

Este foi o Biomothim de hoje, o que acham, Wimpod evolui para sanar sua natureza amedrontada? Golisopods vencem na luta contra Graplloctsw Deixem aqui seus comentários1

Lembrando que esta série tem por objetvo apenas analisar de forma científica a biologia dos Pokémon.

Um ThunderShock pra vocês!
Sobre Gabriel Henrique
18 anos, mora em Gonçalves-MG. Curte animações e filmes de ficção, é amante da música desde muito cedo, multi instrumentista. Tem um grande amor por Pokémon, seu preferido é o Chandelure, além dos tipos grama e água.
E-mail: contato@pokemothim.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar