logo

Pokémothim

O que rolou na Pokémon GO Fest 2020 e o que está por vir

Nesse final de semana tivemos o Pokémon GO Fest 2020, uma edição completamente distinta dos anos anteriores já que a comemoramos desde casa ao invés de ir ao local de evento. Dessa maneira, foi possível a participação de pessoas que não teriam oportunidade de se deslocar a outro estado, outro país, abrangendo um público bem maior. No entanto, os servidores da Niantic não estavam completamente prontos para tantas pessoas jogando ao mesmo tempo, o que gerou falhas indesejadas. Felizmente isso não nos impediu de desbloquear o Ultra Bônus. Vamos falar sobre tudo isso agora!


Dia 1


O primeiro dia nos trouxe uma rotação de habitats acontecendo de hora em hora, com confetes especiais determinando o bioma em que estávamos. Confetes de fogo traziam Charmander com Viseira de Pikachu, Litwick, Magmar, Darumaka, Heatmor, assim como os confetes de água traziam Squirtle com Viseira do Pikachu, Alomomola, Magikarp, Clamperl; e os confetes de grama traziam Bulbasaur com Viseira de Pikachu, Ferroseed, Tangela. Outros Pokémon em destaque foram Dratini, Gible e Durant no habitat de Batalha; e Pikachu, Chansey, Snorlax, Chimecho e Togetic no habitat de Amizade.

Para aqueles que possuíam o Passe do Evento, Rotom (Wash) aparecia ao tirar fotos, e Pokémon como Unown, Flareon, Vaporeon, Leafeon, Blastoise, Charizard e Venusaur apareciam na natureza. Em reides, treinadores tinham a oportunidade de enfrentar e capturar os lendários de Hoenn. Kyogre e Groudon estiveram aparecendo em reides de cinco estrelas durante todo o primeiro dia, e os ovos de Ginásio apareciam com maior frequência do que o normal. 


Os desafios variavam desde captura de Pokémon, utilização de Berries e acertos ótimos até batalhas em reides e envio de presentes. Esses desafios aconteciam na aba HOJE e envolviam todos aqueles que possuíam o Passe do Evento. 

Apesar de se ter muitas tarefas a se fazer e muito o que aproveitar, bugs comprometeram a experiência da GO Fest no primeiro dia, o que deixou muitos treinadores frustrados. Devido a quantidade esmagadora de usuários jogando ao mesmo tempo, os servidores da Niantic passaram a apresentar falhas, o que prejudicou não só os desafios (já que a aba de AMIGOS ficou inoperante e, assim, presentes não puderam ser enviados, nem recebidos), como as batalhas em reides, pois essas estavam travando muito e o Passe de Reide acabava sendo utilizado em vão. Problemas de congelamento do jogo e encerramentos inesperados também ocorreram com frequência. 

Dia 2



No segundo dia, a GO Fest foi invadida pela Equipe GO Rocket, que aparecia em todas as PokéParadas de 15 em 15 minutos, e em balões de cinco em cinco minutos. Além de terem o poder reduzido, capangas deixavam dois Componentes, ao invés de apenas um, ao serem derrotados. Os líderes da Equipe GO Rocket possuíam as aves lendárias Moltres, Zapdos e Articuno como Pokémon Sombrios, mas somente os detentores do Passe do Evento poderiam capturá-los. Como parte da Pesquisa Especial do Evento, Giovanni podia também ser enfrentado, deixando Mewtwo Sombroso para ser capturado. Após derrotá-los, o Pokémon Mítico Victini finalmente aparecia.

Os habitats rotativos foram desativados para esse segundo dia, trazendo novos Pokémon aparecendo na natureza. Exeggutor de Alola e Marowak de Alola foram os maiores destaque, além dos Pokémon do primeiro dia reaparecendo também, com exceção dos iniciais de Kanto com a Viseira do Pikachu. Nos reides, os lendários de Sinnoh comandaram as batalhas de cinco estrelas o dia inteiro. Dialga, Palkia e ambas as formas Original e Alternativa de Giratina apareciam constantemente. 


Bugs e falhas foram corrigidos para esse segundo dia. Apesar de alguns problemas terem permanecido nas primeiras horas do evento, eles logo foram solucionados, garantindo assim uma melhor experiência em relação ao dia anterior. 

Ultradesbloqueio: 3 Semanas Extras de Desafio


Devido aos Desafios cumpridos durante a GO Fest, três semanas de Desafio extra foram desbloqueados para todos os treinadores, independente de terem comprado Passe para o evento da GO Fest ou não. Essas semanas trarão novos Pokémon para serem capturados, tanto na natureza quanto em reides. Confiram:

Semana do Dragão



Essa primeira semana acontecerá do dia 31 de julho até 7 de agosto, trazendo Pokémon do tipo dragão como destaque. Nesse período, Horsea, Dratini, Trapinch, Swablu e Bagon estarão aparecendo na natureza. Gible e Deino poderão vir em ovos de 7km. Os reides de cinco estrelas serão dominados por Rayquaza e a versão Brilhante (shiny) de Deino será liberada. 

Semana do Enigma



A segunda semana se inicia logo em seguida, no dia 7 de agosto, e vai até o dia 14 de agosto, dando-nos a oportunidade de finalmente encontrar Elgyem na natureza. Além dele, Staryu, Jigglypuff, Clefairy, Lunatone, Solrock, Baltoy e Bronzor estarão aparecendo. De ovos de 7km poderão nascer Cleffa, Igglybuff, Lunatone, Solrock e Elgyem. Em reides de cinco estrelas aparecerá Deoxys, com a chance de ser Brilhante, enquanto outros reides terão Bronzong, Claydol, Elgyem e Unown (formas U, L, T, R e A). 

Semana de Unova



A terceira e última semana de desafios ocorrerá de 14 a 21 de agosto e terá a região de Unova como destaque. Novos Pokémon serão finalmente introduzidos no jogo. São eles: Sewaddle, Cottonee e Emolga, além de Bouffalant (somente em Nova York). Esses Pokémon estarão disponíveis na natureza e em ovos de 7km, trazendo também um aparecimento maior de Pokémon provenientes de Unova. Reides de cinco estrelas terão Genesect, podendo ser Brilhante. 


Como pudemos ver, todas as semanas de preparação da GO Fest nada mais foram senão uma espécie de teste que a Niantic fez para melhor organizar o festival em si, já que essa edição foi algo diferente e completamente novo para todos. Que tal, curtiram a GO Fest 2020? Como foi a experiência de vocês?

Fonte: Pokémon GO Official Website, Niantic. 
Sobre Luke
26 anos. Editor de Notícias na Pokémothim. Treinador desde Soul Silver, seguindo a eterna jornada de capturar todos os monstrinhos. Também fã de sagas como Resident Evil, Tomb Raider e Assassin's Creed.
E-mail: contato@pokemothim.net

Um comentário:

  1. Luis "eteRn1ty" Belloni27/07/2020 15:23

    Infelizmente não foi a melhor experiência. Senti que o valor pago não foi justificado. Eu particularmente tive poucos problemas no evento, mas deu pra ver que vários fatores foram prejudiciais. Fornecimento de Pokebola, presente e outros prejudicando a experiência. Além do mais, tivemos o nível de recompensa do Go Fest foi muito básico e simples para o que deveria ser o maior evento de Pokémon Go do ano. Travamentos do servidor que impossibilitou a abertura de presentes por muito tempo (único recurso de obter pokebola se as pessoas estavam de casa) foi outro grande prejudicial. O surgimento dos pokémon na natureza foi muito ruim gerando uma superdependente do incenso. Esse por sua vez foi fornecido o suficiente para se jogar 10h de um evento de 20h.
    A mecânica da Equipe Go Rocket é muito boa, mas no Go Fest mais prejudicou a experiência do que ajudou pois grande maioria focou no nascer dos pokémon no incenso do que em batalhar. Assim os balões ficavam prejudicando a jogatina. Me pareceu muito mal pensado. E para finalizar, a cereja do bolo foi ofuscada! Mewtwo Sombroso era pra ser o ápice do evento, mas mediante tantos novos brilhantes e pokémon regionais, acabou ficando em segundo plano e pouca gente deu real importância além do design que nítidamente é um sombroso diferenciado, poderiam ter usado o sprite do Mewtwo Shadow para dar maior impacto, não somente usar o padrão com uns efeitos mais bonitos.
    Assim sendo, acredito que a Go Fest 2020 foi uma experiência mais frustrante do que animadora aos jogadores que participaram pela primeira vez do evento.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar