logo

Pokémothim

Biomothim: Omanyte e Omastar

Como vão treinadores?!

O Biomothim traz uma viagem no tempo, porém sem sair da data de hoje. Vamos descrever um Pokémon que habitou o planeta a muito tempo, e com a tecnologia do mundo Pokémon, pôde ser revivido. Estamos falando de Omanyte e sua evolução Omastar!

Primeiro, devemos entemder que Omanyte é inspirado no antigo (e recente) Nautilus pompilius, pertencente a família Nautilidae. Estes pequenos seres compartilham ainda a mesma classe que polvos e lulas, a classe cephalopoda. Diferentemente das lulas que possuem uma concha interna, nautilus possuem uma concha externa. Podemos agregar aos nautilus a expressão "fósseis vivos", dita por Charles Darwin para designar criaturas que resistiram no planeta durante todos seus processos.

Vamos ver hoje pela primeira vez no Biomothim um nome muito conhecido na Biologia e na Matemática: A Sequência de Fibonacci. Esta é uma sequência de números (0, 1, 1, 2, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89...) onde cada número seguinte corresponde a soma de seu antecessor, começando pelo 0 e 1. Mas qual a relação dessa sequência com nosso pequeno Omanyte? A resposta não é simples, mas divertida: A partir desses números podemos montar um retângulo, denominado Retângulo de Ouro, e ao desenharmos um arco dentro deste retângulo, temosum espiral perfeita. O fato é que essa espiral pode ser encontrada em conchas de nautilos como Omanyte e Omastar, trata-se de uma espiral perfeita.

Podemos ver acima alguns números da sequência formando uma espiral

Omanyte é descrito como Pokémon Espiral devido a sua concha. Omanyte possui 10 tentáculos, dos quais utiliza para nadar ao girá-los. Este Pokémon assim como nautilus utiliza do ar armazenado em sua concha para subir ou descer na água, uma prática semelhante ao que acontece com os peixes, que constam com um órgão específico para isso, a bexiga natatória, da qual controla a flutuação do peixe de acordo com a quantidade de ar presente nela. Observação, os nautilos não possuem tal estrutura.


Os olhos de Omanyte são bem desenvolvidos, mas assim como em sua inspiração biológica, seus olhos não possuem lentes sólidos. Contam com uma lente pinhole, por onde até mesmo a água pode passar. Nos nautilos essa ausência de lentes representa uma fase de transição, com uma possível evolução dos olhos. A principal diferença entre os nautilos e Omanyte é de que este segundo foi extinto no mundo Pokémon, e só pode ser visto através de experimentos de ressucuitação através de um fóssil. 

Ao atingir o nível 40, Omanyte evolui para Omastar. O  principal motivo de sua evolução é a predação. Nos é dito que Omanytes form predados por Acheops em tempos atrás, Pokémon esses que possuiam garras e presas poderosas para atacar Omanytes mesmo com suas conchas. O principal ganho para sua sobrevivência foram os espinhos em sua concha, impedindo abordagens por cima de Pokémon voadores como Archeops. Seus tentáculos também aumentam, junto ao surgimento de presas afiadas em sua boca. A hipótese mais aceita para o desaparecimento desta espécie é o aumento significatvo em sua concha, que ao ficar pesada demais para que Omastar se locomove-se, tornou dificultosa sua busca por alimento, fazendo assim com que fosse extinto

Este foi o Biomothim desta semana! O que acham, há alguma outra expliação para a extinção de Omastar? Vocês gostariam de ver mais análises a partir de fósseis Pokémon na série? Deixem aqui seus comentários!

Lembrando, essa série tem por intuito apenas analisar os Pokémon utilizando métodos científicos e argumentos do ponto de vista da biologia.

Um ThunderShock pra vocês!
Sobre Gabriel Henrique
18 anos, mora em Gonçalves-MG. Curte animações e filmes de ficção, é amante da música desde muito cedo, multi instrumentista. Tem um grande amor por Pokémon, seu preferido é o Chandelure, além dos tipos grama e água.
E-mail: contato@pokemothim.net

2 comentários:

  1. Meu professor tava falando do nautilus na aula online dai eu mandei um link do omanyte e ele falou que parecia mesmo, sabia que tinha alguma conexão

    ResponderExcluir
  2. Gabriel Henrique27/08/2020 17:38

    Viu só meu caro, Pokémon e biologia estão totalmente conectados ^^

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar