logo

Pokémothim

Apaguem a Mensagem Péssima do Episódio 94!

Olá, Thunders! 

O anime Pokémon é reconhecido por passar belas mensagens, algumas vezes muito repetitivas, outras vezes inovadoras, mas que sempre conseguem comover os mais sensíveis. Acontece que, como nada é perfeito, certos ensinamentos podem ser falhos, e é sobre isso que esse post irá falar, a mensagem problemática do episódio 94.


Assim como outras séries do anime, Jornadas tem conseguido fazer um trabalho belíssimo em episódios mais emotivos e delicados, porém, considero que não tiveram o mesmo tato com o episódio em questão. Resumidamente, depois de capturar uma Lilligant, em Unova, e a levar para o Parque Cerejeira, onde a apresentou para os seus demais Pokémon, Goh percebeu que Heracross estava apaixonado por ela, o que deixava Pinsir extremamente triste. A partir disso, ao descobrir que Cloe pretendia ir com Eevee para a Oficina de Arranjos de Flores Pokémon, no ginásio de Celadon, para conhecerem a Leafeon de Erika, o garoto e Ash decidiram ir também. Lá, participaram da oficina, para deixar Pinsir mais bonita aos olhos de Heracross. Contudo, a Equipe Rocket interviu, para pegar Pikachu, e, no meio do confronto, Pinsir usou o próprio corpo para salvar Heracross e derrotou os vilões. Assim, o Pokémon macho direcionou novamente a sua atenção para ela e tudo voltou a ser como antes.

Algumas curiosidades que valem ser mencionadas sobre o episódio são que a Erika é a personagem que retornou ao anime depois de mais tempo sem aparecer; o atual visual dela é baseado no que usa nos jogos Pokémon FireRed & LeafGreen, ao invés do mais recente de Pokémon Let's Go Pikachu & Let's Go Eevee, isso por ser esse o estilo mantido no jogo que será citado na próxima curiosidade; e a líder de ginásio ter um Leafeon pode fazer referência a sua personagem no jogo Pokémon Masters EX, que tem um em seu Traje Sygna. Claro, a aparição desse Pokémon foi a deixa para desenvolverem o arco da Cloe, mas achei que a participação dela foi bem rasa nesse episódio, tendo que dividir foco com o enredo da Pinsir, que até recebeu mais destaque. Por fim, é perceptível que o ginásio de Celadon passou por uma reforma; além de que o flashback de Erika mostrar Ash salvando Gloom ao invés de a batalha que teve faz bastante sentido, já que foi o resgate que garantiu a sua insígnia, sendo a batalha interrompida pela Equipe Rocket, assim como atrapalharam novamente no atual episódio.

História bonita, final feliz, onde estaria o erro? Do meio para o final. Antes de tudo, é interessante notar como Ash, Cloe e Goh falam do amor da Pinsir como algo novo, como se ela não tivesse coragem de se declarar para ele, sendo que ambos são um casal desde que o novo protagonista capturou Heracross no episódio 33, "Trocar, Emprestar e Surrupiar!". O que realmente pareceu era que essa percepção dos jovens era uma forma de eufemismo, uma suavização do que realmente estava acontecendo ali, uma "Poké-Traição". A disputa pelo coração de Heracross não era tão saudável como davam a entender.

Mas, esse detalhe é o mínimo. A real questão é como eles resolveram o problema. Assim que eu comecei a assistir o episódio, tinha deduzido como seria o final e cheguei até a imaginar um título para uma postagem sobre "O Empoderamento da Pinsir". Sendo que não foi bem assim. Para ficar mais claro porque é uma resolução incômoda, vamos analisar aos poucos. Primeiro, a Pinsir percebeu que Heracross estava apaixonado por Lilligant; segundo, ela ficou extremamente triste e sem querer comer; terceiro, Goh, preocupado com ela, a inscreveu em uma oficina que envolvia flores para deixá-la mais bonita. Até aqui, tudo bem.

Inclusive, eu não culpo o Goh. Ao contrário, foi bonito ver como ele se preocupou com a Pinsir, apenas acho que "deixar ela mais bonita para Heracross" não era a solução. Mas, como disse, até esse ponto ainda dava para criar um final legal. Por sinal, Pinsir tentava ficar mais parecida com Lilligant, colocando flores como a dela em sua cabeça, medida que achou para tentar contornar a situação. O que eu esperava era que, de alguma forma, Pinsir se interessasse naquela oficina e desse mais valor a ela mesma, a sua aparência e notasse que não precisava do Heracross. Aproveitando que mostrou ter o Tesoura X na batalha contra a Equipe Rocket, poderia decidir se dedicar mais às batalhas, seguir um novo rumo.

Mas, não. Como é que foi o desfecho? Pinsir realmente se encheu de flores para ficar mais bonita para Heracross e ser mais florida que Lilligant, acabou que não deu em nada porque o seu parceiro teve a atenção roubada pelos vilões, daí ela precisou se atirar na frente de um ataque, visando salvar ele, para que finalmente fosse reconhecida. A gente não viu nem sequer Heracross fazer uma carinha triste, como se estivesse preocupado com ela machucada ou como se estivesse arrependido por tê-la trocado. Resultado, analisem bem a imagem ao lado: Pinsir toda acabada, ainda com a flor para imitar a Lilligant, mas novamente aceita por seu amado. 

Então, qual é a mensagem que o episódio passou? Para alguém que não consiga traçar um ponto de identificação com o acontecido, não teve grandes problemas. O mesmo não se pode dizer para uma garotinha que, vendo a Pinsir ficar mais bonita e se "sacrificar" para conquistar o "namorado" novamente, vai entender que é exatamente isso que precisará fazer se no futuro for traída, reforçando comportamentos e padrões por muito tempo exigidos das mulheres. "Se ela foi traída, a culpa é dela que não soube agradar o namorado". Foi exatamente isso que Pinsir fez no episódio, tentar agradar Heracross mais do que Lilligant.

Enfim, pleno sábado de manhã e eu aqui problematizando um casal entre dois Pokémon. De novo, eu sei que isso pode parecer irrelevante, mas tudo o que consumimos, se não houver um reflexão crítica, influencia nas formas como lidamos com as questões e rompem ou fortalecem ideias pré-estabelecidas de como nos comportar. Portanto, apesar de não ter visto uma Pinsir empoderada ao final desse episódio, fico mais do que satisfeito se as Pokéfãs (e os Pokéfãs também, porque homens também passam por isso) fizerem o contrário do que foi mostrado. Se é para mudar o visual, que seja porque vocês querem, não para agradar outra pessoa. Lembrem-se, vocês são incríveis e autossuficientes! ♥️


Agradeço demais pela atenção! Queria avisar que já assisti os dois primeiros episódios do especial do Arceus e estou ansioso para escrever sobre, mas só o farei quando saírem todos, em uma postagem única. Até lá, espero que gostem dos conteúdos que planejei para a próxima semana! 


Leiam Também:

Sobre Ersj
anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

86 comentários:

  1. Izabella Ramsdorf Derevetzki22/01/2022 11:02

    Gente, FOI EXATAMENTE o que eu pensei quando assisti! Esperei por uma história tocante de amor-próprio e me vieram com esse episódio extremamente insensível... O ponto positivo foi apenas a mensagem (extramente mal trabalhada) de que alguém pode se apaixonar por outras qualidades além de apenas beleza...

    ResponderExcluir
  2. Cara, eu ainda não assisti o EP, Mas quis ler o POST de Hoje, e cara...é exatamente o que eu pensaria.

    ResponderExcluir
  3. Era só o que faltava, problematização de um episódio simples de Pokémon!

    Você demonstra nem ao menos ter prestado atenção no episódio, só quis fazer essa crítica pra agradar patrulha ideológica.

    O Heracross é conhecido por se atrair por aromas dessa forma, a reação dele quando a Pinsir estava por perto nem foi mostrada.
    Você vai me dizer o que, que é traição também quando um pokémon usa atract em outro e funciona em batalha?

    Empoderamento? Ainda bem que Pokémon ainda não se rendeu a essa idéia chata e já batida nos roteiros atuais. Ela nunca demonstrou se interessar por batalhas ou flores (sim pelo Heracross), mas deveria simplesmente porque seria empoderamento né?

    Qual o problema se a Pinsir queria ficar melhor pra ele? Se ela achou que deveria ser mais?
    Aliás, o episódio passa uma mensagem que o Heracross nunca se importou com a aparência em si.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não assisti o episódio, Mas pensando seriamente em não assistir e evitar tristeza.

    ResponderExcluir
  5. Assista e tire suas próprias conclusões que o autor do texto tá querendo ver coisa onde não existe

    ResponderExcluir
  6. Bem eu assisti o episodio e não achei que foi passada uma mensagem ruim . Meu ponto de vista esta completamente mudado por uma situação . Eu não considero pinsir e heracross um casal , não do sentido literal da palavra , mas eu gostei de ver que você teve esse preocupação que fez respeito não so as mulheres mas a qualquer casal que possa passar por essa situação .
    Em geral a critica que eu faço ao episodio foi a propria liligant , que teve uma aparição DO NADA .
    ELES SIMPLESMENTE TACARAM UMA LILIGANT NA DEX DO GOH.
    E a leafeon que por mais que o foco do episodio tambem fosse das eeveelution enti falta do gloom , imagino que se a situação pudessem ser resolvido com flores , poderiam trazer devolta gloom porem evoluida agora como uma bellossom . Não achei forçado mas era um ponto

    ResponderExcluir
  7. ArcanineEX - Davi Nunes22/01/2022 14:31

    Oi, onde assisto os episódios do especial?

    ResponderExcluir
  8. Fico feliz por saber que mais alguém se frustrou com o rumo que o ep tomou. Poderia ter sido um desfecho tão incrível...
    E, verdade, teve esse ponto bom pelo menos. Mas, quem sabe em outros episódios eles trabalhem melhor essa questão? Acho que existem muitas outras formas de desenvolver melhor o amor não por aparência, sem que a Pinsir tivesse que se desgastar tanto.
    Muito obrigado por deixar a sua opinião!! ^-^

    ResponderExcluir
  9. Eu acho isso triste, sabe? Mas que bom que podemos refletir sobre e perceber o erro.
    Muito obrigado por ler o post e comentar!! ^-^

    ResponderExcluir
  10. Quanta besteira.

    ResponderExcluir
  11. Quanta besteira. HAHA!

    ResponderExcluir
  12. Daniel Moravia22/01/2022 17:00

    Mas isso é natural, o Japão é mais machista mesmo, eles ainda tem omuito o que aprender socialmente, mas vamos relevar, nós não chegamos nem perto do tempo de ditadura que eles passaram, nós passamos 20 e eles quase 200, é difícil se recuperar disso historicamente.

    ResponderExcluir
  13. Claro, mais evoluídos somos nós do ocidente mesmo só porque estamos nos dobrando em costumes por causa de ideologia política

    ResponderExcluir
  14. Seus comentários indicam o contrário...

    ResponderExcluir
  15. Gostou? :D

    Sou muito bem resolvido, eu não faço nada para agradar ninguém, faço porque eu tenho opiniões e o direito de compartilhá-las. Igual como você teve o direito de vir comentar a sua opinião aqui. Ou fez isso para agradar a patrulha conservadora? Rsrs

    Sim, isso eu sei. Desde a série original esse detalhe do Heracross é conhecido, por sinal. A questão é o paralelo como foi traçado, da quebra de relação. O próprio Goh falou que Heracross gostava de Lilligant romanticamente e como isso afetaria Pinsir. O cheiro é um fator que leva a atração, mas não muda o resultado. Além do mais, Heracross estava se exibindo para Lilligant desde antes de ser atingido pelo seu cheiro, basta rever o ep.

    Se para você empoderamento feminino é "uma ideia chata", você não poderia se importar com a mensagem errada do episódio. Afinal, isso não é relevante para você. Mas, saiba que o anime já trabalhou mensagens de empoderamento sim, com muitas das Pokégirls e mais recentemente com a própria Cloe e a Talia, sua mãe. Talvez não estejamos vendo o mesmo anime. Além do mais, o interesse por batalhas eu citei como uma alternativa para um final melhor, não disse que obrigatoriamente teria que ser isso, até porque existem diversas formas de uma pessoa (nesse caso, um Pokémon) se valorizar, trata-se de fazer o que o faz bem, independente do que seja. O gosto por batalhas era apenas uma opção, até porque "garotas femininas" também podem ser empoderadas, já fiz postagem defendendo a Serena, May e Dawn, inclusive.

    É, ele só precisa que alguém se jogue na frente dele e arrisque a própria vida para ganhar seu respeito. 🤭

    ResponderExcluir
  16. Eu recomendo que assista, é sempre bom ter a sua própria opinião sobre o que consome. :3

    ResponderExcluir
  17. É verdade, você tem a visão certa e todas as outras são erradas e coisas que não existem. Perdoe-me pela minha ignorância, grande sábio.

    ResponderExcluir
  18. Entendo o seu ponto. Não vejo da mesma forma, mas entendo e respeito. :)
    A questão da Lilligant não me incomodou muito, mas, nossa, eles realmente poderiam ter inserido o Gloom, evoluído ou não. Nem que fosse de fundo.

    E realmente seria muito legal se focassem na questão do breed em um ep. Tiraria muitas dúvidas, por sinal.
    Obrigado por deixar a sua opinião!! ^-^

    ResponderExcluir
  19. Assim que terminar de legendar, terá aqui no site. Basta aguardar. ^-^

    ResponderExcluir
  20. Se não tivesse quem comentasse isso para esses temas, o mundo seria perfeito. Equilíbrio é tudo. ⚖️

    ResponderExcluir
  21. Acho que não é bem assim, moço. Há eps atrás, com a mãe da Cloe, a Talia, eles passaram uma linda mensagem de autossuficiência. Não foi um erro do anime, foi mais esse ep mesmo.
    Mas, agradeço pelo comentário, é sempre interessante recorrermos à história para entender um pouco do presente. ^-^

    ResponderExcluir
  22. Não, não tenho a visão certa em tudo não.
    O único ponto que levantei aqui foi o específico da postagem.

    ResponderExcluir
  23. Que bom que é bem resolvido.

    Eu só fiz o comentário pra desagradar a patrulha ideológica mesmo, não importa o lado. Quero ver um desenho, não política (nesse caso).

    Em momento algum houve quebra por parte do Heracross, e o Go interpreta as coisas do jeito que quiser. Novamente, atract seria traição?

    Você interpretou como se exibindo, mas não quer dizer que é bem o que aconteceu.

    Não, o caso da mãe da Koharu não tem nada a ver com empoderamento, isso é interpretação ideológica. Aquilo falava sobre o que ela queria ser, pode se aplicar a qualquer um.
    Não estamos mesmo, assista um Steven universo e verá realmente essa idéia de empoderamento sendo jogada na sua cara. Em pokémon não, a mensagem é pra todos.

    E se o que faz bem pra Pinsir for o Heracross, e aí?

    Que bom que citou Serena, May e Dawn, porque essas nunca passaram essas mensagens políticas em seus desenvolvimentos.

    "É, ele só precisa que alguém se jogue na frente dele e arrisque a própria vida para ganhar seu respeito"

    Não. O anime propositalmente não mostrou a reação dele com ela arrumada porque obviamente seria ele demonstrando carinho. O episódio em momento algum mostra ele destratando ela ou coisa assim.
    Então não, não precisa de nada.

    Aliás, a mensagem é que ela não precisava realmente de nada pra agradar ele. Uma pena você ter interpretado errado.

    ResponderExcluir
  24. Uma mulher/fêmea se valorizar se resume à política, sua percepção sobre os direitos das mulheres só melhora.

    Ah, entendi, tanto Goh como eu interpretamos errado, você quem sabe a interpretação certa.

    Amigo, diga-me: você sabe o que é empoderamento? Porque eu estou tendo a leve impressão de que não, ou de que, pelo menos, a sua compreensão é bem distorcida. O que não seria uma surpresa, já que empoderamento feminino para você é "uma ideia chata". Mas, enfim, empoderamento não é ódio aos homens. A partir do momento em que a Cloe interpreta que a mãe só seguiu o sonho por causa do pai dela e ela diz que não, que seguiu porque ela queria seguir, isso já é empoderamento, porque ela tem consciência do poder de escolha dela, de que ela e mais ninguém escolhe o seu futuro. E, ainda por cima, vem dizer que em Pokémon não poder ter por a ideia ser para todos? Justamente por ser para todos que deveria ter, para que pessoas como você aprendam que uma mulher não se prender a um homem não é errado, muito menos uma mera questão política.

    Uma pessoa fazer bem para a outra é completamente normal, a questão é tudo o que Pinsir teve que fazer para ser reconhecida. Se você se desgasta física e mentalmente para se provar para alguém e ser reconhecido, essa não é uma relação saudável, talvez a pessoa só não perceba. E é justamente sobre isso.

    Ele não precisa destratar. Você realmente acha que, se estiver em uma relação com alguém, só por não destratar a sua namorada, dando em cima de outra, está tudo bem?

    Ela não precisava de nada, só que Lilligant estivesse distante o suficiente. Rsrs

    ResponderExcluir
  25. O desocupado aqui sou eu, deixa o Eru de fora, conversamos nós dois.

    ResponderExcluir
  26. Entendi, você SÓ tem a visão certa sobre o tema dessa postagem. Devo admitir que eu admiro a sua convicção, ela é surpreendente.

    ResponderExcluir
  27. Berserk Glauberoni22/01/2022 22:07

    Pior que nem foi Attract, era Sweet Scent.
    Gente, são pokémons. Esses comentários estão me assustando.

    ResponderExcluir
  28. Teobaldo Dias22/01/2022 22:10

    Dos criadores de "Go e Tokio realmente se beijaram?"

    ResponderExcluir
  29. Sim, estou bem convicto.
    Não adianta ficar ironizando.
    Você que fez a postagem e eu discordei com meus pontos. Rebata eles com argumentos.

    ResponderExcluir
  30. Teobaldo Dias22/01/2022 22:13

    https://c.disquscdn.com/uploads/users/32651/3933/avatar92.jpg?1619897471

    ResponderExcluir
  31. Fernanda Ribeiro22/01/2022 22:15

    Uma pergunta que não quer falar... Quando o Goh conseguiu um Hoothoot?

    ResponderExcluir
  32. Fernanda Ribeiro22/01/2022 22:16

    Uma pergunta que não quer calar... Quando o Goh conseguiu um Hoothoot?

    ResponderExcluir
  33. Não, mulher se valorizar não se resume a política, o que não quer dizer que certos grupos se utilizem disso. O tal empoderamento com gente como você problematizando coisa que não tem nada a ver tá aí pra provar.

    Sim, o Go achou que arrumando ela faria ela se dar bem com o Heracross, o que estava errado, já que ele não ligava pra isso.

    Empoderamento não é ódio a homens mesmo, só faz parte da mesma caixa ideológica de certos grupos.

    Amigo, a mensagem é pra todos. Só compare um Steven universo da vida com Pokémon.
    A idéia é que cada um pode escolher seu próprio futuro, a subtrama é o Eevee dela com sua condição especial relacionada a escolha.

    Ela só fez aquilo tudo porque quis, era o desejo dela. Você que tá dizendo que foi sofrimento. A relação não tem nada a ver porque literalmente o Heracross nem sabia o que tava acontecendo, como você pode afirmar que ele fez ela se provar? O episódio fala justamente o contrário, que ele gosta dela de qualquer forma.

    Só me responde se atract é traição ou não.

    ResponderExcluir
  34. Teobaldo Dias22/01/2022 22:41

    https://c.disquscdn.com/uploads/users/32651/3933/avatar92.jpg?1619897471

    ResponderExcluir
  35. Teobaldo Dias22/01/2022 22:45

    Acho que esse foi o episódio mais feminista de todos em Pokémon e os cara vem com essa. Esse pessoal nunca vai ficar contente com nada.

    ResponderExcluir
  36. Isso é feminismo, amigo? Tomara que as mulheres que visitam o site não leiam este seu comentário.

    ResponderExcluir
  37. Berserk Glauberoni22/01/2022 22:53

    Mas a Pinsir não foi traída, ela "perdeu" pra outra, antes de começar qualquer "relacionamento sério".
    Aliás ela nem perdeu nada, o Heracross apenas foi atraído pelo Sweet Scent da Lilligant.
    Pensando bem... são pokémons bicho, do que que a gente ta falando? kkk
    O episódio foi bom para um filler, aproveitou todos os três protagonistas: Koharu (questão do Leafeon), Ash (questão da continuidade/Erika) e Goh (questão de cuidar dos seus pokémon).

    ResponderExcluir
  38. Pandemilson22/01/2022 22:56

    Só tenho uma coisa a dizer Frescura da PORRA

    ResponderExcluir
  39. Jorge Wesley Damasceno22/01/2022 23:07

    Eu concordo com o ponto de que a mensagem de segurar o parceiro depois de uma traição dele não é algo bom pra se mostrar, mas eu não acho que tenha sido isso que aconteceu no episódio.

    No meu ponto de vista, não havia nada concreto entre os dois. Pinsir apenas era muito próxima do Heracross e queria muito formar um casal com ele, mas nem mesmo pareceu que em algum momento da história ela havia tomado a iniciativa, pela forma que o Heracross parecia sempre neutro a ela. Desde a captura do Heracross até o início do episódio ela sonhava que poderia conquistar o Heracross, mas a Lilligant passou na frente nessa competição, ainda mostrando que o Heracross não sestava mais do que apenas atraído pelo Sweet Scent. Então foi depois do ato heroico da Pinsir que o Heracross realmente se encantou por ela.

    Não sei se sou eu me recusando a acreditar, mas eu realmente não vi tanto disso na relação dos dois. Talvez eu deva rever os episódios desde o episódio 33 pra ter certeza.

    ResponderExcluir
  40. Teobaldo Dias22/01/2022 23:10

    Macho inútil e indefeso tendo que ser salvo por fêmea forte e valente, e em vez de ceder para o macho depois disso a diva ainda faz questão de mostrar nos últimos segundos quem é a parte dominante da relação. Se as recalcadas quiserem mais do que isso, melhor assistir passeata ativista ou algum filme B teen da Netflix.
    PINSIR RAINHA EMPODERADA, LACROU DE PINÇA

    ResponderExcluir
  41. Teobaldo Dias22/01/2022 23:12

    Fêmea alfa aparece e todos os machos presentes se prostram aos seus pés. Macho inútil e indefeso tendo que ser salvo por fêmea forte e valente, e em vez de ceder para o macho depois disso a diva ainda faz questão de mostrar nos últimos segundos quem é a parte dominante da relação. Se as recalcadas quiserem mais do que isso, melhor assistir passeata ativista ou algum filme B teen da Netflix.
    PINSIR RAINHA EMPODERADA, LACROU DE PINÇA

    ResponderExcluir
  42. Teobaldo Dias22/01/2022 23:33

    "Algo que eu gostaria de ver agora que eles são oficialmente um casal é o breed.
    seria daora que heracross e pinsir acabassem breedando e tendo um filho
    "

    Essa ideia não vai acabar bem...

    ResponderExcluir
  43. Arrasou! Militou! Selo #Kevin_ de aprovação!

    ResponderExcluir
  44. É engraçado que, naquela postagem, eu falei da teoria que estava rolando do beijo e que eu era CONTRA ELA, mas acho que você estava preocupado demais em reclamar, de tal forma que um ano se passou e ainda nem percebeu. Mais engraçado ainda é como você continua lendo as minhas postagens. Pelo visto, gosta mais delas do que dá a entender. Rsrs

    ResponderExcluir
  45. Eu fico sem acreditar em como um empoderamento de uma mulher pode incomodar tanto uma pessoa. "Ah, ideologia". Por que isso te incomoda tanto assim? Explica, por favor. Empoderamento masculino é algo normal, sempre aconteceu, mas aí trabalhar o feminino não pode por quê? O que tem de tão demais para isso não aparecer em um desenho infantil (e já apareceu várias vezes kkk).

    Usando seu próprio argumento, a gente nem viu a reação de Heracross com a Pinsir arrumada, como você sabe que ele não ligava? Ah, com base na sua opinião 100% certa sobre o tema de novo, né?

    Mais uma redução de algo extramente complexo.

    Adorei que a sua resposta para o meu apontamento da Talia foi tão boa que você nem citou ela para falar da própria questão que levantei.

    ELA CHOROU E FICOU TODA MACHUCADA, MAS NÃO SOFREU. Achei revolucionário. Parabéns, eu que inventei um sofrimento ali.

    Essa resposta é óbvia e eu já argumentei sobre. Se quiser, basta reveler o meu comentário sobre isso de novo mais em cima.

    ResponderExcluir
  46. " episódio foi bom para um filler, aproveitou todos os três protagonistas: Koharu (questão do Leafeon), Ash (questão da continuidade/Erika) e Goh (questão de cuidar dos seus pokémon)."
    Tá aí, realmente deu um foco nos três

    ResponderExcluir
  47. Usando Cathau como exemplo, ele disse que entendia de outra forma e tudo bem. O que você fez foi reclamar, ser desrespeitoso e diminuir questões importantíssima para mulheres. E, com todo respeito, seus argumentos são ruins, não tem como eu não ironizar. Você transforma opiniões suas em fatos e isso é um crime para qualquer bom argumentador. Saiba discordar sem hostilidade que, independente da sua opinião, você terá a minha seriedade, não a ironia.

    ResponderExcluir
  48. Não tô falando do que a Lilligant usou, eu tô fazendo tipo uma comparação.
    Se por exemplo dois pokémons estivessem em um relacionamento e um desses batalha com um terceiro que usa atract em batalha e funciona, seria traição? Pela lógica do rapaz sim.

    ResponderExcluir
  49. Eu neguei isso, amigo. Mas pode continuar dizendo que afirmei, assim seu argumento parece fazer mais sentido. ;)

    ResponderExcluir
  50. Bem, se você acha, tudo bem. Na minha opinião, ele chega a ser ofensivo para o feminismo. 😂

    ResponderExcluir
  51. KKKKKKKKKKKKKK Só Arceus sabe.

    ResponderExcluir
  52. Um dos papéis do anime é humanizar as relações entre Pokémon-Pokémon, Pokémon-Treinador. Não atacando você, não pense isso, mas achei muito interessante como um dos maiores argumentos aqui e nas divulgações do post foi que Pokémon (animais) não tem empoderamento ou autossuficiência, por exemplo, por serem coisas de humanos. Engraçado que na hora de falar - por exemplo - sobre bullying entre Pokémon, ninguém reclama, porque teoricamente animais não fazem. A partir do momento que o tema é incômodo, as pessoas preferem dizer convenientimente que ele não existe ou não se encaixa.
    E eu estou escrevendo isso para você por ser alguém que eu simpatizo aqui no site. Eu sei que são Pokémon, mas na hora de outros temas também eram, então, sejamos justos. Ninguém é obrigado a concordar, mas será que um Pokémon fêmea desistir de lutar por um macho é tão problemático a ponto de as pessoas ficarem revoltadas com a minha opinião? Eu não vejo isso como um problema, mas se para alguns é um absurdo...

    ResponderExcluir
  53. Só para avisar, vou excluir seu comentário apenas por conta do palavrão. Ser xingado eu até aceito, mas, via de regra, não tolero palavrões nas minhas postagens, quando são usados de forma ofensiva. :)

    ResponderExcluir
  54. Me incomoda porque eu quero assistir meu desenho em paz sem essa politicagem chata em tudo. Problematizando coisa que nem existe. Por sorte o anime não força essas coisas e passou uma mensagem bem simples e inocente no episódio.

    Empoderamento masculino?????


    Eu sei que ele gostou dela da forma que estava, por que ele não gostaria dela arrumada? Você que tem que me explicar essa teoria nova aí.

    Que redução?

    Talia? A mãe da Koharu? Eu não falei porque ela nnão é o detalhe mais importante do episódio, sim a mensagem sobre escolhas e o Eevee.

    Eu me refiro a parte das flores quando falo sobre não ter sofrido.
    Sim, inventou que ela tava sofrendo tentando agradar o amor.

    Por favor, se é tão óbvio responde objetivamente

    ResponderExcluir
  55. Leigh Sullivan 💘23/01/2022 01:03

    wаnna x?? https://bit.ly/33ebNVL

    ResponderExcluir
  56. Eu entendo. A minha interpretação, até por conta das cenas em que eles apareciam de fundo juntos no Laboratório Sakuragi, era de que eles eram um casal. Se não interpretarmos eles como um, a situação realmente já seria bem diferente.

    Agradeço pelo seu comentário! ^-^

    ResponderExcluir
  57. Reclamo sim, vocês do site merecem esse tipo de feedback quando ficam tocando nesses temas sem pé nem cabeça. Se ninguém falar nada vocês vão achar que tá tudo bem e daqui uns dias aqui vira um legião dos heróis da vida (e sim, vocês têm o direito de fazer isso, apesar de ser uma pena).

    Você tá só repetindo o mesmo discurso batido da militância que se vê em qualquer canto da internet.
    Sim, uma mulher hipotética não poderia se dedicar por um pretendente (que gosta dela independente de aparência) porque ela deveria era abandonar o homem e fazer coisas diferentes da vontade dela (que seria estar com o homem).


    Me diz aí onde são ruins.

    A ironia parece mais uma tentativa de sair por cima.

    Eu não transformo nada, se acha que é mentira, diga o porquê.

    ResponderExcluir
  58. PORQUE UMA MULHER INDEPENDENTE TIRA SUA PAZ?
    O empoderamento feminino não deixaria vocês assistir o desenho em paz? Palavras suas.Kkkkkkkkk Mds, chega a ser absurdo.

    Teoricamente. Óbvio que não tem esse termo, nem faz sentido ter, porque homens sempre foram respondáveis por suas próprias escolhas. Eu quis dizer em nível de comparação, mas eu percebi que não entendeu e nem acho que vá se eu continuar explicando.

    Seus argumentos sempre voltam para o início do debate. São repetitivos... Desculpa, mas eu não vou ficar repetindo as coisas.

    Tá vendo? Você nem sequer enxerga. Essa nossa conversa não vai dar em lugar nenhum, porque você não vê o problema que eu tratei como um problema, independe de qualquer episódio. Falo de forma geral. E, tudo bem, eu já entendi isso, só acho que continuar a explicar a você, sem que de fato queira entender, apenas vai me desgastar.

    Você me disse que Talia não foi empoderada, eu expliquei porque foi, daí desde então você não quer falar mais dela. Kkkk "Foco no Eevee".

    Você acha que ela queria ser igual a Lilligant por quê, então?

    NÃO! Inclusive, retomando o que eu disse lá no início, alterando a frase de Maquiavel, os meios não justificam o fim.

    ResponderExcluir
  59. Primeiro, e agora eu não estou falando sem qualquer ironia, porque você pegou na minha ferida; "vocês do site" não. O meu nome é Ersj, quatro letras, muito simples de decorar, por sinal. Não julgue os meus amigos por opiniões minhas. Se quiser criticar alguém, que seja a mim, não envolva o site inteiro nisso.

    "Militância, militância". Militar é lutar por direito de minorias. Se para você isso é um problema, isso diz muito mais sobre o seu caráter do que sobre qualquer outra coisa. Tem gente que é extremista, que faz isso para agradar o povo, mas existem as pessoas que se empenham de verdade para ajudar as outras e apenas para isso. Não reduza uma causa que muda a vida de milhares de pessoas porque para você ela não é importante, tenha empatia. Se eu sou irônico é porque não gosto de ser desrespeitoso como você, é a minha forma de lidar com a situação.

    Se acha tão ruim é só para de ler. Novamente, não falo do site, falo sobre as minhas análises. Eu sou o único que faço análises sobre o anime aqui, de resto é notícia ou a postagem dos episódios, não é difícil saber o que é conteúdo meu. Se lê é porque quer. Mas, eu garanto a você que eu JAMAIS deixarei de falar sobre questões que acho importantes por conta de comentários feito o seu. Eu não tenho medo de ser criticado, muito menos de romper com o habitual porque pessoas como você vão ficar incomodadas. Esse sou eu e, se você quiser continuar a acompanhar minhas postagens, ótimo, será sempre bem-vindo, mas se for para ser desrespeitoso e passar raiva com o meu conteúdo, faça um favor a si mesmo e deixe de consumi-lo. Você não é obrigado a gostar e eu respeito isso, mas eu também não sou obrigado a mudar o que posto porque você acha que "não está tudo bem". Como um bom apreciador de Rock nacional, e já que gosta de objetividade, irei parafrasear um parte de uma das músicas da Pitty: "não peço que concorde, não impeça que eu fale, entendo que discorde, não espere que eu me cale". Então, se não ficou claro o suficiente, você não precisa concordar, é direito seu, mas não queira que eu deixe de expor minha crítica também, capiche?

    ResponderExcluir
  60. Leigh Sullivan 💘23/01/2022 02:05

    Wаtсh mу webcаm mаsturbаtion https://bit.ly/33ebNVL

    ResponderExcluir
  61. Carlos Eduardo Souza Monteiro23/01/2022 02:11

    Foi capturado em off para adiantar o roteiro, mas provavelmente foi em Johto mesmo.

    ResponderExcluir
  62. Fernanda Ribeiro23/01/2022 05:24

    Kkkkkkk Pokémon as vezes é insano.

    ResponderExcluir
  63. Você tá aqui representando o site ou não? Essa aqui é uma postagem vinculada ao site ou não?

    Qual direito você acha que tá faltando aqui então? Qual a desigualdade aqui? Porque eu tô afirmando que a mensagem é pra todos e você quer porque quer levantar bandeira de empoderamento feminino.
    Com certeza essas pautas identitárias mudam a vida de algumas pessoas por aí, elas se tornam umas abobadas que vêem política em tudo, até num simples desenho. De resto, realmente não sei como dizer que homem é privilegiado ajuda na situação de ninguém (eu realmente não vejo vocês falando de países em que mulheres são de fato tratadas como objetos, só falam daqui do ocidente e dos privilégios que elas deveriam ter).

    Desde que você responda meus argumentos, pode ser irônico ou desrespeitoso o quanto quiser.

    Isso é uma pena pro site então, esse tipo de coisa só afasta quem quer assistir o anime sem essas questões.

    Não vou acompanhar não, foi a primeira e última. Se eu quisesse ver esse tipo de análise lacradora em toda forma de entretenimento, ia pra um legião dos heróis da vida.

    Não é obrigado mesmo, assim como muitos como eu não são obrigados a vir aqui ficar vendo besteira ideológica

    ResponderExcluir
  64. Almirio Silva Neto23/01/2022 10:10

    Cara, não sei se assisti ao mesmo episódio que o seu, primeiro, não teve traição, o Heracross foi amigavelmente entregar a berry que caiu da mão da Lilligant, ela agradeceu ao agradecer liberou espórios que deixa os pokemon atraídos por ela. Quando a Pinsir viu ele entregando a Berry para a Lili ela que tirou impressões precipitadas. E daí em diante que começou os mal entedidos. Depois o Heracross ficou mais próximo da Liligant mas em nenhum momento foi retratado como namoro ou algo do tipo, ele estava sendo amigável. E a Pinsir espionando eles por conta da insegurança dela.

    Não foi um episódio ruim, e mostrar a Pinsir de outras formas foi bem interessante para dar personalidade ao Pokemon.

    ResponderExcluir
  65. Não tira minha paz, wtf?

    Não deixaria se fosse o "empoderamento", essa idéia política e chata que se vê em desenhos como Steven universo. Liberdade de escolhas é uma coisa diferente e foi o que anime abordou.

    Como você pode afirmar que sempre foram em qualquer hipótese? E na nossa sociedade ocidental atual, me diz onde as mulheres não tem essa liberdade.

    Explica aí, ora.

    Claro que voltam, meu ponto não mudou. Não sou que nem você que não rebate a maioria dos meus pontos e já vem colocando outro em cima ("ain você é contra a mulher ter independência"). Se eu repito é porque você não rebateu.

    Claro que não vejo como problema, porque de fato não é.
    Você tá procurando coisa onde não existe.
    Me explica aí pra eu te entender.

    O episódio não tem nada a ver com empoderamento, sim sobre escolhas. A mãe da Koharu mostrou que fez uma escolha. Se tudo que uma mulher fazer é empoderamento, então nada é.
    Ou então vamos dizer que as mulheres dormem empoderadas, comem empoderadas, caminham empoderadas, fazem xixi empoderadas.
    Foco no Eevee sim, o foco do episódio era nas escolhas.

    Porque estava insegura, mas não que tenha sofrido na parte das flores.

    Se não é, então porque o Heracross ser atraído pelo aroma é traição?

    ResponderExcluir
  66. Elena Cox 💗23/01/2022 10:28

    My nudе рics here https://bit.ly/33ebNVL

    ResponderExcluir
  67. Eu só preciso repetir suas próprias palavras contra você. "Por que o empoderamento feminino te incomoda tanto assim?", "Porque eu quero assistir o meu desenho em paz?", "Por que uma mulher independente tira a sua paz?", "não tira a minha paz". Tá vendo? É por isso que não dá para conversar com você, você fica se enrolando e se contradizendo.

    Outra coisa, você diferiu empoderamento de liberdade de escolha, sendo que ele serve justamente para que as mulheres tenham mais escolhas, e ainda veio com "onde as mulheres não tem essa liberdade?". Poxa, é tão triste que você pense assim. De verdade. Eu espero que, com o tempo, você possa notar que essa liberdade que você tanto fala não é tão realística assim, porque mulheres diariamente são julgadas quando não seguem o caminho que definem para elas.

    Eu uso seus próprios comentários contra você e você fica fugindo deles. Kkk

    "De fato não é". Tá vendo? Eu vou ficar me explicando para você por quê, aqui? Eu só sinto muito por essa visão que você tem das mulheres. Porque nós, homens, ainda que não passemos pelo que elas passam, podemos nos colocar no lugar e entender como é frustrante, mas, tudo bem, para você não é problema.

    As suas últimas constatações foram tão sem criatividade que eu não vou nem responder. Já disse o que é empoderamento e porque a Talia foi, "porque estava insegura, mas não sofreu" nem vou me dar o trabalho de comentar isso e, de novo, você voltou com o ponto óbvio da traição. E quem não sabe argumentar sou eu...

    Vamos fazer o seguinte, porque eu estou no meu dia de e folga e numa aura muito good vibes hoje. Você continua com a sua opinião sobre empoderamento ser algo que não existe e nem deve existir no anime, que mulheres no ocidente tem liberdade e todas essas coisas que eu acho absurdas, e eu continuo com o meu, que é ideologia política, militância e tudo mais do que você quiser chamar e também achar absurdo. 👍🏽

    ResponderExcluir
  68. Como eu disse que estava encerrando a discussão no meu último comentário, vou ser coerente e não vou responder tópico por tópico desse seu. Mas essa sua resposta em específica foi a pior de todas que você deu até agora, chega a dar nojo a sua percepção sobre a luta pela igualdade feminina, e olha que eu não sou nenhum expert, sou leigo. Eu espero, de coração, que você possa mudar muito, e que, para não ser prepotente, que eu também. E, talvez, no futuro, a gente se esbarre em outra postagem, talvez em outro site, e possamos ter um diálogo mais saudável, sem ser "desrespeitoso o quanto quiser", até porque somos racionais.

    Mas, é isso, moço. Tenha um ótimo começo de semana!

    ResponderExcluir
  69. Tudo bem, eu entendo o seu ponto. Eu só acho que o Heracross ficar com corações nos olhos (efeito clássico para paixão nos animes, ainda mais por ele ter sido o único que ficou assim dos atingidos pela essência dela), o Goh ter notado como eles (Heracross e Lilligant) se gostavam mais do que simples amigos e até mesmo o ponto de virada do ep, mostrando como ele ficou impressionado pelo ato da Pinsir e aceitando o carinho dela; apontam o contrário. O próprio narrador disse no final do episódio que ainda vão ter turbulências nesse casal, o que pode indicar que aparecerão outros Pokémon em eps futuros, talvez até a Pinsir se apaixone por outro. Vai saber. Kkkkk

    Mas, bem, eu entendo que você tenha visto por outra ótica e fico feliz que tenha gostado do ep. Agradeço pelo comentário! ^-^

    ResponderExcluir
  70. isso aí, pinsir diva não precisa de macho pra nada. nota zero pra esse heracross sem coração

    ResponderExcluir
  71. Pois é. Kkk
    Moça, você me seguiu pelo Disqus, e eu ia seguir de volta, como sempre faço com os que me seguem, mas não consigo. Diz que sua conta é privada e não permite. Só para justificar porque não segui de volta mesmo. 😅

    ResponderExcluir
  72. Isso é ironia? Já teve tanta gente ironizando aqui que eu nem sei mais. Rsrs

    ResponderExcluir
  73. os corações nos olhos só ativam quando ela solta esporos por ta feliz.
    quando o Heracroos faz as gentilezas pra Lilligant ele não ta "apaixonado". e a Lilligant não solta os esporos de maneira proposital e pensada. ela solta sem querer quando ta feliz. Logo Lilligant não ta sendo fura olho e nem Heracroos traindo. hahahahaa

    ResponderExcluir
  74. Brunno Quaresma23/01/2022 17:37

    Lendo os comentários aqui, vejo que boa parte das divergências de opinião se dá pela "falta de explicação concreta" do anime... por serem Pokémon, fica tudo muito na interpretação... e quando isso ocorre, é natural cada espectador ter sua própria interpretação divergente...

    mas entendo seu ponto no texto e achei bem respeitosa e humilde forma que abordou no texto e também como tá lidando com as opiniões diferentes.

    eu poderia até dar minha visão das coisas aqui também, mas vi que não levaria a nada, já que a maior questão é justamente essa que iniciei... fica tudo meio "solto" por parte do roteiro, etc.

    talvez o que posso dizer é que acho interessante e válida sua visão e opinião, mas acho que muito disso vem daquela visão cultural nipônica/oriental...
    enfim, parabéns pelo post !!

    ResponderExcluir
  75. Eu nunca nem cogitei que Lilligant fez isso propositalmente, muito menos que queria furar o olho de Pinsir, ela nem a conheceu, na verdade. Kkk Já o Heracross, eu ainda acho. Como disse, a própria sinopse oficial fala sobre Pinsir precisar reconquistá-lo. Ele foi pego pelos esporos, viu o efeito, mas continuou a ficar perto dela antes de ser pego já em uma outra situação. Quando você não gosta de algo, vai lá e faz de novo, sabe? Mas, bem, você vê da forma que preferir. :3

    E isso não é ironia. Kkk Como fui irônico em outros comentários, acho que é importante avisar.

    ResponderExcluir
  76. Nossa, eu agradeço pelas palavras. Fico feliz de ter passado essa impressão, pelo menos para você... Eu acho que o fato de eu não ter citado a parte biológica, acabou fazendo com que muitos interpretassem que eu a desconsiderei, mas é só porque eu acho que ela não muda o resultado da parte "social". É como uma substância do corpo feminino humano que atrai homens (sim, isso existe), isso justificaria um homem comprometido se relacionar com uma mulher que utilizasse isso, entende? Mas, enfim, não importa. Minha questão não foi nem se Heracross fez o certo ou não, foi mais a Pinsir passar o ep todo fazendo aquilo pelo Heracross, ao invés de procurar fazer algo por ela mesma.

    Bem, se quiser deixar a sua opinião, ela é muito bem-vinda. Contanto que seja de forma respeitosa, independente do quão divergente ela for da minha, será ótimo de lê-la, assim posso somar mais interpretações. ^-^

    ResponderExcluir
  77. O mais coerente é você responder todos os pontos que eu levantei.

    Você tem nojo? Não poderia me importar menos, ainda mais se for um justiceiro social problematizando um episódio simples que fala sobre como uma pessoa aceita a outra da forma que ela é.

    Você pode sentir nojo o quanto quiser, desde que me diga onde eu tô errado na percepção.

    Com certeza jamais mudarei pro lado da lacrosfera.

    Eu só disse que desde que seja racional argumentando, pode me desrespeitar a vontade.

    ResponderExcluir
  78. Só você viu contradição em eu dizer que não quero ver essa forcação política de empoderamento no desenho e ao mesmo tempo dizer que não me incomoda mulher ser independente, claro que não incomoda, uma coisa é política e a outra é liberdade.

    Não, o nome disso é liberdade e ela é valida pra todos. Você que quer segregar com essa palavra.

    Não só mulheres são julgadas quando não seguem o caminho definido por outros, ou são?

    Me diz aí um exemplo de como eu fugi.

    E muitas mulheres não passam pelo que eu passo, qual é o ponto aqui? Quem sofre mais nesse mundo? Larga esses coletivismos, pessoas são indivíduos, não grupos.

    Responde pow, pra eu ver se é sem criatividade mesmo.

    Me diz qual era o tema do episódio da mãe da Koharu. Se não era sobre escolhas.

    Não sofreu na parte das flores.
    E sim, insegurança é sofrimento, mas você queria o quê, que ela nunca sentisse isso?

    Você não respondeu o ponto óbvio da traição

    As mulheres no ocidente tem liberdade ou não?

    ResponderExcluir
  79. Pandemilson23/01/2022 19:53

    kkkk palavrão isso só mostra um quando fraco voçê é mentalmente não gosta de ver opinião ao contraria da sua e apaga kkkkk

    ResponderExcluir
  80. Brunno Quaresma23/01/2022 20:05

    Legal.
    ah eu entendo sua visão.
    e também fico contente que curtiu o que eu disse.
    Acho que um dos grandes problemas do mundo hoje é isso... essa falta de aceitar também a visão do outro, mesmo discordando. E saber conversar sem tentar convencer o outro de algo diferente.
    No mundo de hoje não tem troca, ninguém sabe ouvir, só falar. E em conversas e discussões respeitosas assim, as pessoas se ouvem, rola a troca de informações, e assim pode até naturalmente levar a uma visão totalmente nova por parte de todos.
    Mas enfim...
    Acho que vai ficar um pouco grande também... já peço desculpas... mas vamos lá....


    bom, na minha visão foi mais ou menos o seguinte...
    Pinsir e Heracross estavam tendo algo sim, se gostando e tals.
    A Lilligant chegou, foi apresentada aos outros pokémon, e eles ficavam calmos e encantados com o Sweet Scent... mas sabemos que o Heracross é um pokémon que adora essas coisas de pólen de flores etc (tanto que o do Ash ficava sugando o bulbo do Bulbasaur kkk) então ele acabou sendo mais afetado pelo Sweet Scent...
    mas na minha visao ele nao esqueceu necessariamente a Pinsir, só tava biologicamente encantado pelo aroma etc
    o Goh viu a Pinsir deprimida e não entendeu, mas depois entendeu ao ver o Heracross com a Lilligant. O Ash até comenta algo dos dois ali já se dando bem e ele fala "Não é bem por aí, parece mais que ELE está ATRAÍDO por ela" e complementa "Heracross gosta do cheiro doce das flores" como uma forma de explicar que é uma atração química/biológica. E aí ele já entende que a Pinsir deve estar deprimida por isso, achando que a Lilligant roubou seu amado Heracross e o Ash "Quê?!", tipo, dando a entender que tá sendo só um grande mau entendido. Ele quer fazer algo pra ajudar nesse mau entendido, mas não sabe o quê.
    Aí pra reverter isso, ele vê a Oficina da Erika como uma oportunidade, já que a Pinsir conseguiria utilizar bem as flores a seu favor pra retomar a atenção do Heracross, não era culpa de ninguém, pois era uma situação química, não dava pra controlar, mas essa foi uma maneira que o Goh viu de possibilitar o Heracross retomar a atenção dele na Pinsir.
    Pois o Heracross e a Pinsir ainda se gostavam, mas essa questão química tava atrapalhando.

    Achei legal o final pois devido ao seu amor pelo Heracross, ela que era medrosa e frágil, criou uma grande coragem e força para protegê-lo e salvá-lo. E isso poderia ter acontecido em qualquer situação de perigo ao Heracross. Nesse caso, arruinou os planos de tentar atraí-lo quimicamente usando flores, mas talvez possa ter criado um laço muito mais forte, pois um momento como esse de alguém que te ama de protegendo e te salvando pode ser muito mais marcante que qualquer química e isso pode acabar fazendo ele voltar a ficar "grudado" com ela e tals...
    E ainda acho que ele realmente nunca deixou de gostar dela.

    Entendo a questão da expressão no rosto dele no final, mas acho que foi só pra não nos confundirmos com ele ter ficado triste por ela ter protegido ele, etc.
    Acho que foi pra deixar claro que ele estava agradecido e feliz por ter alguém que o ama tanto.
    E como disse, entendo sua visão, pois pode levar a essas interpretações mesmo, do que aquilo pode representar pra uma criança que assiste.
    Apesar de nós adultos sabermos que é diferente a biologia e o comportamento dos "animais" e dos humanos... pra uma criança pode não ser claro.
    Então são realmente assuntos complicados de se tratar...

    ResponderExcluir
  81. Tão fraco que o único comentário que apaguei foi o seu, que não tinha nem duas linhas, enquanto outros enormes contrariando estão aí. Adorei sua percepção. 🤭

    ResponderExcluir
  82. Racionalidade e desrespeito não combinam em uma mesma frase. Mas, enfim, como disse, não vale a pena conversar continuar essa discussão, já disse o erro várias vezes e continua a perguntar qual é. Estou certo de que você não tem nenhum raciocínio lento. Mas, enfim, aproveita o seu domingo, pode até fazer uma tese sobre essa lacrosfera aí, só fica tranquilo e esquece o meu post. Kkk

    ResponderExcluir
  83. Tá ótimo, continua pensando assim. Eu tenho outras ocupações além do site, não está dando para ficar debatendo aqui, ainda mais ficar voltando na mesma tecla e ensinando a mesma coisa. Seja feliz com a sua percepção de mulheres livres no ocidente. 😊👋🏽

    ResponderExcluir
  84. Antes de tudo, não precisava se desculpar pelo tamanho, eu amo comentários grandes. Sempre foi um gosto que tive, desde quando comecei a escrever na internet pelo Spirit. 😂 E eu sempre curto os comentários, exceto se forem desrespeitosos comigo, com outra pessoa que comentou ou algo muito pesado direcionado a algum personagem.

    Eu entendi sim. Outro moço tinha colocado que via mais pelo lado biológico, o que tornava tudo diferente. Eu ainda vejo mais pelo social, até pela sinopse oficial que fala como a Pinsir precisaria reconquistar Heracross, o que implica que ele deixou de sentir algo por ela. Mas, claro, se interpretarmos tudo por essa questão química, a situação muda bastante. Acho que eu tenho uma dificuldade maior em me privar a uma visão puramente científica por conta de ser uma pessoa muito do sentimento, principalmente por conta do anime. Eu não costumo ser objetivo, como geralmente os fãs dos jogos são, "animalizar" os Pokémon. Óbvio que eu sei que os Pokémon não são humanos kkk, mas o anime humaniza muito eles e as relações que eles controem entre si. Caso contrário, eu não seria tão afeiçoado a Pokémon, imagino. Mas, obrigado por compartilhar a sua opinião e a sua impressão sobre o episódio. ^-^

    ResponderExcluir
  85. Online Casino No Deposit 2021
    The best online casino baoji titanium no deposit bonus aprcasino.com codes in the UK. 온카지노 커뮤니티 Play slots, table games, live games & more 카지노 and get 바카라 10 free spins!

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar