logo

Pokémothim

Teoria - Pocket Monsters: Próximos Locais Visitados! (Unova)


Olá, Thunders!

Entrando na segunda metade das oito regiões até então existentes no mundo Pokémon, é hora de apresentar os locais dos jogos de Unova que ainda não foram visitados por Ash!


O único lugar que, se adicionado algo de novo nele, seria interessante ser mostrado em Accumula é a Praça da Cidade, na qual a Equipe Plasma faz o seu primeiro discurso nos jogos. Em Striaton, a Academia Pokémon, escola local, não foi apresentada, assim como o seu belo Jardim. E na cidade de Nacrene, restou o Armazém Café, restaurante conhecido, e o Estúdio de Loblolly, onde um homem faz interações que dizem respeito ao Mundo dos Sonhos, jogo online que se conecta aos da quinta geração.

Como maior cidade de Unova, muitos lugares em Castelia não puderam ser vistos por Ash em sua rápida visita: a Sede da Analytics para Transeuntes, centro de pesquisa do qual o jogador pode participar e ganhar recompensas; a Companhia de Batalha, a qual pesquisa e desenvolve itens de batalha; a Sede da Game Freak, na qual fica os desenvolvedores da empresa e se pode conseguir um Zorua se tiver um Celebi na equipe; o Estúdio Castelia, pequena galeria que exibe pinturas de artistas locais; o Casteliacone, que o protagonista até visitou, mas estava fechado, podendo finalmente provar o famoso sorvete; o Café Sonata, pequeno café onde os treinadores relaxam e escutam um moço tocar violão; o Escritório de Medalhas, antigo esconderijo da Equipe Plasma; o Parque de Castelia, origem da cidade; e a Universidade de Castelia

Ainda em Castelia existe o Cais do Oceano, que é divido em 5: o Cais da Liberdade, que leva ao Jardim da Liberdade, por meio de uma balsa, onde se pode achar e capturar Victini; o Cais da Unidade, responsável por dar acesso à Torre da Unidade, arranha-céu com 130 andares, cada um representando um país reconhecido pela Geonet; o Cais Prime, no qual atraca o navio voador Fragata Plasma e o barco do Pop Roxie, pai da líder Roxie; a Doca do Cruzeiro, exclusivo para a balsa Real Unova, que permite o jogador navegar pela região e participar de diversas batalhas; e o Cais Polegar, onde fica a entrada para o esgoto de Castelia e se pode conseguir uma Pedra de Evolução.

O Instituto de Batalha, assim como o de Hoenn, não foi exibido, sendo um local em Nimbasa onde o treinador pode participar de 5 batalhas consecutivas simples ou em dupla. Em Anville, não existe nada de muito interessante, tanto que a cidade mal foi mostrada no anime, sendo o mais chamativo a Plataforma Giratória, na qual as locomotivas podem ser explicadas. Ash até a viu, mas não em funcionamento.

Em Driftveil, o que mais fez falta foi o Cofre da Equipe Plasma, que serve como um santuário para ex-membros, e o Torneio Mundial Pokémon, que no anime só teve a sua versão "Copa Junior" mostrada, da qual os heróis participaram, mas na série Pokémon Jornadas foi revelado que o último vencedor da competição dos jogos foi Lance. Vale destacar que esse torneio só existe em Pokémon Black 2 & White 2, jogos lançados depois que Ash já havia passado pela cidade, por isso foi criada uma versão menor desse evento em um outro local.

Existe outro Fã Clube Pokémon deixado de fora, dessa vez o da cidade Icirrus. Também nela, seria interessante mostrar o casal de ex-membros da Equipe Magma e Equipe Aqua. Já em Opelucid, faltou ser retratada a Casa de Batalha, porém, como ela é fechada na versão 2 dos jogos de Unova, pode existir essa explicação. Apesar de ser o ponto mais famoso da cidade, o Mirante não foi visitado pelos protagonistas durante a visita a Aspertia. O mesmo ocorreu com Floccesy, não tendo a Casa do Alder e a Torre do Relógio Antigo retratadas. Por fim, a cidade de Lentimas, que nem se quer foi mostrada na animação, provavelmente por a Pista de Avião ser o seu único ponto interessante.

Ambas as Estradas da Vitória da região foram cortadas do anime, inclusive é na primeira que fica a Câmara dos Desafios, lar de Terrakion. Tampouco a Liga Pokémon foi realizada no mesmo lugar, podendo esse ser mostrado como local da Elite 4 na atual série. Ainda vale destacar que o Castelo de N somente foi visto em flashbacks, portanto, Ash não chegou a conhecê-lo, igualmente à Caverna da Fonte, apenas visitada pela Equipe Rocket.

A primeira ponte a não ser mostrada no anime foi a Ponte Tubeline, que liga as Rotas 8 e 9 e fica sobre alguns trilhos, podendo serem vistos alguns trens simples passando. A segunda foi a Vila da Ponte, responsável por conectar as Rotas 11 e 12, próxima ao Restaurante da Vila da Ponte e das Quadras de Esporte. Por fim, a Ponte Marvelous, única por ter elevadores que fazem o papel de conectar as Rotas 15 e 16 a ela, também sendo o local do mini-jogo Patrat Show e da captura de Cresselia se tiver a Asa Lunar. Nisso, também tem o não mostrado Tubo Marinho que interliga Undella e Humilau por baixo da Baía Undella.

O Castelo Relíquia, localizado no Resort do Deserto, teria um papel importante em uma sequência de dois episódios que foi adiada e até então não exibida. Nele se pode achar muitos itens valiosos, como fósseis, e até o poderoso Pokémon Volcarona. Da mesma forma, também foi cortada a Passagem da Relíquia, uma das possíveis saídas do castelo. Existe ainda o caso da Torre Dragão Espiral e do Laboratório P2, que foram vistos por Ash apenas externamente, podendo agora serem explorados internamente.

Para o Goh seria interessante irem à Caverna à Beira-Mar, na qual vive um Crustle que pode ser capturado, e no Laboratório de Pesquisa de Estação, que tem ligação com as formas de Deerling e Sawsbuck. Por outro lado, para Ash, visitar a Floresta Branca e a Cidade Negra seria incrível, pois a primeira guarda a Árvore Oca Branca e a segunda a Torre Negra, instalações de treinamento divididas em dez áreas com diferentes treinadores em cada e um sequencial aumento da dificuldade das batalhas, precisando derrotar um treinador chefe para passar de fase. E seria divertido ver os dois  protagonistas no Join Avenue, edifício que é designado ao jogador para desenvolver toda uma avenida ao seu gosto.

Ambientes interessantes a também serem exibidos são: a Reserva Natural conhecida como "Preserve a Natureza", floresta onde se pode achar Magikarp e Gyarados no nível máximo; o Mouro de Icirrus, área em que Keldeo aprende o golpe "Espada Sagrada", que o permite mudar de forma, mas isso também pode acontecer na pequena floresta chamada Bosque do Juramento; a Caverna do Desafiador, na qual treinadores se fortificam e há uma lenda de um Pokémon Lendário até então não conhecido; a Floresta Perdida, morada de um Zoroark fêmea que causa ilusões e finge ser uma mulher para proteger o seu lar; e o Laboratório Poké Transferência para o mini-jogo Poké Transferência, que teria que ser adaptado para o anime, pois serve para pegar Pokémon transferidos das gerações anteriores.

Alguns outros cantos ausentados foram: o Entralink, clareira localizada no centro de Unova que guarda a Floresta Entree, a qual fornece inúmeras missões e permite a captura de Pokémon do Mundo dos Sonhos; o Túnel de Argila, que esconde dezenas de itens raros e conecta rapidamente variados locais, além de dar acesso às Ruínas Subterrâneas, responsáveis por esconderem Regirock, Regice e Registeel respectivamente na Câmara do Pico de Pedra, Câmara do Iceberg e Câmara de Ferro; e a Caverna Mistralton, onde fica a Sala do Ensinamento, lar do Lendário Cobalion.

Ainda sobre Lendários e Míticos, o Abismo Gigante, cratera de impacto de Kyurem, não foi mostrado, tanto que o Pokémon não participou de nenhum episódio; a Montanha Reversão revela Heatran, caso um treinador tenha a Pedra Magma, e tem a Casa Estranha na sua base, na qual se ganha a Asa Lunar se o jogador conseguir passar por todas as salas; e a Caverna do Ser é onde é feita a primeira aparição de Uxie, Mesprit e Azelf; antes de se espalharem por Unova para serem pegos pelo jogador.


Pelo que podemos ver, ainda há muito em Unova para Ash Ketchum conhecer. Quais desses lugares acha mais provável ou gostaria mais que ele visitasse?


Leia Também:
Sobre Ersj
19 anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

9 comentários:

  1. Johnny Edwin Da Cunha Cruz15/06/2020 13:13

    Seria bom se ele fosse para a Floresta Perdida, pra capturar a Zoroark.

    ResponderExcluir
  2. Em Unova tem bastante coisa que poderia aparecer, pra mim foi a temporada que menos assisti.
    O "Abismo Gigante" não apareceu no filme do Keldeo?

    ResponderExcluir
  3. Seria um boa história para caso ela chegue a ter o Zoroark mesmo. :)
    Obrigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  4. Johnny Edwin Da Cunha Cruz15/06/2020 15:33

    E tem gente que quer que o Go tenha um zoroark. Esse pokémon é poderoso demais pra cair nas mãos de alguém que acredita que terá o mew, após completar a pokédex.

    ResponderExcluir
  5. Então, eu fiquei nessa dúvida, mas vi que no filme ele fica em uma mina chamada "Full Court", e ela foi baseada em Monterrey, no méxico, nem mesmo foi no Abismo Gigante. kkk

    ResponderExcluir
  6. Uma duvida que eu sempre tive, Unova foi baseada em algum país, ou foi a primeira região a não se basear em lugar algum ?

    ResponderExcluir
  7. Unova foi baseada em Nova York.

    ResponderExcluir
  8. Caramba isso realmente nunca passou pela minha cabeça, valeu Rodrigo !

    ResponderExcluir
  9. É por isso que Unova é cheia de cidades grandes, pontes enormes e muitos trens. Se você comparar com as outras regiões no anime, é bem diferente. :)

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar