logo

Pokémothim

Pocket Monsters: O Coração de Koharu Foi Tocado!


Olá, Thunders!

Para a surpresa de muitos, em um intervalo de um episódio, saiu outro desenvolvendo a Koharu e continuando o desabrochar que surgiu depois da sua interação com Pidove e maior aproximação com Yamper. Junte-se a análise e acompanhe o crescimento dessa personagem!


RESUMO

Ao fim da aula, Koharu recebe uma ligação de Sota. Paralelamente, os protagonistas observam os Pokémon no Parque Sakuragi e se peguntam onde está Sobble, apesar de o inicial estar invisível logo à frente deles. Yamper, que está com os garotos, sente a presença da sua dona e corre até a garota, a qual revela desanimo pela quantidade de Pokémon no parque e com o sonho do amigo de ainda ter mais. Porém, Koharu muda de assunto e conta que Sota pediu apoio a ela a respeito de um problema com uma amiga, solicitando a ajuda do treinador de Vermilion. A garota explica que a tal amiga levou o seu Pokémon preferido para os amigos verem, mas isso causou confusão entre eles por não o acharem fofo. Como o assunto é sobre as criaturinhas, Koharu diz ter tido a ideia de pedir ajuda aos protagonistas, que logo aceitam.

Ao chegarem ao local, o trio encontra várias crianças debochando do Feebas da Nami, amiga do Sota, que fica feliz ao ver que os garotos vieram com sua irmã. Eles checam na Pokédex do Goh detalhes sobre o peixe, pouco antes de uma criança perguntar o que Sota acha dele. O pequeno prefere não responder, mas Ash diz o achar ótimo, e Goh conta que sua evolução é incrível, mesmo que os mais novos não acreditem e prefiram apertar o Pikachu, mas isso só até Raboot os fazer correr com um olhar intimidador. Diante disso, os protagonistas dizem para Nami ser uma pena que não achem Feebas bom e a convidam para ir ver os muito Pokémon do Parque Sakuragi.

Lá, Feebas entra no lago e nada ao lado do Goldeen e do Magikarp maior do Goh. Nami fica feliz por seu parceiro ter feito amigos e conta que quem o deu a ela foi o seu pai e o acha fofo, mas todos discordam, por se interessa na informação que o garoto de Vermilion deu sobre sua evolução ser incrível. Dentro do Laboratório Sakuragi, o professor mostra uma imagem de Milotic, o que faz Sota se animar com a ideia de as outras crianças se surpreenderem quando ocorrer a evolução, mas Renji destaca que evoluir Feebas é uma tarefa difícil e que requer tempo.

Kikuna incentiva Nami, e Sakuragi diz que ela deverá treinar e se aproximar mais do seu Pokémon para que isso aconteça. Ainda assim, Sota destaca que continuarão a ter problemas com os amigos até que ocorra a evolução, por isso a assistente sugere que participem do Festival da Água de Slateport, em Hoenn, apenas para Pokémon do tipo Água. Ash até mostra interesse em participar, mas é dito que apenas treinadores mais jovens que ele podem. Renji destaca como a vitória poderá fazer os outros reconhecerem mais Feebas, porém, Koharu avisa que vencer é difícil, sendo interrompida por seu pai, que a diz que só terá sucesso se tentar.

De volta ao parque, Nami conta a Feebas que participarão de um concurso juntos. Ash, então, questiona como será ele, sendo lido por Koharu que é para os treinadores nadarem e mostrarem movimentos ao lado do seu Pokémon e a amizade com eles. Então, os heróis se propõe a treinar. O de Pallet inicia uma batalha entre Feebas e Pikachu, mas a filha do professor o interrompe por o torneio não ser sobre batalhas. Por isso, Goh sugere que Nami treine o nado ao lado do seu Pokémon. Contudo, a garotinha revela não saber nadar, mas ainda assim diz querer para provar o quão lindo é o seu companheiro. Assim, Koharu se propõe a ajudá-la para darem o seu melhor juntas, pedindo para Ash e Goh montarem uma piscina, na qual Nami aprenderá a nadar, e treinarem Feebas para ter um nado mais elegante com ajuda de Goldeen.

Na piscina, Nami começa aperfeiçoando a sua respiração dentro d'água, ao mesmo tempo em que Feebas tenta seguir os movimentos de Goldeen em uma pista de obstáculos aquática, mas não se sai bem. Persistindo no treino, ambos aprendem o que precisavam. Inclusive, o Pokémon aprende a pular tão bem quanto o Magikarp Lorde. Daí, passam a nadar juntos para treinarem a sincronia, até Koharu achar que é o suficiente e notar uma escama diferenciada e colorida em Feebas. Nesse momento, Goh destaca que achava que a garota não se interessava por Pokémon, por isso é dito que ver o esforço da Nami com Feebas faz com que ela torça por eles. Então, os amigos se animam com a ideia de vê-los vencerem o festival.

Ao chegarem de navio em Slateport, todos animam Nami, que parece estar nervosa, enquanto Goh captura um Wingull e destaca não poder perder a oportunidade de evoluir em seu sonho, da mesma forma que a garotinha precisa fazer o mesmo. Dentro d'água, a Equipe Rocket espiona os protagonistas em seu submarino e planeja capturar todos os Pokémon do evento. Então, inicia-se o festival com a apresentação de um garoto e seu Corsola, seguidos de uma criança com um Seaking. Por destacar que vencer será difícil, Goh é repreendido por seus amigos esperançosos, mas muda de assunto, falando sobre a transmissão do torneio online. Koharu conta que sua mãe reuniu todos os amigos de Nami para a assistirem em sua casa.

No momento em que Nami e Feebas se preparam para iniciar a sua apresentação, duas garotas caçoam do Pokémon, deixando Koharu irritada. A dupla inicia pulando na piscina, fazendo um salto e giros pela água, enquanto são assistidos, através da televisão, pelos colegas de Kanto. Todos na plateia ficam encantados, porém, no momento final da performance, a Equipe Rocket destrói e invade o local. De um em um, o submarino Magikarp rouba os Pokémon das crianças, enquanto a maquina de bolinhas fornece aos vilões um Carvanha e um Kingler. Quando chega a vez de Feebas, sua treinadora se recusa a entregá-lo.

Em meio aos treinadores em fuga, Pikachu e Raboot enfrentam, respectivamente, Carvanha e Kingler. Meowth aproveita para tentar levar Feebas, arranhando-o quando tenta proteger sua treinadora e soltando a Prism Scale dele. Com seu Pokémon enfraquecido, Nami se esforça para colocar a escama colorida de volta e se joga sobre ele para que não o roubem, levando-o a evoluir. Koharu, Goh e os Rockets se encantam com Milotic, mas o aquático se apressa para prender Carvanha com o Embrulho e soltar água para lançá-lo em cima dos vilões. Ash e Pikachu fazem o mesmo com Kingler, enquanto Goh tira Nami da piscina. Assim, o Pokémon da garota finaliza com o Redemoinho, decolando a equipe e salvando as outras criaturinhas roubadas.

Pela performance, vínculo e evolução, Nami e Milotic se tornam os vencedores do festival e ganham o prêmio. De volta a Kanto, os amigos da garotinha começam a tratar melhor o seu Pokémon e a enchem de elogios, sob os olhares animados dos mais velhos. Ash e Goh se mostram felizes pela conquista do respeito por parte da Nami, e Koharu admite como os Pokémon são incríveis. O narrador, então, diz que o coração da garota também foi tocado.


DEBATE

Nami foi uma personagem adorável e legal de se acompanhar, principalmente por sua história clichê, contudo, muito necessária. Respeito é algo que está sempre em pauta e merece ser destacado, por isso, episódios como esses são importantes. Apenas fico em dúvida se o melhor desfecho para esse tipo de história é o Pokémon tendo que virar um outro para conseguir reconhecimento mesmo. Enfim, não deixa de ser interessante. Mais legal ainda é ter uma história por trás do Feebas, que, no caso, é ter sido dado pelo pai dela, o que, além de dar mais riqueza aos personagens, explica melhor o carinho que Nami tem pelo peixe e cria uma maior conexão. Para quem ganhou um cãozinho ou gato de algum familiar, sabe como isso parece ser ainda mais especial, sobretudo se houver uma relação de admiração.

Porém, no que diz respeito a como ocorreu a evolução, surgiram questionamentos entre os fãs. Originalmente, Feebas evoluía ao subir um nível depois de alcançar a beleza máxima, mas, com a retira dos Contests nos jogos, passou a existir outra forma, trocando ele com a Prism Scale equipada. A dúvida surgiu por acreditarem que, nesse episódio, não ocorreu de nenhuma dessas duas formas, quando, na realidade, pode ter sido uma mistura das duas. O treino que fez Feebas nadar de forma mais elegante e dar belos saltos podem contar, no anime, como formas de aumentar a "beleza" do Pokémon, além de que, quando atacado por Meowth, o peixe perdeu a Prism Scale, algo que acontece durante a troca para que vire Milotic. Ou seja, faz algum sentido.

E a real estrela do episódio: Koharu! Desde o episódio do Pidove, a garota veio ganhando mais destaque, isso por ter sido ela também a solucionar o conflito entre Ash e Pikachu no episódio anterior. Acredito que para todos os fãs que, assim como eu, querem uma forte presença de uma protagonista feminina ao lado dos garotos, como costumava ser nas demais séries, já é algo positivo. Mas, não apenas, como ela continuou a ser desenvolvida. A bela lição dada por seu pai, "se você não tentar, nunca terá sucesso", abriu o coração da personagem e a fez se sentir tocada pelo desejo de Nami, o que, de certa forma, a mostrou como é legal ajudar pessoas e Pokémon a se desenvolverem juntos.

Isso fica ainda mais interessante quando ela se mostra pensativa ao ver Goh falar sobre sonhos. A propósito, quem sabe o dela não seja relacionado à instrução, como ocorreu nesse episódio? Seria uma reviravolta interessante, talvez, se a garota que começou negando a possibilidade de ser parecida com o pai acabar virando uma Professora Pokémon. Claro, isso pediria uma boa construção para ficar bem feito, mas considero uma ótima possibilidade.

Ainda vale mencionar como é interessante ver uma aventura de Ash e Goh com a Koharu. Como antes dito, seria incrível se ela finalmente entrasse para a equipe, e se tornassem o trio de protagonistas de Jornadas Pokémon. Talvez, seu irmão pudesse funcionar como a criança mais nova, assim como Bonnie e Max, mas não sei se ele tem tanta presença para isso. A questão é que uma acompanhante feminina é importante para o anime e isso parece ser uma possibilidade mais real agora. Ainda vale mencionar como Koharu e Sota são bem mais ligados ao Goh, até por o conhecerem há anos. Nenhum dos dois parece se impressionar muito com as habilidades e o bom coração do Ash, como costumava ocorrer nas outras séries. Por um lado, isso dá mais destaque ao Goh como protagonista, e, por outro, deixa a dúvida se passarão a gostar mais do outro garoto.

Por fim, justamente sobre os protagonistas, vale destacar algumas observações. Ash, do início ao fim, ficou na defesa da fofura de Feebas, o que combina bastante com os ideais já muito conhecidos do personagem, mas ele ir batalhar contra o Pokémon e justificar isso como a única forma que pensava para prepará-lo para o festival foi meio forçado. Uma crítica negativa que tenho ao atual anime é como estão forçando exageradamente o gosto por batalhas do Ash. Ele sempre gostou delas, e muito, mas, agora, é como se só vivesse em função disso, o que me incomoda um pouco. Ainda vale mencionar que ele quis participar do festival que só permite Pokémon do tipo Água, algo que pediria a recuperação de uma criaturinha antiga, mas foi apenas uma provocação do roteiro. Em contrapartida, Goh pareceu ser menos positivo na conquista da Nami, e até foi o único a não se incomodar quando as moças da plateia xingaram Feebas, parecendo tímido por estar na torcida do Pokémon considerado feio, mas seu Magikarp e Goldeen tiveram destaques que julgo terem sido bons.


CONCLUSÃO

Koharu acha os Pokémon incríveis, e isso é ótimo! A personagem tem ganhado mais participação e, quem sabe, a sua subida de "personagem de apoio" para "companheira de viagem" possar ser uma realidade? Ela aprendeu a persistir nos seus gostos com ajuda do pai, auxiliou Nami e Feebas a ganharam reconhecimento e pôde se encantar com as criaturinhas. Por outro lado, o seu sonho ainda está longe de ser decidido, mas esse episódio pode indicar, mais uma vez, que ela se torne mais parecida com o Sakuragi do que planejava.

Nami e Feebas/Milotic tiveram uma trama bem comum, mas importante por trabalharem a questão do respeito e serem personagens divertidos. Ter um plano de fundo, o pai que entregou o Pokémon, apenas torna tudo mais real e facilita a identificação por parte de alguns fãs. Já sobre a evolução, o anime se aproveitou do aumento da beleza e da perda da Prism Scale, juntando os dois métodos, para que ocorresse. Por fim, Ash mostrou ter uma visão parecida com a da Nami, mas continua agindo quase que exclusivamente por batalhas, o que pode ser cansativo. Para Goh, dois Pokémon seus tiveram mais destaque e não pareceu muito encantado por Feebas também, mas sim por sua evolução.

Bem, deixo algumas perguntas, pois adoraria saber a sua opinião. Gostaria que Ash tivesse resgatado quem para o festival? Na minha opinião, seria ótimo ver o animado Totodile. Acha que Koharu e Sota se aproximarão mais dele também? Acredita que Ash está sendo exageradamente ligado às batalhas? Sinta-se livre para discordar e deixar a sua própria percepção. Prometo trazer, futuramente, postagens mais elaboradas sobre alguns dos temas que falei de forma mais superficial nessa análise.


Leia Também:
Sobre Ersj
19 anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

11 comentários:

  1. Johnny Edwin Da Cunha Cruz23/08/2020 08:55

    Embora muitos queiram o trio juntos, vale lembrar que ainda falta um tipo de personagem, caso resolvam colocar o Ash pra viajar pra Galar: o acompanhante cozinheiro.

    ResponderExcluir
  2. Queria ver o Totodile de volta.
    Koharu acho que vai se aproximar do Ash, Shota acho que não.
    Que continue assim o desenvolvimento da Koharu, e que comece a se tornar frequente nas aventuras.

    ResponderExcluir
  3. Verdade. Em minha opinião, não terá esse personagem. Em Jornadas, Mr. Mime já assumiu esse papel de cozinhar no Laboratório Sakuragi para os garotos, então, não acho que colocarão alguém para ficar com essa função. Mas, claro, é uma perspectiva minha. Nada impede que isso aconteça. Se bem me lembro, você gosta da ideia do retorno da Mallow para isso. Não acho que acontecerá, mas seria bem legal se ocorresse. :)

    ResponderExcluir
  4. Agradeço pelo comentário!
    Quero muito ver a Koharu mais desenvolvida e próxima do Ash. :3

    ResponderExcluir
  5. Master Eusine24/08/2020 02:21

    Bom eu gostaria do retorno do Corphish ou do Buizel(já que nesse caso ele tinha sido treinado para isso pela Down e seria uma boa referência também); quanto a Chloe essa aproximação maior só seria possível mesmo se ela partir numa jornada.
    E sim, Ash está sendo ligado exageradamente a batalhas! O Ash não tem segredo para personalidade o cara é um desligado da vida, deixou de ser hipnotizado por um grupo de Beheyeem por ser extremamente obtuso, faz escolhas bobas por ter uma memória péssima como no caso da batalha com a Agata e o Kukui onde ele esqueceu as imunidades de tipo, ver essa obsessão dele por batalhas é passar dos limites. Não precisa ofuscar um personagem ou colocá-lo de escanteio para desenvolver outro personagem.
    Ash é sonso e demora perceber as coisas, poderiam tirar proveito desse jeito de ser dele de boa. Ele está tendo que lidar agora com o peso de ser um campeão, ter que sempre se aperfeiçoar para se manter no topo, e essa é uma sacada genial! Depois de vencer a liga Alola ele ficou completamente perdido com relação ao que fazer depois, o conselho da Olivia foi muito importante além disso os outros aspectos dele que o fazem ser Ash são as estratégias malucas, a aura misteriosa, e a coragem para arriscar. No aguardo da matéria da Bea que personagem cheia de quebra de expectativas.

    ResponderExcluir
  6. Master Eusine24/08/2020 02:26

    Chloe precisa fazer parte dessa jornada nem que seja só para ajudar o pai dela. A personagem tem muito o que mostrar.

    ResponderExcluir
  7. Johnny Edwin Da Cunha Cruz24/08/2020 08:26

    Essa minha preferência pela Mao é pelo fato de que, desde o início do anime, o responsável pela alimentação do grupo do sempre caiu pros homens: Brock, Tracey, Cilan e Clemont. Seria ótimo pra variar vendo uma garota fazendo isso, já que Misty e Íris se mostraram sem talento pra cozinha; a May se limitou em só fazer pokéblocos, enquanto que a Dawn e a Serena se mostraram já saber pilotar o fogão, mesmo estando mais voltadas em fazer poffins e poképuffs. No caso da Mao, ela mostrou ter uma mistura das habilidades do Brock, que é forcado no sabor, com as do Cilan, forcado na estética. Uma personagem como ela merecia ir em jornada pra evoluir ainda mais, igual aos outros colegas dela, exceto a Lillie que saiu pra encontrar o pai com a ajuda da magearna dela. Mas, com a revelação dos novos episódios, uma jornada do Ash por Galar parece está longe de acontecer.

    ResponderExcluir
  8. Sim, são ótimos argumentos, mesmo. Ainda que a Mallow tenha tido o seu desenvolvimento, sinto como se ele tivesse sido o menos drástico em Alola, por isso seria interessante que pudesse evoluir mais. :)

    ResponderExcluir
  9. Corphish e Buizel seriam ótimos também, faz bastante tempo que apareceram. E concordo parcialmente. Não acho que ela precise ir em uma jornada para se aproximar do Ash, basta os dois terem maior interações no Parque Sakuragi, mas, numa jornada, a amizade surgiria bem mais rápido mesmo. Além de ter esse aspecto que destacou de ajudar o pai. :D

    Acredito que muito disso é para destacar como ele e Goh são diferentes, mas, em minha opinião, já ficou muito claro, não precisam ficar forçando o Ash só querer batalhar o tempo todo e achar que tudo se resume a uma batalha. Mas, como disse, talvez eles desenvolvam outros aspectos para trabalhar com as novas responsabilidades que o personagem precisa assumir.

    Ah, sobre o ep da Bea, tentarei sair do atraso essas semana. Tenho tido problemas com internet e tempo. rsrs

    Obrigado pelo comentário!!

    ResponderExcluir
  10. Eu pessoalmente, acho que a jornada em alola não teve tanto desenvolvimento nos outros personagens acompanhantes do Ash, pq eles colocaram tantos personagens para ficar como acompanhantes, que tiveram que focar apenas em alguns, tipo pra mim a Mallow podia ter tido um dessenolvimento muito maiar, como na questão em que TODO o anime ela nem capturou um pokémon, (aquela frutinha que esqueci o nem ela na tinha, e o motivo que TB esqueci o nome ela não capturou apenas cuidou.) o que pra mim se torna ruim, eles ficaram pouco, por mim nela, na vitoria e até no Cris, eles até ficaram um pouco no cris, mais eles ficaram demais no começo e no final com a Lilian e o kiaui, que por mim foi frustrante, acho que TODOS os personagens deveriam ter uma segunda chance, tipo aparecer como acompanhantes em mais jornadas, como o Brock. Eu acho esse lance de tirar o Ash do anime ficaria ruim, pq cortaria a chance de reviver momentos que nois fãs gastamos nas outras jornadas, se isso de reviver momentos acontecesse ia acontecer muito forçado! Eu acho q eles podem fazer tipo uma mine serie com o goh como na fizeram antes com personagens que não apareceram no anime ( não só com o goh mias cm outros personagens antigos, não todos e claro).

    ResponderExcluir
  11. Particularmente, apesar de achar que a grande quantidade de acompanhantes de viagem realmente deu menos tempo de tela e, consequentemente, de evolução para eles mesmos, de forma geral, gosto da evolução que todos tiveram em Alola. Esperei a Mallow capturar mais Pokémon também, mas acho que a proposta da personagem não era essa, apenas seguir o seu caminho na culinária mesmo, tanto que somente após a batalha contra Vitória (Lana) na liga decidiu que queria se aperfeiçoar como uma treinadora. Mas, entendo bastante a sua crítica.
    Ahh, e sobre a ideia de uma mini-série mostrando os acompanhantes de viagem do Ash se desenvolvendo sozinhos, acho incrível! Seria como um "Pokémon Crônicas", paralelo às aventuras de Ash e desenvolvendo os personagens! *-*

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar