logo

Pokémothim

Anime Sun & Moon: Semifinais da Liga Alola


Olá, Thunders!

A Conferência Manalo entrou para a sua reta final, e, com isso, já é possível debatermos o que ocorreu na penúltima fase dessa liga. Dessa forma, analisarei as duas lutas apresentadas na etapa.

Gladio x Kiawe


Lycanroc e Marowak foram os Pokémon escolhidos para darem início à batalha. Kiawe, rapidamente, pediu para que o seu companheiro usasse o Ossomerangue, mas o oponente desviou facilmente, usou o Dança das Espadas para se fortalecer e atacou com o Gume de Pedra, golpe eficaz contra a forma de Alola. O Pokémon Fogo/Fantasma esquivou do movimento e tentou acertar a Cabeça de Ferro, mas outro Gume foi formado e o atingiu.

Lycanroc usou novamente o Gume de Pedra, mas Marowak de Alola utilizou o Blitz de Labaredas para esquivar, em forma de uma roda de fogo flutuante. Assim, o plano do Kiawe deu certo e o seu Pokémon foi parar atrás do oponente, por onde o acertou com a Cabeça de Ferro, mas foi eliminado da partida ao receber mais um Gume de Pedra.

Com Turtonator assumindo a partida, Lycanroc já iniciou, mais uma vez, com o Gume de Pedra, que foi parado pela Cauda do Dragão, a qual acertou, ainda, o desafiante. Em fúria, o Pokémon do tipo Pedra investiu com o Contra-Atacar, enquanto o de Fogo e Dragão continuou com o movimento da sua segunda tipagem. Os dois se bloquearam e se afastaram, mas a tartaruga usou o Lança-Chamas e cobriu o oponente com fogo.

Lycanroc utilizou o Ultraje para apagar as chamas e avançar contra o oponente, mas Turtonator realizou a Armadilha de Carapaça, afastando o lobo. Já muito exausto, o Pokémon do tipo Pedra insistiu com o Ultraje, desviando do ataque do adversário e acertando uma sequência de socos, sem ter sido atordoado pela explosão anterior. Ao perder o controle da batalha, o Pokémon do Kiawe aprendeu o golpe Explosão Focalizada e, após usá-lo pela segunda vez, venceu o desafiante.

Gladio colocou Silvally em campo e iniciou com o Golpe de Ar, que foi defendido pelo Lança-Chamas. Em seguida, houve mais um bloqueio entre o movimento Garra Esmagadora e o Cauda do Dragão. O Pokémon do tipo Normal voltou a utilizar o último ataque, mas Turtonator executou a Destruição de Concha para aumentar a velocidade e escapar. Desse modo, Silvally acertou o chão e ficou preso, o que deu espaço para Kiawe utilizar o Movimento Z Cataclismo Pírico.

Estrategicamente, Gladio fez o seu Pokémon assumir o tipo Fogo, para que o golpe não fizesse tanto efeito nele, e, assim, aproveitou o cansaço da tartaruga para atacá-la. Turtonator tentou usar o ataque Cauda do Dragão, mas foi atingido, antes, pela Garra Esmadora e derrotado

De uma forma geral, a batalha foi muito bem feita e já me deu a certeza de que o Kiawe foi o personagem com o melhor desempenho nessa liga. Isso não significa que luta alguma tenha sido tão boa quanto as dele, mas ele se manteve no mesmo ótimo padrão da fase eliminatória até as semifinais, o que foi muito bom de se acompanhar. Sem falar que a dinâmica entre as irmãs que torciam pelos treinadores e a rivalidade amigável que surgiu entre eles, ao fim do confronto, foram acertos legais para a história.

Por outro lado, a derrota rápida do Marowak não é algo a se reclamar, pois essa liga tem trabalhado muito o esquema de vantagens e desvantagens, por isso foi bem explicada, mas a do Turtonator... A tartaruga já havia levado alguns golpes do Lycanroc, antes da luta final, mas ele só aparentou ficar cansado após o Movimento Z. Foi muito rápido, até porque ele foi finalizado com o próximo golpe após o cansaço repentino, e não tentou, em momento algum, usar o recém-aprendido ataque Explosão Focalizada, que era vantajoso contra o adversário. Era previsível a sua derrota, mas esperava mais dessa batalha final entre ele e o Silvally.

Outro ponto negativo foi o fato de o Silvally não ter usado o Movimento Z, porque, ao que tudo indica; no anime, assim como nos jogos, os personagens só podem usar um Cristal Z por batalha, o que significa que o Gladio terá que escolher entre o do tipo Normal, com o Silvally, ou o do tipo Dragão, com o Lycanroc, para a próxima luta. Caso mostrem que no anime é diferente, essa questão não é válida, mas, se apenas um for possível, desperdiçaram uma ótima chance. Faria até mais sentido para a derrota rápida do Turtonator.


Ash x Guzma


Torracat
já iniciou com a Rajada de Fogo, mas foi acertado pelo Fazer Retorno do Scizor, que logo retornou para a Pokébola e deu espaço para Golisopod. Em campo, o Pokémon do Guzma investiu com o Liquidation. O inicial de fogo evoluído não conseguiu desviar do golpe, mas, ao quase recebê-lo pela segunda vez, esquivou e utilizou o movimento Presas de Fogo. Mesmo assim, o gato ainda foi pego por um Golpe Enfeitiçado.

Ash pediu para que o seu parceiro usasse o Rajada de Fogo, mas Golisopod se protegeu com o Liquidation e ainda investiu para cima do oponente, que conseguiu desviar. Então, Torracat utilizou o Ataque de Chamas, desviando do Míssil de Espinhos do adversário e o derrubando, e o prendeu com as Presas de Fogo. Guzma ordenou que o seu Pokémon usasse o Golpe Enfeitiçado, mas não conseguia acertar o gato do tipo Fogo, o qual ainda o acertou com o golpe Vingança.

Em uma nova tentativa de acertar o Ataque de Chamas e de desviar do Míssil de Espinhos, o inicial evoluído foi acertado e derrubado. Depois disso, o Liquidation e o Vingança se anularam, mas Torracat aproveitou e usou a Rajada de Fogo. Assim, prestes a ser acertado, Golisopod ativou a sua habilidade e retornou para a Pokébola, de modo que Scizor assumiu o seu lugar, recebeu o ataque e foi derrotado, por ter sido extremamente efetivo.

De voltado à arena, Golisopod foi repreendido pelo líder da Equipe Skull, que o mandou lutar sério e não perder. Assim, o Pokémon conseguiu acertar, de raspão, o Golpe Envenenado, que deixou o oponente envenenado, e investiu com um Golpe Enfeitiçado, mas o gato esquivo. Para revidar, Torracat utilizou o ataque Presas de Fogo, que acertou o adversário, porém, já sem muita força, o inicial evoluído foi jogado ao chão e, ao levar um chute, foi nocauteado. Dessa forma, Pikachu assumiu a batalha

Golisopod tentou iniciar a batalha envenenando o adversário, mas o roedor desviou e investiu com a Cauda de Ferro, bloqueada pelo Liquidation. O Pokémon do Guzma aproveitou a situação de bloqueio para acertar o Golpe Enfeitiçado e deixar oponente dolorido. Ao se recuperar, Pikachu usou o Teia Elétrica para protegê-lo do Míssil de Espinhos lançado para si, um Choque do Trovão que foi protegido, uma Cauda de Ferro para derrubar o rival e voltou a usar o Choque do Trovão; sendo efetivo, dessa vez.

Ash executou o Movimento Z Gigavolt Destruidor, que foi defendido pelo Pokémon do oponente. Ainda com forças para lutar, Golisopod usou o Míssil de Espinhos, mas Pikachu esquivou com o Ataque Rápido e atacou com a Cauda de Ferro, que foi bloqueada pelo Liquidation. Então, o roedor tentou prender o adversário com a Teia Elétrica, mas o artrópode a destruiu e, mais uma vez, falhou ao tentar envenenar o Elétrico com o Golpe Envenenado.

A batalha se encerrou com uma clássica tensão após cada um dos Pokémon acertar o outro com os movimentos Cauda de Ferro e Liquidation. De modo que alegrou toda a plateia, exceto a Equipe Skull, Golisopod foi desclassificado, e, assim, Ash passou para a final. 

Antes da luta, a preocupação da Plumeria é aprofundada e há a revelação de que o Guzma nunca ficou em primeiro lugar, por isso tenta de todas as formas provar ser o mais forte. E, com iniciar da batalha, os flashbacks mostrados, além do comportamento do Professor Nogueira e do Pandam, contribuíram muito positivamente para o drama do líder da Equipe Skull. Até o modo como foi recuperar Golisopod para a Pokébola e o apoio dos seus recrutas favoreceu um desfecho excelente para o arco do personagem.

Além disso, poder ver o que se passava pela cabeça do Guzma, sua covardia e o plano de acabar com a liga mesmo se perdesse, caracterizou muito o vilão. A sua redenção trabalhada com o fato de ver que o Golisopod não queria mais fugir, como sempre fizeram, deu um digno progresso para a trama. Ele se permitiu ir até o fim, o que explica a música tema do penúltimo encerramento ter sido usada de fundo, mesmo que aparentasse estar desvinculada com o momento, pois, pela primeira vez, Guzma entendia como funcionava a conexão entre treinador e Pokémon, o que o fez ganhar, de certa forma, o reconhecimento do Professor Nogueira.

Por fim, a força do Golisopod foi muito bem acentuada, por ter resistido por bastante tempo. Já o poder do Pikachu também foi destacado, até porque é geralmente na liga que o roedor brilha. Além disso, é importante pontuar que o mascote da franquia abusou da Cauda de Ferro por Golisopod conseguir bloquear os ataques elétricos, então tentava "abrir" a sua proteção, ainda tomando o máximo de cuidado para não ser envenenado. Inclusive, Ash foi muito estrategista nessa luta, algo a se exaltar. 


CONCLUSÃO


As semifinais foram ótimas! Mesmo que ainda tenha deixado a desejar por, a respeito da quantidade de Pokémon, estar bem simplificada em relação às outras ligas, as batalhas foram bem elaboras e deram mais emoção à Conferência Manalo. Um ponto a se destacar é a trilha sonora que foi selecionada de forma belíssima nas duas lutas, principalmente quando a abertura japonesa da primeira temporada tocou, durante a luta do Pikachu contra Golisopod.

Devo confessar que uma coisa que achei sem sentido foram os amigos do Ash ficarem em dúvida se torceriam para o Kiawe ou para o Gladio. O único que se mostrou certo disso foi o Chris, mas só torceu para o amigo por ter sido derrotado por ele. A Lílian torcer para o irmão é muito compreensível, mas, mesmo que no final tenham torcido pelo amigo, ainda achei estranho que os outros cogitassem torcer pelo Gladio. Pelo menos, tratando-se da final, todos já se mostraram torcedores do Ash, exceto Lílian, claro.

Ainda nesse tema de torcida, a Professora Bruna finalmente se mostrou apoiando o Ash na liga, mas por ele estar enfrentando o Guzma. Na batalha final ela estará querendo a vitória dele ou do Gladio, por quem esteve torcendo durante todo o evento? É outro questionamento que, deveria ter uma resposta óbvia, mas não tem. Porém, para a alegria de muitos, a Delia finalmente irá aparecer, o que serve como um forte indício da vitória do Ash.

Diante disso, acho que essa foi a melhor fase da liga, pelas batalhas e pelo desenvolvimento dos personagens, e espero que a final possa ser ainda melhor. A batalha do Gladio foi mais acirrada, apesar da derrota muito apressada do Turtonator, e a do Ash foi mais profunda e emotiva, por envolver toda a questão do Guzma.


Obrigado por terem acompanhado a análise! Em breve, falarei sobre as expectativas para a final.


Leia Também:

Assista aos Episódios:

--------------------------------------------------------------
A Pokémothim agora está no WhatsApp!
Clique e participe do nosso grupo!
--------------------------------------------------------------
Sobre Ersj
19 anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
Email: contato@pokemothim.net

Comentários

Nós da Pokémothim, gostaríamos de agradecer os comentários/sugestões feitos e dizer que eles nos ajudam a melhorar significativamente a qualidade do nosso trabalho, sem falar que é a melhor forma de contato que temos com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar