logo

Pokémothim

Pocket Monsters: O Desinteresse por Capturas do Ash!


Olá, Thunders!

Para o episódio 24, trago um tema sobre o qual sentia vontade de escrever há um bom tempo, até que agora me pareceu ser um boa oportunidade. Adiantando um pouco, Ash rejeitou capturas e não se animou ao conhecer novos Pokémon. Há um motivo?


RESUMO

Durante uma reunião entre os quatro membros da Equipe Rocket, Matori liga e avisa que, como recompensa pela devoção deles, Giovanni ordenou que tivessem um dia de folga. Paralelamente, os protagonistas são apresentados pelo Professor Sakuragi à Área do Resort, em Sinnoh, onde diz haver um lago no qual vive um Pokémon conhecido como "O Lorde", mas tudo que se sabe sobre ele é que é gigante e salta muito alto. Por muitos treinadores estarem se reunindo por lá para tentar capturá-lo, Ash fala que quer ir para vê-lo, enquanto Goh diz querer pegá-lo.

Na Área do Resort, a Equipe Rocket aproveita as suas férias à beira-mar, mas o tempo em paz acaba ao verem os heróis andando pela areia. Goh aproveita e pergunta a eles a direção do lago que procuram, não os reconhecendo, diferente de Pikachu que os acha familiares. Meowth comenta que podem tentar roubar o roedor, mas é lembrado que a folga foi uma ordem e não devem desobedecer. Em seguida, enquanto os vilões seguem por algumas lojas, eles voltam a encontrar os garotos, que contam procurar uma boa vara e recebem ajuda de James. Ao mesmo tempo, Jessie salva Pikachu de um quase atropelamento por uma criança de skate. Com todo o apoio, os protagonistas agradecem e se distanciam, enquanto o quarteto lamenta estarem de férias e não poderem ter aproveitado a chance de roubar o roedor.

Em uma base improvisada no meio de uma floresta próxima, Matori chega em um helicóptero e se junta a outros membros da equipe, relembrando o desejo de Giovanni de conquistar tudo e a necessidade de se terem fortes Pokémon para isso. Por conta disso, irão roubar os Pokémon dos turistas que estão visitando a Área do Resort, pois costumam ter raros e fortes. A assistente se gaba porque, mesmo tendo tido permissão para levar quantos capangas quisesse, só convocou a sua unidade de elite para evitar peso morto.

Enquanto espiona os protagonistas se juntarem aos vários outros treinadores no lago e tentarem pescar o Lorde, Jessie sente uma má sensação, mas continua com a equipe por trás de um arbusto. Os primeiros Pokémon pescados pela dupla de protagonistas são Goldeen e Magikarp, com Ash permitindo que seu amigo capture o que foi pego por ele. Porém, todos os outros que fisgam são sempre um desses dois. Duvidando se a história do Lorde é real, Goh decide usar a isca Octillery que James disse ser a melhor.

Imediatamente, algo grande morde a isca. Para ajudar; Ash, Pikachu e Scorbunny seguram Goh e o ajudam a puxar, ainda pedindo apoio à Equipe Rocket, que se junta a eles e faz um gigantesco Magikarp ser tirado de dentro do lago, o qual dá grandes saltos. Por ter a sua primeira Pokébola lançada rebatida, o garoto de Vermilion decide usar a vantagem de tipo de seu Oddish e pede que utilize o Pó do Sono, fazendo o adversário dormir e ser capturado facilmente. Então, Goh agradece aos estranhos que novamente derem auxílio e começa a os achar familiares, porém, uma explosão ali perto chama a atenção de todos.

Na parte principal da Área do Resort, os heróis veem que membros da Equipe Rocket sequestraram todos os Pokémon dos turistas. Escondidos em cima de uma construção, os Rockets atrapalhados descobrem que Matori deu férias a eles para não participarem da missão e não serem um problema na execução dela. A unidade de elite usa Purugly, Rhyperior, Skuntank e Toxicroak para enfrentar Pikachu, Raboot e Riolu. O roedor é envenenado ao receber uma Bomba de Lodo, e os dois outros Pokémon são parados respectivamente pelos Gume de Pedra e Golpes de Fúria. O Elétrico é ainda atingido por um Venochoque, e seu treinador é impedido de salvá-lo por um Lança-chamas criar uma barreira de fogo entre os dois, além de Goh o parar antes de se atirar nas chamas. A Oficial Jenny chega bem na hora em que os bandidos fogem em um helicóptero com todos os Pokémon sequestrados, inclusive Pikachu.

Decididos a se vingarem da Matori e a impedirem de ter sucesso em sua missão, o quarteto da Equipe Rocket se junta aos garotos que estavam aflitos no Centro Pokémon. Os vilões dizem que colocaram um rastreador no Skuntank, por isso podem rastrear para onde levaram Pikachu, sendo o plano um dos protagonistas distrair os capangas e o outro salvar os Pokémon roubados. Sem pensar, ambos aceitam e são guiados pelo Meowth e seu Rotom Phone em direção à floresta, por enquanto que os Rockets planejam roubar os Pokémon assim que forem tirados das mãos da Matori e imaginam como serão elogiados pelo Giovanni.

Ao chegarem ao esconderijo, Goh distrai os capangas com o seu Magikarp gigante, enquanto Ash e James libertam todos os Pokémon roubados e curam Pikachu com uma Fruta Pecha. Após isso, Matori e os outros membros surgem e tentam impedir Ash, mas Pikachu ataca Purugly e ganha apoio de todos os Pokémon libertos, encurralando os vilões e derrotando seus Pokémon. Ainda por cima, a Oficial Jenny chega e declara que estão presos, mas fazem uma muralha com o Gume de Pedra e fogem no helicóptero. 

Jenny, Ash e Goh agradecem por toda ajuda dos desconhecidos, os quais decidem não roubar os Pokémon por estarem sob a presença da policial e se despedem. Contudo, o garoto de Vermilion pergunta os seus nomes, o que quase faz Jessie cantar o lema da equipe, mas James, Meowth e Wobbuffet a levam embora, enquanto Raboot demonstra ter desconfiado deles. De volta à base, no dia seguinte, a quarteto avisa a Matori, por chamada de vídeo, que descansaram bem e estão prontos para voltarem ao serviço, ainda comemorando pela feição acabada da secretária. Ao mesmo tempo, a equipe do Laboratório Sakuragi observa o Magikarp gigante em um lago do parque, sendo surpreendidos por o Pokémon quebrar o teto da cúpula de vidro com o seu salto e dar um banho nos três adultos. Goh aproveita para contar que tiveram ajuda de pessoas legais para a captura, e Ash complementa que também os ajudaram a enfrentar a Equipe Rocket, sem que saibam que foram os mesmos atrapalhados de sempre.


DEBATE

Começando pela Equipe Rocket, para os que gostam da participação dos personagens, foi um episódio bem engraçado. Vê-los querendo pegar Pikachu, mas sem poderem por ordens do Giovanni, foi muito divertido, além de eles terem sido os grandes heróis por trás de tudo, como costuma ocorrer vez ou outra. Muito se diz sobre a participação repetitiva deles e o fato de serem vilões ruins para a franquia, mas acredito que um ponto crucial é entender que eles não são os vilões, esse papel é feito pela equipe de cada região específica por onde Ash passa, o quarteto é mais um alívio cômico que tenta ter essa função, estando mais para protagonistas. Particularmente, acho que um final incrível, aproveitando o que houve nesse episódio, seria eles serem os responsáveis por acabar com a equipe propositalmente no final do anime, mas ainda demorará bastante para isso e é uma ideia muito vaga.

Quanto à Unidade de Elite da Matori, a participação deles foi bem interessante e trouxe nostalgia por, justo em Sinnoh, usarem somente Pokémon da região. Dois personagens desse núcleo que fizeram falta foram o Gozu e o Meowth de Alola, provavelmente por o primeiro usar a Megaevolução e o segundo ser uma forma regional, temas que ainda serão explicados para Goh em episódios específicos. Ainda assim, acho que daria para terem aparecido e deixado o protagonista confuso, para depois ele receber a explicação em outro episódio e dizer finalmente entender a diferença do Meowth da Matori e do Aggron do Gozu. Além disso, a secretária subestimou tanto Ash quanto Pikachu, por isso senti falta de ela percebendo o quão fortes eles são.

Sobre a Área do Resort, foi muito interessante de ser mostrada, visto que Ash não a conheceu durante a sua viagem por Sinnoh. Ainda que o Sindicato das Fitas tenha ficado de fora, por provavelmente não quererem apresentar essa mecânica para o Goh, pelo menos por enquanto, foi interessante usarem o fato de esse ser um dos únicos locais onde se pode achar um Magikarp nível 100, no anime representado como um gigante. Por conta das sinopses de futuros episódios, já se sabe que o Pokémon será usado em breve, mas seria ele a se tornar o possível Gyarados do treinador ou o menorzinho? Bem, caso seja o maior, isso explica o problema que está para surgir segundo as descrições, mas fica a dúvida se no anime o nível máximo permitiria a evolução.

O principal ponto debatido do episódio foi o Ash não querer capturar o Magikarp que pescou e o dar para Goh. Na realidade, ele pescou vários do Pokémon, não somente o que seu amigo pediu para capturar, e não quis pegar nenhum deles ou dos Goldeen. E, apesar de o garoto nunca ter sido como o novo protagonista que quer capturar qualquer um que vê pela frente, ele também nunca foi de negar uma captura desse modo, pegando o Pokémon e decidindo não ficar com ele. Inclusive, é estranho até não ter tido interesse no Lorde, pois, muitas vezes que vários treinadores se mostram interessados em um Pokémon raro, o herói também cria interesse, exceto se descobrir que o monstrinho tem um papel importante no local onde vive ou se houver uma história tocante de fundo.

No entanto, apesar de estranho, isso é justo. Nos primeiros episódios da atual temporada, os roteiristas faziam Ash se mostrar interessado em capturas, mas sempre ser falho, só Goh conseguia, o que passava uma sensação de inexperiência para o primeiro, sendo bem melhor eles definirem de uma vez por todas que o protagonista não gosta de pegar qualquer Pokémon, precisa haver algo na criaturinha que realmente chame a sua atenção. Antes isso do que sempre colocarem uma desculpa para ele não conseguir capturar no mesmo ritmo que o amigo.

O maior problema, em minha opinião, surge quando falamos de Galar. Ash não demonstra nem mesmo interesse pelos Pokémon novos, e isso que não tem uma boa justificativa. É comum vê-lo se animar sempre que encontra uma espécie nova, sobretudo nos primeiros momentos em uma recém-conhecida região. E quando isso ocorreu? Ele viu um grupo de Wooloo duas vezes durante o episódio 6, mas os ignorou completamente, dando mais atenção a Pokémon que já conhecia na Wild Area. Depois, durante a segunda visita à região, também não deu a mínima atenção para Skwovet. É preciso o Pokémon fazer algo com ele, como roubar sua mochila ou atacar o local onde está em uma forma Gigantamax, para que o note.


CONCLUSÃO

Ash não perdeu o interesse por capturas! De fato, ele poderia ter pego pelo menos um dos Magikarp ou Goldeen que pescou, ou pelo menos mostrar interesse em ter o tão raro Lorde, mas a ideia de somente capturar quando sente um vínculo tem ficado ainda mais forte devido à diferenciação constante que vem sendo feita entre ele e Goh. Então, deixar nítido que o garoto não captura só porque sim é até melhor do que o mostrar sempre falho em suas tentativas, embora o pouco interesse nas novas espécies de Galar seja um real problema a ser melhorado.

De resto, foi um episódio divertido por ter a Equipe Rocket como heroína e combatendo a forte Unidade de Elite da Matori e por mostrar um novo local antes não visto no anime, a Área do Resort, aproveitando também para retratar o Magikarp nível 100 como um Pokémon gigante. Alguns pequenos detalhes fizeram falta, como a aparição do Gozu, a rivalidade do Meowth com o Meowth de Alola e Ash provando para Matori a sua força e a do Pikachu, mas todos eles ainda podem ser retratados em episódios futuros, portanto, tenhamos esperança!


Leia Também:
Sobre Ersj
19 anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

38 comentários:

  1. Mateus Cosme20/06/2020 13:05

    Boa discussão, concordo que a falta de interesse em pokemons de Galar é um problema, na verdade acho que pelo menos nesse começo do anime eles limitaram muito a visão dos protagonistas, algo como sê vc tem um objetivo não pode demostrar nem curiosidade em relação aos outros, vamos ver sê no episódio de amanhã o Ash mostre um pouco de interesse em megas.
    Não espero que Goh vire um viciado em batalhas, mas sinto como sê ele fosse um personagem que tanto faz, talvez pq ele é uma representação de Pokémon Go ele mostra por enquanto um desenvolvimento linear onde a unica função é atirar Pokebolas para todo lado, fazendo algumas pessoas acharem muito irritante, principalmente aquelas que gostam de uma relação mais especial entre treinador e pokemon.
    Dito isso acho que é extremamente difícil conseguir um bom desenvolvimento dos protagonistas quando tentam dar a 50% do tempo para cada, não que eu não goste disso, HunterXHunter é o exemplo, só que para conseguir isso, tem que ser um pouco mais profundo, o que é diferente de Pokémon que passa emoções só que de uma forma mais simples, já que os personagens são limitados ao fato de não envelheceram.
    Vamos esperar o continuar do anime para ver se os protagonistas vão se dedicar extremamente só aos seus caminhos.

    ResponderExcluir
  2. Bolitosujo E20/06/2020 13:27

    Ash quando via um pokémon em Alola ficava bem animado, é meio triste ver ele desinteressado pelos pokémon de Galar, realmente. Mas a parte do Ash não pegar qualquer pokémon, eu acho bom, porque ele precisa de parceiros com sintonia e vínculos bem forte para que ele possa superar os treinadores mais fortes do campeonato.
    Eu estou mais curioso sobre o desenvolvimento da Koharu no anime, já que ela aparece tão pouco.

    ResponderExcluir
  3. Penso da mesma forma sobre a Equipe Rocket
    Esse desinteresse nesses pokemons aquáticos, me deixa a impressão que o Sobble será esse Pokémon aquático (Ash não pega pokemon com tipo muito repetidos e quando pega é dualtype tipo Talonflame e Hawlucha).
    O desinteresse em Pokemons de Galar é o grande problema, mas no desenrolar do anime, galar tendo mais foco o interesse vai aflora no Ash

    ResponderExcluir
  4. Carlos Montenegro20/06/2020 16:56

    Se formos a pensar ash sou pegou pokémons que o realmente o quizeram como treinador, ou pokémons com alguma história, ou algo especial para ele.

    ResponderExcluir
  5. Carlos Montenegro20/06/2020 16:57

    Até se formos a pensar quando ele tentou fazer muita captura seguida acabou correndo mal, e apanhado uma manda de tantos, inexplicável, o motivo ainda hoje em dia.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que comentário lindo. kkkkk
    Agradeço pelo elogio!! E sim, é exatamente isso que disse, eles estão muito presos dentro de um próprio objetivo, talvez isso venha a mudar um pouco em uma segunda fase dessa série, semelhante a Sol & Lua, que começou a ter um plot mais interessante posteriormente. Por enquanto, é como disse, esperar. Adoraria ver Ash e Goh explorando mecânicas distintas. :)
    Obrigado pleo comentário!!!

    ResponderExcluir
  7. Concordo totalmente, eu mais do que entendo ele não pegar um Pokémon quando não tem uma história e vinculo por trás, só acho uma pena que os de Galar estejam meio escanteados.
    E sim, pensava sobre isso ontem, a Koharu nem se quer está sendo considerada uma personagem protagonista ou companheira de viagem de Ash, somente uma personagem de apoio como o Professor Kukui ou e Professor Carvalho. Isso é uma pena. :(

    ResponderExcluir
  8. Sim! Exatamente, eu não acho ruim ele não ter capturado, até tentei justificar isso, só acho estranho que ele não se mostre interessado pelos de Galar, mesmo que não chegue a capturar depois do interesse.

    ResponderExcluir
  9. Sim! Esse é um bom ponto, provavelmente isso deixa ainda mais claro que um Pokémon do tipo Água ainda está por vir. Aguardamos o Sobble. kkk
    Esperamos pelo afloramento do interesse dele! E agradeço pelo comentário! ^-^

    ResponderExcluir
  10. yo kai watch20/06/2020 19:12

    cara uma coisa que eu to pensando faz um tempo se guando o scorbunny evoluir pra robot ele ficou mas revoltado igual a um adolecente como ele vai fica guando vira um cinderace

    ResponderExcluir
  11. Acho que normal, pois ele estará mais maduro. É diferente do Charizard, que continuou a desobedecer por não respeitar o Ash mesmo. :)

    ResponderExcluir
  12. Johnny Edwin Da Cunha Cruz20/06/2020 19:52

    Talvez isso mude quando o galarian farfetch'd aparecer diante dele, após a luta do Leon contra o Raihan.

    ResponderExcluir
  13. Mateus Cosme20/06/2020 20:33

    Sim, eles não se limitarem a um só caminho seria realmente divertido de ver.

    ResponderExcluir
  14. Quando lança o ep 25?

    ResponderExcluir
  15. caue ceolin21/06/2020 12:15

    Ash pegava qualquer coisa no começo... assim como o Goh... hoje ele só quer os fodão...

    ResponderExcluir
  16. caue ceolin21/06/2020 12:20

    Minha conclusão é que os roteiristas não querem dar esses pokemons diferenciados ao ASH tipo magikarp gigante ou o Gorluck gigante mesmo... se não ele que é um treinador experiente ficaria OP demais da conta. Aquele Gorluck do GO bem treinado derrotaria muito facilmente aquele Charizard do Leon por exemplo... e não querem isso. Pense... o rival é o Charizard... ataque de foco, soco de fogo, golpe voador... tudo inutil contra um gorluck... se fosse um normal... na forma gigante poderia ate derrotar... mas aquele gigantão daria um cassete no charizard até gigantamax.

    ResponderExcluir
  17. rhamon malheiro21/06/2020 13:40

    Geralmente o episódio sai aqui no site entre 18 e 22h

    ResponderExcluir
  18. domalucardxd21/06/2020 14:33

    Sinceramente acho que isso mostra amadurecimento do Ash, no início ele captura de tudo, mas eu estamos falando de um campeonato que pode te fazer ser o rank 1. Eu particularmente estou gostando muito do time dele.

    ResponderExcluir
  19. Fernando Cardoso Pinto21/06/2020 15:30

    ash é aqueles jogadores de pokemon nostálgicos... q acha que as novas gerações não tem mais nada de interessante... e só ficam glorificando os pokemons antigos

    ResponderExcluir
  20. Mas na primeira temporada ele expressa claramente o desejo de capturar todos os Pokémon "que existem". Eles mudaram provavelmente por uma questão de lógica, para não superlotar o laboratório do professor e coisas do tipo.

    ResponderExcluir
  21. Edurael Alves21/06/2020 18:51

    Ficou claro em cada nova geração, que o Satoshi só quer pegar os pokémons que ele cria um "vínculo".

    Ou que são de um modo especial, Satoshi que ser um Mestre, ou melhor dizendo o Melhor Mestre.

    E isso se torna algo comum em não querer pegar tudo que vê como o Go, que tem interesse em ter todos os pokémons existe, algo mais comum de um tratador/criador pokémon.

    ResponderExcluir
  22. Emerson Pereira21/06/2020 20:05

    Sei lá ele ficou muito estranho, fora que nunca achei correto ele ter todo os vínculos com seus pokémons e quando acaba o anime os abandona, daí em outra tem que começar tudo novamente com as capituras

    ResponderExcluir
  23. Então, mas a ideia é o Ash. Tipo, tudo precisa ter uma explicação dentro e fora do anime. Digamos que essa seja a de fora, mas e dentro, entende? É igual a questão do Goh. Goh é como é por conta do Pokémon Go, por isso ele consegue pegar muitos Pokémon sem capturar, mas e dentro do anime? Não existe uma explicação lá para ele conseguir ser diferente, já que sempre foi dito aos treinadores iniciantes que só se captura batalhando.
    Acho que é mais por Ash só capturar se ele construir um vínculo mesmo a explicação interna.

    ResponderExcluir
  24. Eu também estou gostando demais do time, mas acho que amadurecer e capturar apenas Pokémon considerados pela maioria não necessariamente funcionam como sinônimos. Ash sempre teve a habilidade de transformar os seus Pokémon, mesmo que não evoluídos, em fortes oponentes para os demais, por isso capturar os mais famosinhos não necessariamente representa um amadurecimento.
    Agradeço pelo comentário! ^-^

    ResponderExcluir
  25. Sim! Ele fazia isso apenas na série original, da mesma forma que lá eles pretendia fazer o Ash envelhecer, muita coisa foi mudada desde então. E acho que vai muito além do que apenas superlotar, também tem isso do Goh, que captura muitos Pokémon e não tem a oportunidade de usar todos. O mesmo ocorreria com o Ash.

    ResponderExcluir
  26. Exatamente!!
    Agradeço pelo comentário! ^-^

    ResponderExcluir
  27. Então, mas ele deixa os Pokémon no Laboratório para poder ter vínculo e treinar os das novas regiões. Imagina se até agora Ash usasse os Pokémon de Kanto e Johto? Nem teria espaço para os das outras regiões se tornarem fortes, muito menos construir um laço com ele. Então, ele não abandona, apenas os deixa descansando enquanto treina mais.

    ResponderExcluir
  28. KKKKKKK É uma analogia interessante. Acho que Galar ainda terá o seu merecido destaque, ou pelo menos espero.
    Obrigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  29. Acho que não é bem isso... Rsrs

    ResponderExcluir
  30. Emerson Pereira21/06/2020 21:52

    Sim, neste ponto de vista realmente.

    ResponderExcluir
  31. Eu encaro a situação numa perspectiva diferente!
    O Ash nessa temporada vem se mostrando um treinador experiente e poderoso, a altura de que já esperamos após Alola! Treinadores de alto escalão e campeões não se mostram muito interessados em capturas fúteis, porém quando vêem um pokémon poderoso é claro que o pegam, não é atoa que Ash hoje tem um gengar e um dragonite...

    ResponderExcluir
  32. João Luiz Matheus23/06/2020 00:17

    As vezes penso que o Ash bem que poderia completar seu time com alguns Pokémon que não tiveram muita oportunidade nas mãos dele tipo o Gible entre outros.. pó ele mora num laboratório ele poderia deixar muitos Pokémon dele que está com o professor carvalho ali com ele e fazer rotação de time.

    ResponderExcluir
  33. Eu entendo, mas acho que isso foge do próprio anime. Ash não é um personagem que caracteriza Pokémon poderosos, isso é uma coisa que os fãs fazem, tanto que até hoje ele usa um Pikachu, que é considerado um Pokémon fraco pela maioria, sendo o dele uma exceção. O anime gosta de mostrar isso, força vai muito além de IV's.
    E para isso ficar mais claro, é só ver que Dragonite que quis ficar com Ash, não foi uma escolha dele. Com Gengar ela até quis de início, para competir com o Goh, mas depois desistiu, partindo do Pokémon a decisão de ser capturado pelo treinador. Ou seja, não dá para ser Ash selecionando "Pokémon fortes", sendo que nem é ele quem escolheu fazer essas capturas, entende? Por isso, a questão para mim ainda se trata de vínculo, tanto pela proposta do anime como pelas próprias atitudes do protagonista. Mas, entendo que muitos estejam considerando a ideia de ser um "time forte" de um campeão.
    Obrigado por comentar! ^-^

    ResponderExcluir
  34. Seria muito bom mesmo. Eu tenho um post onde tento explicar, pela minha opinião, o motivo de o Ash não recuperar os Pokémon antigos, pois considero muito válido. Apesar disso, acredito que essa seja a temporada perfeita para esses retornos, já que ele tem andado novamente pelas regiões já visitadas. Quem sabe Gible ou Totodile, por exemplo, não voltam?
    Obrigado pelo comentário! ^-^

    ResponderExcluir
  35. A boa e velha primeira temporada exibe a única vez em que o Ash captura um Pokémon já estando com o time completo, fazendo com que ele seja automaticamente enviado para o computador do laboratório, tal qual nos jogos.

    ResponderExcluir
  36. Isso também acontece em Unova, moço. Quando ele captura o sétimo Pokémon, precisa ir transferir algum no Centro Pokémon para que ele possa sair da Pokébola. E, se tivermos sorte, isso voltará a acontecer agora em Pokémon Jornadas! :)

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar