logo

Pokémothim

Pocket Monsters: Goh Não Quer Ter Todos os Pokémon!

Fonte: Anidragon.net.
Olá, Thunders! 

Os Dustox já davam indícios de como Goh planejava ter todos os Pokémon, mas, quando decidiu pegar um Pikachu, isso ficou muito mais claro. Acompanhe a análise e perceba que o treinador não necessariamente quer ter todos, o que incluiria as linhas evolutivas completas de cada um.


RESUMO

Os protagonistas observam a grande quantidade de Pokémon que o de Vermilion possui, e ele diz que o próximo que capturará será todos os que encontrar, não parecendo animar muito Raboot. Kikuna surge e diz ter trazido lanche, chamando os garotos para comer. Então, na sala de jantar, eles comem acompanhados de Mr. Mime. Goh destaca como Ash e Pikachu se dão bem por os ver oferecendo os doces que gostaram um ao outro, semelhante como Raboot compartilha o seu com Sobble, e decide que pegará o seu próprio roedor Elétrico.

Enquanto procura no Rotom Phone a localização mais próxima dos Pikachu, Goh chama a atenção do Professor Sakuragi, que revela ter recebido informações recentes sobre um bando de Pikachu, já sendo uma tarefa que planejava pedir a eles como assistentes de pesquisa. Kikuna mostra, em seu computador, a localização dos roedores, contando que sempre viveram ali, mas nunca em tamanha quantidade como agora. Igualmente a Renji, Goh se anima com o número de Pikachu e parte apressado para conseguir o seu, seguido do outro herói.

Em meio às montanhas, Goh acha o primeiro Pikachu, que desvia da Poké Bola que lança. O segundo, o qual é encontrado por Ash, rebate o lançamento curvo do objeto no rosto do treinador, levando-o ao chão. Para ajudá-lo, surge um terceiro, que o entrega um Fruta Pecha. Em seguida, também distribui frutas para Ash, Pikachu, Raboot e Sobble. Os dois roedores se juntam sobre uma pedra para comerem, onde o selvagem limpa o rosto sujo do domesticado, deixando-o tímido. Ash destaca como esse Pikachu é carinhoso, e Goh dá atenção ao formato diferente da sua cauda, descobrindo pela Pokédex que é por ser uma fêmea e elas possuírem essa distinção. Alertado pelo amigo, o garoto aproveita a sua tranquilidade e a captura.

Depois de comemorar a sua captura, Goh liberta o Pokémon da Poké Bola e o agarra animado, recebendo um choque amigável e doloroso. Ash explica se tratar de uma saudação da espécie, e a recém-capturada cumprimenta os companheiros de equipe, pedindo para que a sigam. Os heróis são levados até onde fica o bando descrito pelo Professor Sakuragi, no qual a Equipe Rocket também está escondida para capturar os roedores e se anima ainda mais por terem a chance de pegarem junto o Pikachu que tanto desejam.

Notando que os Pokémon Elétrico quebram pedras e fuçam entre outras, Goh e Ash percebem que procuram Pedras do Trovão, por um Pikachu encontrar uma e a usar para se transformar em um Raichu. O garoto de Vermilion presume, então, que os Pikachu se reúnem nesse local para encontrar as pedras evolutivas e evoluírem. Repentinamente, o do Goh encontra uma Pedra do Trovão também e tenta encostá-la no do Ash, para que ele evolua, mas o roedor protagonista faz o possível para escapar, até que vão para traz de uma pedra e a luz da evolução surge. Dali, um Raichu pula com outra pedra evolutiva na mão e sorri para os protagonistas, que não acreditam que o Pikachu do Ash evoluiu.

Porém, Pikachu surge mais atrás do Raichu, ainda fugindo da fêmea que tenta evoluí-lo, aliviando o seu treinador e subindo em seu chapéu. Goh diz que a Pedra do Trovão tornaria Pikachu mais forte e pergunta se ele não quer evoluir. Ash responde que não, pois seu Pikachu quer ficar mais forte ainda como um Pikachu, e é assim que funciona com eles, por isso se desculpa com o do Goh. Triste, a fêmea entrega a pedra evolutiva para o seu treinador. O garoto de Pallet pergunta por que seu amigo não a evolui, sendo respondido que talvez ela não queira, o que faz Ash destacar que é melhor evoluir apenas quando quiser evoluir.

Atrapalhando o momento, a Equipe Rocket surge para roubar os Pikachu e cantam o seu lema, mas são surpreendidos pelo do Goh entregar a eles Frutas Pecha. Depois de provarem a fruta e apreciarem o sabor doce, os vilões notam que fugiram da sua tarefa, e Goh pega o seu roedor fêmea e o alerta do perigo. Meowth entra dentro de uma caminhonete com um compartimento para sucção de Pikachu, sugando eles para um dispositivo de vidro à prova de choque. Sequestrando todos, incluindo um mais gordinho, os Rockets se preparam para pegar o do Ash, mas o garoto diz que não permitirá e se junta aos Raichu para um contra-ataque. Contudo, a máquina de bolinhas é chamada e deixada por Pelipper, de onde saem Buneary e Minccino, levantando a dúvida para Jessie se Pokémon tão fofos serão capazes de os ajudar.

Minccino investe com a sua cauda e Buneary com suas patas traseiras, acertando alguns Raichu e se provando como fortes. Jessie pede para que o coelho use o Soco Atordoante, que é parado pelo Chute Duplo de Raboot. Contra a Cauda de Ferro de Pikachu, James pede que a chinchila use o Ataque Veloz, empatando. Buneary e Pikachu se chocam com o mesmo movimento, Ataque Rápido, e Minccino tenta acertar o golpe Tapa Duplo, mas Raboot desvia, levando Sobble a ser atingido em seu lugar, e revida com o Chute Duplo, acertando e dando tempo para que os Pikachu e Raichu fugam. Apesar disso, Buneary utiliza a Pancada, arremessando os não evoluídos para o aspirador, e Minccino investe com as Cócegas e impede Raboot de prosseguir com a batalha, dando mais tempo para Meowth sequestrar mais Pikachu. Quando o do Goh seria pego, o do Ash o empurra e é sugado em seu lugar. Com o alvo preso, o carro voa, levando a Equipe Rocket embora.

Na floresta próxima, os vilões comemoram terem pego o bando e o Pikachu do Ash e pensam na felicidade de Giovanni, mas não conseguem dizer qual dos vários presos é o tão poderoso que têm tentado roubar durante tanto tempo. Assim, começam a checar de um em um, descartando eles por gênero, feição estranha, pouca fofura e fraqueza aparente. Meowth pergunta qual deles é o do pirralho, mas todos dizem ser, não ajudando em nada. Jessie tira um do compartimento, mas nota que ele é mais gordinho e o questiona sobre a sua flacidez. Ofendido, o Pikachu gordinho eletrocuta o quarteto, enquanto o do Ash está tenso com a situação.

Procurando os malfeitores, Raboot mostra ao seu treinador que seu Pikachu está triste, pois quase todos os seus amigos foram levados, por isso Goh promete que irão salvá-los juntos. Então, veem a eletricidade dos roedores, seguindo na direção dela e os vendo tentarem escapar do automóvel, enquanto os vilões pedem para que se acalmem. Buneary avança com a Pancada, mas Raboot desvia e o empurra com o Ataque Rápido, e Sobble ajuda com o Revólver d'Água. James e Jessie focam na batalha, com os coelhos duelando, e Ash mantendo Minccino distraído, ao mesmo tempo em que Meowth e Wobbuffet tentam acalmar os Pikachu e o do Goh se esforça para quebrar o vidro. Apesar disso, o gato falante percebe a fêmea e tenta sugá-la, o que a faz pedir ao seu treinador a Pedra do Trovão. O garoto de Vermilion arremessa a pedra evolutiva e vê seu roedor entrar com ela no tubo de sucção, evoluindo dentro dele e o destruindo.

A Equipe Rocket se surpreende com a evolução e Goh se anima. O Raichu recém-evoluído se junta com outros quatro e usa o choque para abrir uma passagem no automóvel e permitir a fuga de todos os Pikachu. O do Ash, então, lidera os demais para formar uma fila e, depois, uma grande torre com os seus corpos. Dessa forma, lançam um poderoso Choque do Trovão que causa uma explosão na máquina dos vilões e os faz decolar. Com tudo resolvido, Pikachu abraça Ash e, ao tentar fazer o mesmo com o Raichu de Goh, acaba sendo jogado para trás pelo seu novo grande corpo. Apesar disso, comemoram juntos aos outros a liberdade que recuperaram.

No Parque Sakuragi, o Raichu de Goh distribui frutas entre alguns dos Pokémon do seu treinador e o Gengar do Ash, ao mesmo tempo em que os protagonistas explicam aos adultos que trabalham no local sobre a aventura que tiveram. Kikuna se impressiona, e Renji acha fofo, enquanto o Professor Sakuragi dá atenção aos vídeos gravados pelo treinador mais novo e à descoberta do bando de Pikachu viver naquela região pelas Pedras do Trovão, agradecendo aos garotos. Raichu vai até os humanos e entrega a eles frutas, tentando convencer os Pokémon a comerem mais também. Goh observa a sua Pokédex e reflete sobre ter conseguido registrar o roedor e sua evolução, quando Sobble pula em seu ombro com medo, sendo visto que Pikachu e Raboot fogem do Raichu que tenta os fazer comer mais. O narrador destaca a nova amiga que Goh fez e o avanço do garoto em busca do seu sonho de conseguir Mew.


DEBATE

Para começar, por que Goh não ficou com um Pikachu? A julgar pelo que vem acontecendo, os roteiristas têm evitado repetir Pokémon entre os dois protagonistas, exceto os que Ash tem no Laboratório do Professor Carvalho. Então, é provável que ele não chegue a ter exatamente todos os Pokémon como planeja, a não ser que seja como o caso de Pikachu, que se tornou um Raichu, Pokémon que provavelmente Ash nunca terá. Ainda sobre isso de não ter todos os Pokémon, já falei a respeito antes, pois episódios em que outros treinadores tem destaque com uma determinada criaturinha ou até os que Jessie e James usam pela máquina de bolinhas podem não ser capturas do Goh também. Além do mais, a teoria que criaram de ele ter um Pikachu ser um indício da possível futura ascensão do personagem como protagonista solo caiu por terra.

O Raichu fêmea é muito adorável! Por ser a primeira vez que uma fêmea da espécie aparece no anime, pelo menos com a distinção da cauda, é uma estreia especial. Sua personalidade carinhosa, de "mãezona", agrega muito para o Parque Sakuragi, visto que parece ser um Pokémon que cuidará bastante dos outros, além de isso fazer dela ainda mais fofa. Mas, algo importante a se destacar é que Raichu trouxe indiretamente uma excelente explicação, a de que Goh não quer exatamente ter todos os Pokémon, mas sim registrá-los na Pokédex. Como assim? Como foi nesse episódio, se ele tiver um certo Pokémon e o evoluir, já conta para ele e para Pokédex como se tivesse tido os dois. Isso faz bastante sentido, pois sempre pensei que alguns dos Pokémon que capturou poderia evoluir a qualquer momento, como o seu Caterpie, tendo 2 Metapod, mas isso não faria diferença, porque já registrou a lagarta. Em minha opinião, esse detalhe torna tudo mais realístico.

Ainda sobre o Raichu fêmea, muitos disseram ser estranho ela perder o interesse romântico em Pikachu tão rápido, sendo que não foi bem isso que aconteceu. Primeiro, ela era carinhosa com todos; segundo, o Pikachu do Ash que corou, mas não por gostar dela, e sim por ter ficado com a boca suja sem ter notado; terceiro, mesmo como Raichu, nada impede de existir um ship, mas, por hora, acho que não tentaram passar a ideia de os dois se gostarem de alguma forma além de amizade.

A participação da Equipe Rocket foi legal, por terem uma batalha mais longa e ainda se saírem como vitoriosos, algo que, por sinal, não foi a primeira vez que aconteceu. Além do carro adorável que serviu como o mais novo robô deles, também usaram Pokémon bonitinhos e roedores, seguindo a temática do episódio focada no Pikachu e dando força à ideia de criaturinhas pequenas e fofas poderem ser fortes. Mostrar, através deles, as múltiplas personalidades que os Pikachu podem ter é importante para que se entenda que nem todo Pokémon é igual, ainda que sejam da mesma espécie. Para completar, gostei demais de ver um Pikachu gordinho e da cena engraçada que os vilões protagonizaram ao serem atacados por ele.

E, de uma vez por todas, precisamos entender que Pikachu não precisa evoluir para ser forte! O episódio serve como uma forma de contar ao Goh e aos novos fãs do anime que o Pikachu do Ash não quer evoluir, além de, também para eles, passar o ensinamento de que não é necessária uma evolução para se fortificar e de que deve haver respeito, sendo uma decisão do próprio Pokémon se evolui ou não. O treinador não pode simplesmente forçar o seu companheiro a evoluir se não for uma ação consentida por ele. Goh absorveu bem essa lição e espero que os novos fãs também. Contudo, muitos dos fãs antigos ainda insistem que Ash é um treinador ruim por "não querer evoluir seus Pokémon", quando, na realidade, é uma questão de respeito muito bem explicada pelo próprio garoto. Ainda tem a explicação de que Pikachu ainda não está pronto para a evolução, o que para muitos significa que um dia ele irá. E, de fato, nada impede que futuramente o mascote do anime queira evoluir, mas, com essa justificativa, Ash também considera que esse dia seja nunca (o mais provável), e tudo bem!

Um Pokémon que tem me chamado a atenção é Raboot. Scorbunny ficou um pouco de lado depois que evoluiu para Raboot, por ter mudado a personalidade e gostar de ficar mais quieto no canto. Contudo, ele passou a ter menos foco ainda com a chegada de Riolu e, principalmente, Sobble, que divide o protagonismo de principal Pokémon do Goh com ele. Acho essa uma questão problemática, pois ele brilhava muito como Scorbunny e parecia que teria um foco enorme, mas o anime não se desenvolveu dessa forma. Vale mencionar também que a questão de gostar tanto de batalhas até hoje não foi explorada pelo seu treinador. Raboot só costuma entrar em confrontos, de modo geral, contra a Equipe Rocket, mesmo que vez ou outra ainda mostre interesse nas batalhas de Ash, como foi a contra Bea. Bem, ao menos, sabemos que o episódio em Alola terá ele como um dos focos. Por enquanto, nós nos contentamos com ele alimentando Sobble, sem que tenha perdido o grande coração que mostrou ter desde o início.


CONCLUSÃO

Goh quer registrar todos os Pokémon, não necessariamente ter um de cada de forma simultânea! Isso fica claro por não ter mais interesse nas pré-evoluções de Dustox e Raichu, pois já os registrou na sua forma anterior, antes que evoluíssem. Essa percepção torna sua "coleção" mais realista, porque, se ocorrer uma evolução não planejada, espera-se que o personagem aja com naturalidade. Além disso, nota-se que os roteiristas têm evitado dar ao treinador os Pokémon que atualmente são usados por Ash e que ganham destaque com outros treinadores ao longo dos episódios de Jornadas Pokémon, o que, claro, não é uma regra.

A respeito de Raichu, é a primeira vez que apareceu a diferença da cauda na fêmea dentro do anime, se mostrou um Pokémon muito carinhoso e cuidador com os demais e não se apaixonou pelo Pikachu do Ash, quem corou foi justamente a pré-evolução, mas não necessariamente por estar apaixonado, até por não ter demonstrado isso em nenhuma outra cena. Outro ponto é a teoria que dizia que o Goh teria um Pikachu para ser o próximo protagonista solo ter se mostrado errada.

De resto, a Equipe Rocket teve uma boa e engraçada participação, interagindo com um Pikachu gordinho, usando roedores fortes e mostrando diferentes personalidades de uma mesma espécie de Pokémon. E, o principal, entendam que Pikachu é forte como Pikachu e ele não precisa de uma Pedra do Trovão para provar o seu potencial incrível! Basta dar uma boa "maratonada" em batalhas importantes do anime para perceber isso. Não quis me estender muito nesse tema, sobre o que faz Ash não evoluir seus Pokémon, mas recomendo que dê uma olhada em uma postagem antiga de extrema importância que deixei recomendada logo abaixo. Agradeço pela atenção e pergunto a você: acha que Raboot tem perdido seu destaque, se comparado aos primeiros episódios?


Leia Também:
Sobre Ersj
19 anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar