logo

Pokémothim

10 Pendências para a Despedida do Ash!


Olá, Thunders!

Restando apenas um dia para estrear "Pretendo Ser um Mestre Pokémon", em livre tradução, nada melhor do que trocar algumas ideias sobre as maiores expectativas criadas pelos fãs para os últimos onze episódios da história de Ash e Pikachu. Apesar de óbvio, vale lembrar que não estou confirmando nada aqui, é teoria, não notícia. Além do mais, a ordem apresentada não é do que mais pedem ou quero ver, foi aleatoriamente. De resto, desejo a todos uma ótima leitura!


1) Pai do Ash

"Ah, Ersj, mas o último episódio de Jornadas, especial com o Ash paralelo, já não trouxe essa desejada figura das cinzas?". Não cheguei a fazer uma postagem com a minha opinião sobre, mas achei o episódio bem bonito, tanto em termos de história, como em termos de visual mesmo. No entanto, para mim, desde a prévia os roteiristas quiseram propositalmente alimentar a possibilidade de mostrarem o pai do Ash, tanto que ele foi um dos temas de fundo do episódio, mas continuaram se esquivando dele. Foi por esse ponto que não consegui achar o especial tão bom. Enquanto muitos fãs concluíram que o Ash paralelo era mil vezes melhor por ter recebido o boné do pai, para mim o enredo construído para nos impedir de vê-lo foi muito fraco e conveniente. Muito divertido e criativo Ash não reencontrar o pai a essa altura do campeonato (leiam com ironia). Para mim, o boné foi só uma compensação para os fãs ignorarem que o pai desaparecido continuou sem aparecer, e, a julgar pelos elogios, deu certo, mas achei um recurso de roteiro bem fraquinho.

Seja como for, partindo do desejo que muitos antigos fãs têm de conhecer o pai do protagonista e da entrevista na qual foi dito que ele apareceria só quando o anime fosse acabar, existem três principais possibilidades. A primeira delas é que o especial já citado, "O Distante Céu Azul" (em livre tradução), foi a participação definitiva do pai do Ash, com a qual os roteiristas já considerariam que entregaram o que os fãs queriam. A segunda é que usaram o especial para reanimar nos telespectadores a vontade de conhecer o personagem, que seria mostrado na minissérie final do Ash. Por último, a terceira também é pelo viés de que o pai do garoto vai sim estar na minissérie, mesmo que em uma breve cena, mas a história do herói paralelo só coincidiu em tratar sobre isso, uma vez que quiseram fechar uma ponta solta também para este outro Ash. Por motivos já mencionados, obviamente a primeira possibilidade é a que mais desgosto, mas não duvidaria que ficasse por isso mesmo. Essa é uma pendência que deveria ser trabalhada nesses episódios finais, dando mais plano de fundo ao protagonista e acabando com algumas das maiores dúvidas do anime de forma digna, não se esquivando mais uma vez. Custa nada mostrar o pai do menino, meu Arceus! 


2) Derrota da Equipe Rocket

Assim como os próprios Ash e Pikachu, a Equipe Rocket pertence a Kanto e seguiu até o atual momento do anime, como principais inimigos do protagonista. Acontece que os vários anos de roubo e vilania, no mínimo, deveriam chegar ao fim, antes que deixasse de aparecer na animação. E não vejo como isso poderia acontecer de uma forma épica e bem elaborada nessa minissérie, até por ter outros temas a serem trabalhados nos episódios, mas seria péssimo a equipe sair intacta no final de tudo. Talvez, conhecendo bem o anime, eles façam apenas uma menção que a polícia conseguiu prender todos, ou uma referência no cenário que indique o fim da equipe vilã. A questão é que o mais ideal e marcante seria ver, finalmente, Ash derrotar Giovanni. Contudo, sem tempo e esperanças para isso, só de oficializarem o fim da Equipe Rocket já seria alguma coisa.  


3) Final Feliz para a Equipe Rocket

Calma, não estou contradizendo o ponto anteriormente citado. Apesar de ter atitudes bem questionáveis, em relação a roubos, sabemos que de vilão o amado quarteto Rocket não tem nada. Jessie, James, Meowth e Wobbufett acompanham Ash e Pikachu desde o início de sua história e, mesmo que tenham atrapalhado bastante, são os responsáveis pela maioria das evoluções dos Pokémon do protagonista e, em muitos momentos, entiveram ao lado dele para enfrentar outros vilões e apoiá-lo nas suas competições mais importantes. Convenhamos, eles possuem seu crédito no treino constante de Pikachu e desenvolveram belas relações, que geraram algumas das despedidas mais tristes do anime, com seus próprios Pokémon também. Por isso, e por outros motivos mais, o quarteto merece ganhar uma vida digna que não a de ladrões que vivem passando fome; assim como os seus antigos rivais, Cassidy e Butch, também fizeram.


4) Companheiros de Viagem

Com a finalização da história de Ash e Pikachu, não apenas deixaremos de ver eles e a Equipe Rocket, como também todos os seus antigos companheiros de viagem. Portanto, nada mais justo do que caminhar mais com os sonhos de cada um. Pelas informações que saíram até o dia dessa postagem, Misty e Brock estão mais do que confirmados para aparecer, aventurando-se ao lado de Ash nessa minissérie, mas também já temos noção de que Cilan continua ao lado do Doutor Pokémon no terceiro episódio. Resta saber se a minissérie dará destaque para todos os companheiros de viagem novamente, justamente para mostrar um pouco da evolução deles, ou se mostrará apenas os que não ganharam foco em Jornadas. Lembrando que Brock só realmente ganhou maior participação no especial do Arceus, não nos episódios regulares. Assim, além dos três mencionados, restariam May, Max e Tracey.

Acharia justo que pelo menos todos esses não tão mostrados em Jornadas estivessem de volta para a minissérie. No entanto, como é A DESPEDIDA, acho que seria mais legal se todos aparecessem de novo, até porque a Dawn, por exemplo, coitada, teve um desenvolvimento péssimo. Depois das teorias sobre os pais da Liko estourarem, vi muito seu nome em alta e pessoas comentando sobre o desenvolvimento incrível que a personagem teve na última série... Eu sinceramente não sei onde os fãs enxergam esse desenvolvimento todo, se não em um apego à sua excelente construção lá na época da série Diamante & Pérola. De qualquer forma, que pelo menos os que não ganharam episódios dedicados a eles em Jornadas ganhem uma atualização concreta.


5) Reunião dos Amigos e Pokémon

Pegando o gancho, por serem poucos episódios, é compreensível que não mostrem todos os amigos com destaque de novo, mas seria um baita presentão, pelo menos, uma reunião de todos, ou uma foto, no episódio final. Só para a gente ter o gostinho de ver todos os queridos personagens unidos uma única vez. E isso não precisa se resumir aos humanos, visto que a reunião dos Pokémon do Laboratório do Professor Carvalho e dos de Alola é outra situação que muitos gostariam de assistir antes de a jornada do Ash finalizar. Imagina todos esses personagens comemorando no local onde a jornada do herói começou, quando pegou Pikachu? Ou até mesmo na sua casa? Delia amaria!


6) Reencontro com Pokémon Libertos

Pelo pôster, é possível rever todos os queridos Pokémon que, de alguma forma, saíram do alcance do Ash. Seja como for, novamente pela quantidade de episódios, é difícil imaginar que o protagonista reveja todos, exceto se em cada um acontecer reencontros curtos e aleatórios só para nos dar esse momento. Não sei o quanto isso seria interessante. Mas, talvez, vejamos um ou outro, a exemplo do já confirmado Squirtle – que segue com a Oficial Jenny e seu esquadrão – e os demais apareçam em cenas congeladas do episódio final, apenas para ilustrar esses reencontros. Um muito esperado era com Butterfree, mas justamente por ter sido brevemente mostrado no final de Jornadas, já pode servir como justificativa para os roteiristas deixá-lo de fora da minissérie (mesmo que apareça no pôster 👀).


7) Ash-Greninja

Entre os muitos erros de Jornadas, ao meu ver, um deles foi fingir que Ash-Greninja não existiu. Tanto que esse é um dos motivos para não gostar muito do episódio de retorno do companheiro de Água de Kalos do protagonista, enquanto tantos o acham um dos melhores da série. Certo que os fãs conseguem puxar justificativas aceitáveis para isso, mas, para mim, trazer um personagem e tirar aquilo que fez ele se tornar tão icônico – pior, tentando fazer uma continuidade retroativa para fingir que a transformação nunca existiu, a exemplo da batalha contra Alain – é, no mínimo, desrespeitoso com o Greninja. Obviamente, outros Pokémon libertos do Ash merecem reaparecer bem mais do que o inicial evoluído, como Pidgeot e Lapras; mas trazer o fenômeno vincular de volta, especialmente por agora termos noção de que é o fim das aventuras do garoto de Pallet, seria uma reparação justa, para não se dizer necessária. Até porque, reparações não precisam ser das primeiras séries, podem ser da última também, basta ter sido uma situação mal executada.


8) Batalhas Restantes

Obviamente, existem muitos, muitos personagens que gostaríamos de ver Ash derrotar antes de se aposentar do anime. No entanto, acredito que cinco deles merecem uma atenção especial. Antes de tudo, não acho que teremos episódios voltados para batalhas, só para esclarecer, mas talvez possamos ver a conclusão de uma, ou uma menção de que ela aconteceu, um flashback, etc. Bem, quem seriam? Para terminar de consagrar o herói como mais forte e destruidor de campeões, seria muito interessante saber que ele conseguiu vencer Lance, Diantha e até mesmo Geeta. Os dois primeiros são treinadores que os fãs queriam muito ver Ash conquistrar a vitória, e isso de "ele venceu tal personagem que venceu ele" é bem sem graça, convenhamos, até porque nada é tão previsível que torne os resultados das batalhas sempre os mesmos. Como disse uma vez, as próprias vitórias dentro do Campeonato Mundial poderiam ser diferentes, dependendo da escolha de estratégias, Pokémon, até mesmo do ânimo do treinador.

Pelos rivais, muitos não foram vistos sendo vencidos pelo garoto Ketchum, mas existem dois em especial que os fãs clamam pela derrota. Sem qualquer mistério: Alain e Tobias. Enquanto o primeiro parte mais de uma sede de vingança não superada pela forma como o roteiro construiu sua vitória na Liga Kalos; o segundo foi o personagem a derrotar Ash em uma liga introduzido de forma mais aleatória, sem qualquer profundidade e, mesmo assim, deixando uma enorme curiosidade sobre o resto do seu misterioso e lendário time. Obviamente seria incrível assistir à batalha contra eles completa, mas, como mencionei, provavelmente não teremos grandes batalhas nessa minissérie, então, uma menção ou flashback já seria melhor do que nada.


9) Novos Pokémon e Evoluções

Mesmo com a sinopse mostrando um interesse do Ash por um Clauncher, até como contraparte ao que aconteceu com Totodile no passado, acredito que o Pokémon se torne de Misty. Seria até uma forma de atualizar o time dela. A questão é que não sei se vão querer dar um novo Pokémon ao longo desses onze episódios para o protagonista; pelo contrário, tudo indica que finalmente usará os antigos de novo. Mas, novamente, talvez no episódio final, em uma possível nova foto com todos os Pokémon dele juntos, aos poucos podem aparecer figuras extras ao fundo. Seriam bem-vindas criaturinhas de todas as regiões, mas, em especial, gostaria de ver mais de Galar e algumas de Paldea, indicando que ele também fez uma viagem digna pelas duas regiões, independente de ter participado ou não de ginásios. Além do mais, nessa ideia de uma imagem sofrendo alterações, poderíamos até vislumbrar algumas evoluções, talvez? Sou contra todos os Pokémon do Ash evoluírem, até porque tem uns que simplesmente não querem, e é cansativo a insistência de alguns fãs contra isso, mas outros poderiam e até mesmo o herói demonstrou querer vê-los evoluindo. Quem sabe?


10) Resultado do Amourshipping

Entre os pedidos mais divergentes para a minissérie, está a polêmica confirmação ou não confirmação do Amourshipping. Uma coisa é clara, os roteiristas não são obrigados a confirmar, seria até inteligentemente sacana da parte deles deixar no ar com quem Ash terminaria no futuro, até porque cada fã poderia criar seu hadcanon, que nada mais seria do que a versão que achar melhor como par do garoto. Mas, como descrevi, seria inteligente – e não necessariamente errado – porém, bem covarde. Querendo ou não, gostem os fãs ou não, com o que foi feito em Kalos, ficou uma pendência sobre o futuro amoroso do Ash, diferente de como ocorreu com qualquer outro ship existente até ali, porque foi feita uma construção e promessa por traz da equipe de Kalos. Essa promessa precisa se concretizar? Também não, mas não mostrar o resultado do que partiu daquele beijo, seja ele positivo ou negativo, por conta de como foi feito, deixa uma ponta solta. Não se sabe se no episódio final a série dará um salto para mostrar Ash mais velho, é até mais provável que não, mas, sem dúvidas, o resultado do Amourshipping se tornou uma pendência que muitos querem ver se confirmar ou desaparecer ao lado de Ash e Pikachu.



Então, foi isso! Lembrando que muitos argumentos podem deixar de fazer sentido se o novo anime tiver ligação direta com a história que acompanhamos. Por exemplo, a Equipe Rocket pode continuar como vilã por lá, Ash pode existir nesse universo e ter Pokémon que evoluíram mostrados só depois, etc. Bem, quais desses pontos acreditam que vão acontecer? Quais acham que os roteiristas nem se darão o trabalho de mostrar? Têm outras sugestões? Como sempre, adoraria ler as suas opiniões! Aproveito para me desculpar pelo sumiço de começo de ano e desejar um ótimo ano novo para vocês! Que seja um ano incrível, igualmente como espero ser a nossa despedida de Ash e Pikachu!


Leiam Também:
Sobre Ersj
anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar