logo

Pokémothim

Por Que Interrompem Tanto o Torneio de Mestres?


Olá, Thunders!

Agora que os episódios do Goh foram verdadeiramente confirmados, trago-lhes hoje um assunto mais simples, que já comentei com algumas pessoas no site, mas que ainda vejo dúvidas e questionamentos. Obviamente, essa não é uma resposta oficial, mas acredito fazer bastante sentido e poder sim explicar porque estão ocorrendo interrupções conscientes no Torneio de Mestres. Por isso, desejo-lhes uma ótima leitura e vamos para o texto!


Sem muita enrolação, para mim, existem dois motivos mais óbvios para a finalização dos atuais arcos da Cloe e do Goh ter sido colocada no meio do desfecho do Ash. Ao contrário do que muitos pensam, não foi algo simplesmente jogado ali só porque sim, ou porque os roteiristas são burros e não perceberam que isso frustraria muitos fãs que estão loucos para ver o desfecho do Torneio de Mestres. Pelo contrário, ainda que as justificativas não impeçam os pontos negativos decorrentes dessas interrupções; pasmem, elas foram muito bem pensadas. Se por um lado Cloe e Goh foram inseridos no meio do grande torneio para que Jornadas, ou pelo menos sua primeira fase, segurasse o evento envolvendo os campeões e a curiosidade para saber quem terminará como grande monarca até os seus últimos episódios; também foram para os dois personagens em questão não ficarem tão apagados por uma quantidade muito extensa de episódios. Como assim? Vamos por partes.

Por enquanto, o Torneio de Mestres teve 8 episódios dedicados exclusivamente a ele (9, se contarmos com a recapitulação do Ash), e se espera que tenha, no mínimo, mais 2 ou 3 para a batalha contra o campeão Leon, independente de quem o enfrente. Mas, para considerarmos todas as opções, vamos cogitar também que Cynthia ganhará do Ash e, por não ser protagonista, o roteiro vai fazer sua batalha contra Leon durar apenas 1 episódio. Dessa forma, concluímos que a fase final do Campeonato da Coroação Mundial terá entre 10 e 12 episódios. Episódios esses que são do plot do Ash, significando que, independente de ele não protagonizar todas as batalhas, ainda se trata da sua história.

Diante da grandiosidade do evento e do Hype para o desfecho, ainda que muitos acreditem ser óbvio, pois existem pequenas chances de ganharmos algumas surpresas, ou até pelo simples fato da curiosidade por "como o roteiro vai forçar para isso aqui acontecer", o assunto do momento, acima de qualquer decisão do sonho da Cloe ou conclusão do Projeto Mew (apesar de eu não concordar que são irrelevantes) é o torneio. Isso é um fato. Prova são as reações negativas a essas pausas, especialmente à da Cloe, por muitos não a considerarem nem mesmo uma personagem relevante na trama, afirmação com suas parcelas de verdade, mas não tão verídica assim.

Nesse ponto, fica explícito um dos primeiros argumentos para as interrupções: o anime, teoricamente, teria que arrastar o final do torneio o máximo possível para o fim da série, para tentar garantir a audiência dos telespectadores. Basta imaginar o Torneio de Mestres acabar e depois fazerem o desfecho do Goh e da Cloe. Sabendo do hate que ambos os personagens sofrem, certamente os episódios finais de Jornadas não ficariam bem marcados. Então, ok, o anime precisava acabar com o arco do Ash, não com o do Goh e/ou da Cloe. Então, por que, ao invés de interromperem o evento, os arcos deles não foram finalizados antes de começar o torneio?

Simples! É justamente aqui que se torna importante considerar que essa competição vai ter de 10 a 12 episódios. Imaginem essa quantidade toda de episódios sem ter qualquer foco no Goh ou na Cloe. E não falo isso no sentido de se os fãs gostariam ou não, porque quem detesta os personagens iria adorar, mas no sentido da própria série. Pensando no lugar dos roteiristas, fazer os arcos dos novos amigos do Ash se encerrarem no meio do seu iria garantir tanto que eles tivessem algum destaque no meio do que seria uma sequência de 10/12 episódios só para o garoto Ketchum, ou seja, não seriam jogados completamente fora nos últimos meses de Jornadas; e também garantiria que o enredo do torneio e sua audiência se estenderiam até os episódios finais.

No entanto, a respeito dessas duas justificativas que trouxe, muitos podem ignorar o que pontuei de se colocarem no lugar dos roteiristas e afirmarem que não ligam e que preferiam que os (talvez) últimos meses de Jornadas fossem sim totalmente focados no Ash. Colocar-se no lugar do outro, especialmente quando essa figura carrega uma opinião contrária a sua, é sempre difícil; mas nos permite enxergar e pensar por perspectivas que não conseguíamos no nosso simples lugar de telespectador. Sendo que, na realidade, existe uma terceira justificativa que está sendo muito positiva, embora ninguém pareça estar comentando sobre: os spoilers dos títulos e sinopses vazados. Ou melhor, o retardo desses vazamentos.

Mais do que apenas não apagar Goh e Cloe e levar o torneio até o final, essas pausas bem pensadas entre fases do evento estão impedindo que recebamos os clássicos spoilers pelos títulos e sinopses dos episódios. Sabemos como isso foi um problema nas últimas ligas, entregando quem sairia vitorioso ou, pelo menos, deixando subentendido. Em Jornadas, não. A inserção do arco da Cloe, por exemplo, entre a fase inicial e as semifinais, impediu que recebêssemos ainda na época da batalha da Iris contra Cynthia spoilers de quem estaria nas semifinais, o que automaticamente confirmaria a campeã de Sinnoh e Ash. O mesmo se repete agora. Chegando ao fim da batalha do herói de Pallet contra Cynthia, se o combate final viesse em seguida, certamente já teríamos o título e, mesmo que não fosse revelador, uma sinopse que estragaria qualquer possível surpresa. É graças a interrupção do arco do Goh que isso não aconteceu, pois, até que se confirme quem vai batalhar contra Leon, espera-se que só receberemos spoilers dos episódios do garoto de Vermilion, não dos do Ash.


Bem, foi isso! Uma observação mais lógica dessa vez, que espero ter feito algum sentido para vocês, para que, independente se gostam ou não da ideia, atentarem-se que deve ter sido algo pensando e com certo sentido, que, por um lado, inclusive, tem nos beneficiado no fator surpresa, de uma forma que as últimas séries não conseguiram fazer. Acham que faz sentido? Pensam em alguma outra possível razão para as interrupções? E o que estão achando da batalha de Ash contra Cynthia? Deixarei para escrever sobre ela somente quando terminar completamente, mas adianto que estou a achando incrível, apesar de não fazer parte dos fãs que já a definem como a melhor batalha de todo o anime, perfeita sem defeitos. Seria até incoerente comigo, depois da postagem que fiz criticando as 4 batalhas da fase inicial do Torneio de Mestres, chamar o atual confronto de perfeito, se ele repete alguns dos erros que destaquei lá. De qualquer forma, não nego que a luta também traz muitos acertos que estão sendo lindos de se ver.


Leiam Também:

Sobre Ersj
anos, Recife-PE, tem Pokémon como a sua franquia preferida desde os 7 anos. Sua mídia favorita é o anime, seguida dos jogos da saga principal e de Pokémon Go. Ama livros e séries, principalmente de fantasia; os filmes que mais assiste são animações, e “Imagine Dragons” é a banda pela qual tem maior apreço. Seu Pokémon predileto é o Pikachu e seu maior sonho é se tornar um escritor.
E-mail: ersj@pokemothim.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!

A Pokémothim com a sua cara!

Personalize do seu jeito!

Temas

Padrão

Fechar