Alquimia de Alola - Parte 1

Os jogos de Pokémon estão começando a ter uma narrativa mais aprofundada e super interessante. X/Y foram a prova disso, ao introduzir um conceito dos lendários muito próxima à mitologia nórdica. E, lógico, os jogos de Sun e Moon estão começando a mostrar cada vez mais uma história super interessante.

Veja a teoria na íntegra:



Por isso, hoje vamos teorizar sobre a ciência que possivelmente deu origem aos jogos da sétima geração: Alquimia. A teoria não é original da Pokémothim, contudo, a internet já está comentando dela há alguns dias, então vamos investigar tudo por trás da possível narrativa dos novos jogos. Serão três partes, então fiquem ligados! Fontes no final do artigo.

Tudo começou nos jogos da Sexta geração. Sim, X/Y e OR/AS dão bem mais que alguns easter eggs para a gente deitar e rolar nas teorias. Contudo, antes de partir pra elas, vamos entender tudo.


O que é Alquimia?
Alquimia é uma prática da Idade Média que combina elementos da Química, Antropologia, Astrologia, Filosofia, Metalurgia e Matemática. Alquimia é a ciência da transmutação, da transformação integral, que defendia a crença que há quatro elementos básicos: ar, água, terra e fogo.




Como é possível ver o símbolo da terra atrás de Lunala nos vídeos de sua apresentação, é especulado que cada uma das ilhas represente um elemento diferente. Provavelmente, este elemento terá algo a ver com os guardiões dessas ilhas. Como o lendário é visto na ilha rochosa no extremo esquerdo do mapa, e lá está o símbolo de terra, essa é a ilha que representa este elemento. Por causa da grande cachoeira na parte de trás da ilha inicial, é especulado que esta seja a ilha que representa a água. Já a terceira é a do fogo, por causa do vulcão ativo. A última é do ar, por causa da montanha alta e seu ar rarefeito.




Existem quatro objetivos principais na prática da Alquimia: 

  1. A transmutação dos metais inferiores ao ouro;
  2. A obtenção do Elixir da Longa Vida, um remédio que curaria todas as coisas e daria vida longa àqueles que o ingerissem. Ambos objetivos poderiam ser alcançados ao obter a Pedra Filosofal, uma substância mística. 
  3. Criar vida humana artificial, os homunculi.
  4. Fazer com que a realeza conseguisse enriquecer mais rapidamente – este último talvez unicamente para assegurar a sua existência, não sendo um objetivo filosófico.
Em Alquimia é falado sobre os elementos noutro sentido: a trindade sal, mercúrio, enxofre e um quarto princípio chamado Azoth são os conhecidos quatro elementos da Alquimia. O sal é um alcalino; o enxofre, um azeite; o mercúrio, um licor, mas cada uma das matérias possui sua ação separadamente das outras. Nas doenças de certa complicação, as curas mistas são indispensáveis. O Enxofre (carga energética) significa o fogo, o Mercúrio (princípio úmido, líquido) representa a água e o Sal (parte mais sólida) representa a terra. Cada substância ou matéria em crescimento é constituída de Sal, Enxofre e Mercúrio; a força vital consiste na união dos três princípios.


Sal, Mercúrio e Enxofre.
O sal é a substância das coisas e o princípio fixo de tudo o que existe. O sal trabalha sobre o enxofre e o mercúrio, os quais o tornam volátil como eles. Quando falamos do Sal em Alquimia, não estamos nos referindo a tablete de sal, o sal físico, o sal usado no alimento. O Sal na Alquimia é algo mais sutil; é um símbolo que representa qualquer tipo de matéria. Matéria física é “Sal”, falando-se alquimicamente. Nosso Sal, nosso corpo, é o primeiro elemento. Representando a Terra, o inicial de grama redondo Rowlet é provavelmente a representação do sal.

O mercúrio é um licor espiritual, aéreo e raro. É uma pedra líquida, um metal líquido. Se você alguma vez já viu mercúrio em um termômetro, notou que é altamente receptivo à temperatura. Motivo pelo qual é utilizado para medir calor ou frio, pois o metal, fisicamente falando, é muito sensível, tendo especiais propriedades. Ele não se condensa, se torna líquido como outros metais e permanece assim. Desta maneira, há uma razão para que em Pokémon, Popplio tenha sido escolhido a fim de representar o mercúrio.

O terceiro elemento é enxofre. O enxofre é um princípio gasoso e oleoso que se une ao sal e ao mercúrio de maneira indissolúvel. O enxofre tem parte da solidez do sal e parte da volatilidade do mercúrio. Enxofre representa o fogo, mas não o fogo físico e sim o fogo no corpo, o fogo nos átomos, o fogo em cada coisa existente: o fogo da vida. Há muitos tipos de enxofre, não unicamente um. O enxofre aqui é representado não só pelo fogo, mas também pelas marcas no rosto de Litten.





Azoth
Azoth é o princípio criador da Natureza ou a força vital espiritualizada. Azoth é o agente essencial de transformação na Alquimia, sendo considerado um medicamento ou solvente universal, o que faz a transmutação possível. Azoth é comentado em X/Y e OR/AS quanto ao Projeto Azoth, e o Reino de Azoth, que será o cenário do 19º filme.



Segundo a alquimia, no ciclo do sol e da lua encontra-se uma batalha entre duas bestas, a da lua que é alada e a do sol que é terrestre e quase sempre representada por um leão. Alguém mais consegue associar com Solgaleo e Lunala?

Continuaremos a falar disso tudo na próxima parte.


Fiquem ligados em mais novidades e teorias originais, na Pokémothim!


Fontes principais: GameXplainTheOneIntegralEryizo e Casa do Smeargle.
em 18/06/16
Comentários
Disqus

2 comentários:

  1. Fernando Figueiredo18/06/16 12:02

    Simplesmente perfeito. Sempre fui fascinado com Alquimia, misticismo, magia, coisas além, a priori, possivelmente inexistentes (mas que creio...) ENFIM, AMEI MUITO Pokémon possivelmente ter tido associação ou inspiração nesse mundo. Mds! Acabou de ficar ainda mais perfeita a franquia <3

    ResponderExcluir
  2. vem novembro!! <3

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!