Alquimia de Alola - parte 5

Antes de começar a falar sobre a teoria é importante falar que não era para termos a continuação desse artigo, mas graças aos nossos queridos seguidores, é necessário dar seguimento. Para quem não viu, confira abaixo o começo de toda essa teoria e fique por dentro:




Dando continuidade à teoria de Alquimia, seguem mais informações, coletadas com a ajuda dos nossos seguidores!



A Grande Obra
A Grande Obra (do latim: Magnum Opus) é um termo alquímico para o processo de trabalho com a matéria prima para criar a pedra filosofal. Ele tinha originalmente quatro etapas:
  • Nigredo: a matéria preta - a morte espiritual.
  • Albedo: a matéria esbranquiçada - a purificação.
  • Citrinitas: a matéria amarelada - o despertar. 
  • Rubedo: a matéria avermelhada - a iluminação.
O ouro e a pedra filosofal foram associados com a cor vermelha, sendo assim, Rubedo sinaliza o sucesso alquímico e o fim da grande obra. O Magnum Opus tinha uma variedade de símbolos alquímicos ligados a ele: Aves como o corvo, cisne, pavão e fênix poderiam ser usadas para representar a progressão através das cores.

Por representar o Nigredo, o Corvo, uma das cinco aves da Alquimia, pode ter sido a principal inspiração para o design de Lunala. Em contrapartida, o ouro, por ser associado com a cor vermelha e ser representado pelo Solgaleo, deve ser o Rubedo. Contudo, a ave Fênix, representada pelo Ho-oh, é a ave representativa desta etapa.



Antimônio
Antimônio é um material saturnino considerado a matéria mais venenosa e o medicamento supremo. Alquimicamente, o Antimônio é a matéria dos sábios e corresponde à penúltima etapa da busca do ouro filosofal. Estranhamente, apesar de ser considerado um veneno, a tintura de Antimônio cura as doenças venéreas.
O símbolo de Antimônio é possivelmente o que foi usado como inspiração para Lunala, por causa do desenho em seu peito.

Solgaleo pode representar o sucesso para a Pedra Filosofal;
e Lunala representar o sacrifício das vidas para obter a Pedra.  



A Pedra Filosofal e Azoth
Os alquimistas acreditavam que a pedra filosofal era uma matéria que teria o poder de transformar todos os metais em ouro ou prata. Era a panaceia universal (remédio para curar todas as doenças) e o elixir de longa vida que garantiria a longevidade do homem.

Conhecido como o Solvente Universal, Cura Universal e Elixir da Vida (elixir vitae), o Azoth incorpora todos os medicamentos, bem como os primeiros princípios de todas as outras substâncias. Como a força vital universal, o Azoth não é apenas a energia que anima (Animatus spiritus) do corpo, mas é também a inspiração e entusiasmo que move a mente. No cosmos e dentro de cada um de nós, o Azoth é a força evolutiva misteriosa responsável pela unidade implacável para a perfeição física e espiritual. Assim, o conceito de Azoth é análoga à luz da natureza ou da mente de Deus.

Porque o Azoth contém as informações completas de todo o universo, ele também é usado como uma outra palavra para a Pedra Filosofal.

Já falamos que Azoth é a energia infinita liberada da Ultimate Weapon. Contudo, poderemos ter uma segunda interpretação para Azoth: a pedra filosofalSoul Heart (coração da Alma) é a habilidade de Magearna, contudo, também é o nome dado ao centro do Pokémon, representado por uma pedra em formato de coração, com brilho arco-íris.




Homunculus
Talvez uma das mais interessantes ideias dos alquimistas seja a criação de vida humana a partir de materiais inanimados. O conceito do homúnculo (do latim, homunculus, pequeno homem) parece ter sido usado pela primeira vez pelo alquimista Paracelso para designar uma criatura que tinha cerca de 12 polegadas de altura.

Magearna, uma vida artificial criada pelo cientista Éliphas, pode ter sido criada há 500 anos usando o Azoth liberado em algum evento como há 3.000 anos com a Ultimate Weapon. Com essas características, é possível teorizar que Magearna seja um homúnculo.



Cobre
O cobre tem um tom avermelhado, alaranjado ou cor acastanhada devido a uma fina camada de manchas (incluindo óxidos). O cobre puro é rosa ou cor de pêssego. E qual Pokémon da sétima geração tem uma aparência metálica, de cor rosada? Isso mesmo, Magearna, além de ser um possível homúnculo, deve ser a representação alquímica de Cobre e do planeta do amor, Vênus.


As evidências? Os olhos de Magearna formam sinais de mais (+), lembrando o símbolo do planeta Vênus (♀); seu corpo tem o formato do mesmo símbolo; e o planeta Vênus representa o amor - Magearna tem o coração da alma em seu centro.

O cobre, junto de ósmio (azulada), césio (dourado) e de ouro (dourado), são os únicos quatro metais elementais com uma cor natural que não o cinza ou prata. Contudo, Magearna tinha uma cor diferente há 500 anos atrás:



O que ocorreu há 500 anos para deixar a Magearna dourada da cor do ouro?
Quem sabe, Éliphas, ao conseguir criar um homúnculo com Magearna, também conseguiu transmutar o cobre do corpo do Pokémon em ouro, usando o Soul Heart como a pedra filosofal. Contudo, qual evento desencadeou a energia de Azoth há 500 anos? Soul Heart foi criado por Éliphas? Até o lançamento do 19º filme, entenda melhor os mistérios de Magearna, acessando aqui.

O ministro Jarvis deseja reproduzir o evento de 500 anos atrás para utilizar na sua Ciência Misteriosa.
Quais suas intenções? Qual poder será desencadeado?


Azoth pode ter relação com a pedra filosofal, contudo, talvez possam ter desencadeado poderes diferentes:
Ultimate Weapon possibilitou a transmutação de Pokémon em Mega Pokémon (metais em ouro);
O Soul Heart possibilitou a criação de Magearna (homúnculo) e possivelmente a transmutação de Cobre em Ouro;
Agora o Soul Heart poderá possibilitar uma nova cadeia evolutiva ou uma nova mecânica em Pokémon com o ministro Jarvis podendo Mega Evoluir mais de um Pokémon por vez; ou controlar os Pokémon selvagens que possam Mega Evoluir; ou quem sabe com a pulseira do protagonista de Sun e Moon, desenvolvendo uma possível Syncro, ou Alchemyst ou até Fusion Evolution.



Sendo só isso por agora, agradecemos aos nossos seguidores Ada FreireIgor Nunes e João Barbosa, pelas observações relevantes que serviram de inspiração para essas duas novas partes dessa teoria.



Fiquem ligados em mais novidades e teorias originais, na Pokémothim!
em 25/06/16
Comentários
Disqus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após ser aprovado pela moderação.
Agradecemos a sua participação!